Sustentabilidade na Construção

A construção sustentável vai além de práticas de construção verdes. As estruturas são projetadas para ter um menor impacto ambiental ao longo de toda a sua vida, mas sem deixar de fornecer um nível normal de conforto, durabilidade e funcionalidade para os moradores. No caso de construções para empresas, esse tipo de projeto permite que o negócio cresça sem prejudicar o meio ambiente.

Sustentabilidade na Construção

Sustentabilidade na Construção

O Que é uma Construção Sustentável?

A maneira mais simples de compreender a construção sustentável é pensar a respeito de quem são as partes interessadas em um determinado projeto. Se sua empresa é contratada para construir um edifício, já existem várias partes interessadas envolvidas. O cliente, sua empresa e o governo local que regula a construção naquela área são todas as partes interessadas que irão influenciar o processo e os resultados do projeto. Se queremos um projeto sustentável, no entanto, existem algumas outras partes interessadas que devem ser consideradas.

Primeiro, precisamos pensar sobre a comunidade. Se construirmos usando um processo que sabemos que gera uma grande quantidade de resíduos tóxicos, precisaremos dispô-los em algum lugar. As pessoas que vivem lá podem ser afetadas por isso, então se nós vemos essas pessoas como partes importantes, temos de encontrar uma maneira de construir que reconheça isso.


Em segundo lugar, precisamos pensar sobre o meio ambiente. Pensar se nossas metodologias usam quantidades excessivas de fontes de energia não renováveis ​​ou produz uma grande quantidade de resíduos, que pode estar prejudicando o meio ambiente. Se valorizamos a preservação ambiental, é crucial que utilizemos metodologias que promovem a isso, ou que busquem outros meios de compensar o mal que estamos fazendo, criando um benefício de alguma outra forma. A construção sustentável significa reconhecer que há mais interessados ​​em jogo do que apenas aqueles que colocam dinheiro no projeto.

Benefícios para o Meio Ambiente

O desenvolvimento de edifícios sustentáveis ​​minimiza o uso de água, matérias-primas, energia e terra. Ele também reduz as emissões de resíduos e poluição no ambiente e protege a saúde dos trabalhadores. Veja algumas informações específicas:


  • Água: Se as empresas continuarem a contar com práticas tradicionais de construção, as comunidades estarão em risco de escassez de água. Os edifícios sustentáveis, por outro lado, apresentam sistemas, aparelhos e paisagens que requerem menos água.
  • Matéria Prima: Ao invés de esgotar os recursos naturais, os desenvolvedores de construções sustentáveis ​​utilizam menos matéria-prima e mais produtos ambientalmente responsáveis, como recursos reciclados ou renováveis. Eles também procuram por opções mais duráveis, ​​para retardar a necessidade de substituições e reparos durante o maior tempo possível. Por último, eles reciclam restos de construção para reduzir a quantidade de resíduos destinados a aterros. 
  • Energia: Edifícios sustentáveis ​​incluem aparelhos de economia de energia que reduzem as emissões de carbono e a dependência de combustíveis fósseis.
  • Terra: Até mesmo a escolha do terreno desempenha um papel na construção sustentável. As propriedades são construídas em áreas onde a construção levará ao menos possível a degradação e desmatamento da terra, promovendo paisagismo saudável e evitando a erosão.

A construção sustentável tem efeitos significativos a longo prazo, permitindo que as empresas desempenhem o seu papel na proteção do ambiente em uma base diária. A criação de tais locais de trabalho também torna os esforços de sustentabilidade muito mais fácil, o que pode beneficiar ambas as comunidades e a sociedade local como um todo.

Construção

Construção

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *