Como Fazer a Garganta Da Churrasqueira

História Do Churrasco:

Devemos atribuir aos indígenas a “descoberta” do churrasco, mais especificamente aos  indígenas que habitavam a costa das três Américas (América do Sul, América Central e América do Norte). Esses indígenas assavam ao ar livre as carnes que eram caçadas durante o dia, realizavam esse processo em fogueiras que ficavam em cima de pedras com o auxílio de “grelhas” que eram feitas de madeira verde. Entretanto, foi na região do pampa que o churrasco encontrou o ambiente ideal para ser realizado.

A região chamada de pampa é onde se localiza os países Uruguai, Argentina e a parte sul do nosso país, Brasil, e a pecuária sempre foi, nessa região, uma de suas maiores riquezas. Além disso, ter que lidar com o gado era uma razão que fazia com que os homens do campo ficassem longos períodos de tempo longe de suas casas.

O churrasco desde o princípio foi a forma mais fácil e prática de realizar uma refeição, visto que tudo que era necessário para a preparação de uma refeição (seja ela almoço ou janta) estava à mão, sendo esses utensílios necessários: Uma boa faca (faca afiada), uma fogueira, que era preparada simplesmente fazendo um buraco no chão (ficando conhecido como fogo de chão), um espeto que poderia ser produzido no próprio momento com galhos arrancados da árvore, e os principais ingredientes, são eles, um pedaço de carne que fosse do tamanho necessário para alimentar todos ali presentes e o sal grosso.

Aliás, uma curiosidade interessante é que o sal grosso desde essa época, até hoje, é utilizado como uma forma de complemento na dieta alimentar de bovinos. Nessa época, também se deu início a utilização do termo “rodízio”, que era a prática de cortar a carne em pedaços pequenos e os servir. Foi assim que estava sendo criado o jeito gaúcho de preparar um churrasco.

Entretanto, o churrasco, da forma que conhecemos hoje, não era uma prática comum, uma vez que não se havia a preocupação com o comércio dessa carne bovina, o que havia era o grande comércio de couro e sebo.

Nos dias atuais, o churrasco, principalmente no Sul, é um importante elemento da cultura gaúcha, estando presente desde sempre no dia a dia do campeiro gaúcho. Em todo o território brasileiro existem hoje em dia milhares de churrascarias, que são capazes de satisfazer a todos no quesito de qualidade, visto que oferecem bons pratos com uma grande oferta e variedade de carnes, saladas acompanhamentos e até mesmo algumas sobremesas, deixando a refeição completa.

Na atualidade existem também churrascarias de origem brasileira que estão espalhadas por todo o mundo e fazendo um enorme sucesso em países como: Estados Unidos da América, Nova Zelândia, Austrália, Canadá, Suíça, Macau, Tailândia, Singapura e Itália. Isso é uma prova de que a cultura brasileira está se espalhando por todo o mundo.

História Da Churrasqueira:

A churrasqueira, que também é conhecida como grelhador, ou até mesmo fogão a carvão é um dos principais utensílios da culinária que é utilizada em churrascos. Esse é um tipo de fogão em que a parte superior é uma grelha que foi colocado sobre uma fonte de fogo aberto, que pode ser a lenha, o carvão, que é o mais comum, gás ou até mesmo eletricidade.

Não obstante, também é comum o uso de churrasqueiras que são feitas de tijolos e estão instaladas nas casas das pessoas (ou em qualquer outro lugar), nas quais a carne fica em espetos e esses são suspensos sobre o fogo, esse tipo de churrasqueira instalada e construída é mais comumente encontrada na região Sul do país.

É possível, e de certa forma chega até mesmo a ser comum, que se improvise uma churrasqueira, em piqueniques, por exemplo, mas normalmente são usadas churrasqueiras que duram mais tempo, essas vão desde aquelas que são construídas com tijolos, nos quintas da casa ou em áreas de lazer, há também aquelas que são confeccionadas por metade de um tambor de aço e ficam fixadas nos quintais da casa ou outros ambientes, e chegam até mesmo a aquelas churrasqueiras portáveis, pequenas, que podem ser montadas e desmontadas, vêm acopladas, normalmente, com rodas, para que facilite o transporte delas além de um espaço para se colocar uma garrafa de gás e também para diversos outros utensílios que são imprescindíveis para a realização do churrasco como uma pinça que é útil para virar a carne, uma espátula que desgruda a carne da grelha e diversos outros.

A maioria das churrasqueiras também permite que a altura da grelha seja modificada de acordo com a força da chama, entretanto há outras que têm até mesmo um ou diversos espetos, que possuem um motor que realiza a rotação desses espetos para que a carne asse da melhor maneira.

Garganta De Churrasqueira:

A garganta é a parte da churrasqueira que abrange toda a largura da boca da lareira, fica localizado antes da chaminé, e é como se fosse um guia da fumaça, levando ela para chaminé.

A seguir está o link de alguns vídeos que ensinam o passo a passo de como fazer uma garganta de churrasqueira. É importante lembrar que esse é um trabalho complicado e de extrema importância para o funcionamento de sua churrasqueira, dessa maneira o mais aconselhado é que se contrate um pedreiro ou algum outro profissional capacitado para realizar esse trabalho, a fim de que sua churrasqueira funcione de modo perfeito.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *