Como Financiar a Entrada de Um Imóvel?

Você tem o sonho de comprar um imóvel, mas não tem dinheiro para dar a entrada? Saiba que existe uma alternativa para quem vive essa situação, nesse caso o imóvel tem o valor total financiado em parcelas que variam conforme a renda mensal da família. Para ter acesso a essa facilidade é necessário ser beneficiário da Faixa 1 e 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida. A seguir vamos explicar melhor como funciona essa modalidade.

Financiamento de Imóvel: Como Funciona?

Financiando Sua Casa Própria

Financiando Sua Casa Própria

 O financiamento de imóvel é a modalidade de crédito mais utilizada pelos brasileiros que desejam adquirir uma casa ou apartamento. Trata-se de uma modalidade de crédito em que é concedido um empréstimo, a instituição financeira cede ao comprador o capital para a aquisição. O comprador do imóvel assume então o pagamento desse valor acrescido de juros num período pré-determinado.

Porém, para que o crédito seja liberado há algumas exigências feitas pelas instituições bancárias. Dentre essas exigências a que costuma ser mais impeditiva é a necessidade de dar cerca de 20% do valor do imóvel de entrada. Condição estabelecida para unidades novas, o valor da entrada pode chegar a até 30% do imóvel em alguns casos. Logo para comprar um imóvel é necessário ter uma quantia considerável para a entrada. Caso contrário o pedido de financiamento pode ser rejeitado.

Programa Minha Casa Minha Vida: Como Funciona?

O Programa Minha Casa Minha Vida Pode Te Ajudar a Realizar o Sonho da Casa Própria

O Programa Minha Casa Minha Vida Pode Te Ajudar a Realizar o Sonho da Casa Própria

 O Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) foi lançado em 2009 como uma forma do Governo Federal resolver a situação de déficit habitacional do Brasil. Um relatório do IBGE de 2007 apontou que faltava quase 8 milhões de moradias para suprir as necessidades da população. O objetivo desse programa governamental é facilitar a compra do primeiro imóvel para brasileiros que não conseguiriam essa realização.

O programa oferece quatro tipos de benefícios de acordo com a renda familiar mensal que são:

– Pagamento de parte do valor de aquisição do imóvel;

– Pagamento de parte do valor da entrada do financiamento imobiliário;

– Redução do valor do seguro do financiamento;

– Redução da taxa de juros.

Regras Para Fazer Parte do Programa Minha Casa Minha Vida

 A limitação de recursos do programa MCMV fez com que fossem estabelecidas regras para que os interessados tivessem acesso ao benefício. A regra principal diz respeito a renda familiar, famílias com menos condições financeiras têm prioridade. Para fazer parte do programa é necessário ter renda mensal inferior a R$ 9 mil. Quanto menor for a renda da família mais benefícios serão concedidos.

Outra condição é que o valor da parcela do financiamento não ultrapasse 30% da renda mensal da família. O imóvel adquirido deve ser destinado à moradia da família beneficiária. O Governo Federal não concederá mais nenhum benefício de moradia para a família contemplada. O titular do imóvel do MCMV não poderá ter outro imóvel no seu nome.

O titular não pode ter usado o seu FGTS para financiamento nos últimos cinco anos. Esse titular também não pode ter restrições de crédito (válido para as faixas 2 e 3 do programa). O imóvel não pode ser alugado e somente pode ser vendido depois da quitação do financiamento. Esse imóvel deve ser localizado na cidade em que o titular mora ou trabalha.

Faixas do Programa Minha Casa Minha Vida

 Os beneficiários do MCMV são divididos em quatro faixas conforme a sua renda familiar. Famílias com menos condições financeiras têm prioridade em relação a famílias com melhores condições. Confira a seguir as quatro faixas.

Regras do Programa Minha Casa Minha Vida

Regras do Programa Minha Casa Minha Vida

Faixa 1

 Faixa com os maiores privilégios do programa beneficiando famílias com menor renda. Nessa categoria o faturamento mensal da família não pode ultrapassar R$ 1.800,00

. O programa é responsável por quitar até 90% do valor do imóvel.

O restante (10%) é financiamento em até dez anos, a prestação não pode ultrapassar 10% da renda da família. Além disso, essa faixa conta com as menores taxas de juros do programa. Em alguns casos essas taxas nem são cobradas.

Faixa 1,5

Nessa faixa estão às famílias cuja renda mensal fica entre R$ 1.800 e R$ 2.600. Os beneficiários obtém subsídio para quitar até R$ 45 mil do valor da entrada do imóvel. O restante pode ser financiado em até 30 anos com uma taxa anual de juros de 5%.

Faixa 2

 Para entrar na faixa 2 do programa é necessário que a família tenha uma renda mensal maior do que R$ 2.600 e menor do que R$ 4.000. Os beneficiários dessa categoria financiam o seu primeiro imóvel em até 30 anos com uma taxa de juros estipulada de acordo com o faturamento mensal (varia de 5,5% a 7%). Nessa faixa tem ainda subsídio de até R$ 27,5 mil do valor de entrada.

Faixa 3

 Na última faixa do programa os benefícios são famílias com renda mensal entre R$ 4.000 e R$ 9.000. O governo não oferece subsídios, mas oferece juros menores do que aqueles praticados pelo mercado. Os juros são de 8,16% para pessoas com renda de até R$ 7.000 e 9,16% para os demais beneficiários.

Financiar Imóvel Sem Entrada: Para Quem Essa Opção é Válida?

Beneficiários da Faixa 1 Conseguem Financiamento Sem Entrada

Beneficiários da Faixa 1 Conseguem Financiamento Sem Entrada

 Somente os beneficiários da faixa 1 do MCMV podem ser contemplados com esse benefício. A possibilidade de financiar um imóvel sem entrada é concedida para famílias com uma situação financeira mais difícil. Os beneficiários da faixa 1,5 do programa recebem subsídio para quitar o valor da entrada. Dependendo do preço do imóvel pode acontecer dessa vantagem quitar o montante inicial.

O programa observa que pessoas de baixa renda dificilmente conseguem economizar dinheiro mensalmente para dar entrada num financiamento imobiliário. Se esse benefício não existisse essas pessoas não conseguiriam comprar sua casa própria. Além disso, a faixa 1 e a faixa 1,5 do MCMV oferece a possibilidade de que pessoas com o nome sujo possam comprar um imóvel.

Há casos em que as pessoas têm o seu pedido de aprovação de financiamento imobiliário recusado por não conseguir comprovar renda. Beneficiários das faixas 1 e 1,5 não precisam fazer essa confirmação do faturamento mensal.

Pré-Requisitos Para o Financiamento Sem Entrada Pelo MCMV

Saibam Quais São os Pre Requisitos Para Ser Comtemplado

Saibam Quais São os Pre Requisitos Para Ser Comtemplado

 Confira a seguir os pré-requisitos para comprar um imóvel sem entrada pelo MCMV.

– Idade

 O beneficiário deve ter mais de 18 anos de idade. Indivíduos menores de idade que foram emancipados legalmente pelos pais também podem obter esse financiamento.

– Não Ter Outro Imóvel Próprio

 O solicitante não pode ter outro imóvel em seu nome e nem ser proprietário, cessionário ou ter outro financiamento imobiliário em outra cidade do país.

– Moradia

 O imóvel adquirido pelo MCMV deve ser usado para moradia da família, ou seja, o titular não pode locar o imóvel e nem vendê-lo. A venda somente é permitida após quitar o financiamento.

– Não Utilizar Outros Programas

 O solicitante não pode ter sido beneficiado em qualquer outro momento por outros programas habitacionais.

– Morar ou Trabalhar na Cidade do Imóvel

 O imóvel adquirido pelo titular deve ser na cidade em que ele mora ou trabalha.

Como Solicitar o Benefício de Compra de Imóvel Sem Entrada Pelo MCMV?

Esse benefício é oferecido somente para os contemplados da faixa 1 do MCMV. Se você está dentro dos pré-requisitos procure a prefeitura da sua cidade e preencha o cadastro de interesse para os programas habitacionais municipais. Como há mais demanda do que oferta foi estabelecido um sistema de sorteio realizando pelo órgão responsável pelo benefício.

Gostou de saber mais sobre como financiar um imóvel sem entrada? Curta e compartilhe!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Imóveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *