Aquecimento Solar: Suas Formas, Prós e Contras

O Sol, conhecido como o Astro Rei, é um dos grandes responsáveis pela manutenção da vida na Terra, pois através dele as plantas realizam a fotossíntese para sua alimentação. Mas não só por isso, dele tiramos o calor para manter nossos corpos aquecidos, a iluminação diária e tudo o mais.

Mesmo com todas essas vantagens, muitas pessoas ainda o veem como um grande vilão, em razão de seus raios UV que causam queimaduras na pele desprotegida, cuja exposição frequente a eles pode acarretar o temido câncer de pele. Porém, ainda que tenha contras, o Sol tem muito mais prós, sendo usado como fonte de aquecimento para residências e também para o comércio através do Sistema de Aquecimento Solar.

O Aquecimento Solar

A energia que é usada para iluminar os ambientes também pode ser usada para aquecer a água do banho, energizar as tomadas, acender as lâmpadas, aquecer a água da pia, isso tudo sem gastar energia elétrica, tudo através do aquecimento solar. Esse projeto de utilizar a luz solar serve para economizar os recursos existentes no planeta e ainda diminuir a emissão de gases nocivos na atmosfera, pois é uma energia limpa.

No Brasil, temos o Sol como amigo, estando presente em praticamente todas as estações do ano em grande intensidade, o que favorece o uso do sistema de aquecimento solar, que pode ser feito através de duas formas: O aquecedor solar e o painel fotovoltaico.

 Painel Fotovoltaico: É o responsável por transformar a energia solar em elétrica. Através dele pode-se utilizar a energia solar para ligar um aparelho de TV, acender as lâmpadas de casa, pois é formado de células fotovoltaicas ou solares, que possuem a capacidade de absorver a energia solar, permitindo que a energia elétrica caminhe entre duas camadas com cargas diferentes. Apesar de sua grande economia, esse tipo de painel ainda tem um custo inicial muito alto, por não ter viabilidade econômica de grande escala em nosso país.

No entanto, em outros países há até usinas inteiras sendo levadas somente com a utilização de painéis solares para a geração de energia elétrica, sem a degradação do meio ambiente.

– Aquecedor Solar: Os aquecedores solares são comumente usados em casas, sendo usados não com a finalidade de transformar a energia solar em elétrica, mas com a função simples de aquecer a água que é usada na residência, especialmente em piscinas e no chuveiro. Este tipo de sistema também tem eficiência comprovada, sendo feito de maneira simples e bastante prática, por isso, há diversos fabricantes dessa tecnologia no mercado. O sistema de aquecimento funciona da seguinte forma e através de duas partes distintas:

– Coletores da Luz Solar: São aquelas placas colocadas nos telhados das residências, captam o calo do sol e o repassam para a água que fica armazenada em um reservatório, chamado de Boiler, que possuem forma cilíndrica e podem ser feitos de polipropileno ou alumínio para que haja uma maior retenção do calor.  Esses coletores são feitos a partir de uma placa de vidro que faz o processo de isolamento do ambiente externo, absorvendo o máximo de radiação, mas sem a deixar dispersar.

Todo esse calor passa por serpentinas cheias de água que ficam extremamente quentes e caem no Boiler, ficando a disposição dos moradores para ser usada da maneira que acharem melhor. O tamanho e a inclinação dessas placas coletoras de luz solar variam de acordo com a região em que são colocadas, mudando sua posição de acordo com a maior irradiação de luz. Já o Boiler, deve ser instalado bem próximo à placa coletora, para que não haja grade perda de calor durante o percurso.

Dentre essas duas formas, o consumidor deve ser orientado a escolher qual delas se tornará mais eficiente, lembrando que o custo inicial é alto, mas deve ser entendido como um investimento, já que posteriormente a economia na conta de energia elétrica será bastante considerável.

Nos Dias de Chuva e Nublados o Sistema Também Funcionará?

A grande duvida das pessoas que investe em um sistema de aquecimento solar é como fica a situação caso chova ou o céu esteja nublado. O que a maioria não sabe é que todos os sistemas possuem uma capacidade auxiliar de aquecimento de água, que pode ser a gás ou elétrico. Ele funciona quando surge uma situação do gênero, como muitos dias de chuva ou de tempo nublado, especialmente quando a energia gerada pelo aquecedor não é suficiente para esquentar toda a água usada na residência. Assim, ele gera a água quente e a distribui nos pontos usados normalmente, como chuveiros e pias.

Será que Vale a Pena Instalar um Sistema de Aquecimento?

Um dos contras dos sistemas de aquecimento se iniciam pela estética da construção, cuja beleza do telhado fica comprometida com a instalação do equipamento necessário, sem mencionar o custo de instalação, sendo um dos mais caros. E não pode ser esquecido que além do sistema de aquecimento solar, também haverá o gasto com o sistema auxiliar que irá funcionar somente em casos extremos.

Entretanto, como já dissemos, o custo inicial elevado é compensado pela economia mensal gerada na conta de energia elétrica, que conforme os fabricantes, todos terão o investimento coberto com a economia num prazo máximo de 36 meses, ou seja, três anos. Os sistemas aqui mencionados têm duração mínima de vida útil de aproximadamente 20 anos, o que compensaria o custo X beneficio.

O que devemos salientar é que esse sistema é muito mais economicamente para residências onde há muitas pessoas, pois nesses casos a economia gerada será muito maior e o custo será pago muito mais rapidamente.

Como Instalar o Aquecedor Solar

Os aquecedores solares podem ser instalados a qualquer tempo, e não somente em casas novas, sendo feito um estudo gratuito quanto à viabilidade do produto pelos próprios fabricantes. É uma opção bastante ecológica de uso de energia limpa para as atividades básicas do dia a dia, tendo sempre água quentinha na pia, especialmente para as donas de casa que têm de lavar louça de manhã, e no inverno.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *