Micro Estacas nas Construções

Sem dúvida alguma o uso de micro estacas nas construções foi de grande utilidade no setor de construção civil. Criada e patenteada a mais de 20 anos as micro estacas vieram trazer soluções inteligentes para problemas difíceis no campo da engenharia. Sendo usadas nos mais diferentes tipos de construções, a micro estaca só faz trazer economia para todos aqueles que a utilizam e também facilitam em muito a execução das mais variadas obras. A técnica que foi criada pela Arcos Engenharia de Solos vem durante todos estes anos sendo desenvolvida e aprimorada por esta.

Micro Estacas nas Construções

Micro Estacas nas Construções

Vantagens no uso de micro estacas

Algumas das vantagens que o uso de micro estacas trás para quem delas se utiliza são: a grande capacidade de suportar alta carga apesar de seu diâmetro reduzido, o baixo nível de ruído, redução de custos são apenas algumas das vantagens de uso. É uma das Maravilhas da Engenharia que sem dúvidas além de sua praticidade veio como um dos grandes inventos que podem trazer Soluções para Problemas Difíceis que a engenharia não conseguia resolver antes deste invento.

Projetos

Aplicações de micro estacas

São inúmeras as aplicações e uso das estacas no campo da construção civil e entre estas podemos citar: a possibilidade de poder cravar em solos de qualquer tipo, poder cravá-las em locais em que o acesso é difícil, em construções já prontas há a possibilidade de reforçar as fundações com o uso de micro estacas para poder fazer o aumento do número de pavimentos. São Experimentos Reveladores com muitas outras aplicações além das já citadas e que a cada dia vem sendo testadas em novas situações nesse campo.

Paredes

Uso específico

Para atender a demanda de uma obra de grandes proporções que a Petrobras está executando a Arcos teve de desenvolver um tipo de estaca especial somente para atender a empresa petrolífera. Sempre Em Busca de Segurança a Petrobras é extremamente exigente nesse sentido e foi para atender essas exigências especiais que a Arcos teve de aprimorar o uso de micro estacasem casas ideais.

O que são micro estacas

São tubos de aço com pequenas perfurações e que em seu interior é injetada nata de cimento que sai também pelas perfurações criando uma camada externa de argamassa que promove uma aderência ao solo e que protege a estaca contra a corrosão. A técnica dispensa soldas, não há necessidade de limpeza no canteiro de obras o que trás economia, promove a possibilidade de execução horizontal ou inclinada. A prova de cargas mostrou que as estacas suportam até 50 toneladas. Entre tantas Invenções Inúteis esta é realmente uma grande maravilha de Engenharios e arquitetos que pode ser usada em situações complicadas e de emergência evitando inclusive muitos acidentes e possibilitando a execução de obras e construções residenciais em locais de difícil acesso.

Micro Estacas da empresa Arcos Engenharia de Solos

Equipamento de cravação de micro estacas

Equipamento de cravação de micro estacas

Detalhe do micro bate estacas

Detalhe do micro bate estacas

Cravação de micro estacas para reforço de fundação

Cravação de micro estacas para reforço de fundação

Fotos da empresa Arcos Engenharia de Solos por Marina Andrade Chave

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Bom dia.
    Gostaria de ter mais informações da materia a cima de micro estacas.
    As desvantagens da micro estacas?; de que bibliografia foi retira este
    conteudo?; as literaturas que mencionam as micro estacas?

    Ualas Borges Rodrigues de Oliveira 30 de dezembro de 2010 8:25
  • posso colocar micro estaca numa casa ja pronta? casa 6por8. casa tem 1 ano. começou aparecer fissuras. acho que o solo nao esta suportando a carga. foi feito so com pedra e depois viga(alicerse). obrigado

    airton b rosa 11 de fevereiro de 2011 12:29
  • Boa tarde gostaria de saber o valor da micro estaca para fazer uma casa normal de 60 metros quadrados,em terreno plano,desde ja agradeço .

    wagner longoni 15 de fevereiro de 2012 16:03

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *