Como Tirar Cheiro De Queimado Do Micro-ondas Com Bicarbonato?

O Micro-Ondas E Seu Funcionamento Geral

O forno micro-ondas é um eletrodoméstico muito comum nos lares ao redor do mundo que é utilizado na cozinha das casas para que seja possível o aquecimento ou até mesmo a preparação de alimentos de formas mais práticas e rápidas. Seu funcionamento geral envolve basicamente uma corrente de energia elétrica de forma alternada – com alta e baixa tensão – que é transformada em uma corrente contínua por meio de um circuito específico, que normalmente é composto por diodos, capacitores e um transformador. Essa corrente que chega do transformador por meio do triplicador tem o papel de alimentar o magnetron, que é a junção de um ânodo cilíndrico com algumas cavidades, onde maiores detalhes serão apresentados logo abaixo.

A explicação é bastante técnica e específica do magnetron, mas de maneira geral o que acontece é a aplicação de um campo elétrico continuo entre o cátodo e o anodo, onde esse campo conta com uma tensão de aproximadamente quatro mil volts em um espaço muito pequeno, que compreende a pouquíssimos milímetros. Assim sendo, os elétrons que são liberados pelo cátodo têm uma aceleração no campo elétrico contínuo, e caso não houvesse a presença de nenhum imã, esses elétrons passam direto para o ânodo. Porém, o que acontece é que existem dois imãs que se encontram perpendiculares ao eixo formado entre o ânodo e o cátodo e assim, é obtido um movimento circular (com trajetórias parecidas com a de cicloides) ao redor do cátodo.

A partir de todo esse processo, onde cada elétron sofre uma excitação em determinada velocidade, o campo magnético é capaz de criar, por meio de uma nuvem eletrônica, uma força chamada de Força de Laplace, que consegue assim acelerar as ondas. Essas cargas geradas entre o ânodo e o cátodo começam a interagir com as cavidades existentes em um bloco que passa a ser o apoio das oscilações eletromagnéticas. Em todo esse ciclo são geradas as ondas, onde uma parte é encaminhada para uma guia, antena ou outros meios de acoplamento. Finalmente, depois de tudo isso, essa guia de ondas consegue passar entre as cavidades do forno e dessa forma é possível que os alimentos sejam cozidos.

Funcionamento do Micro-Ondas

Funcionamento do Micro-Ondas

Toda essa ideia de usar micro-ondas eletromagnéticas para cozinhar alimentos foi criada por um engenheiro estadunidense chamado Percy Spencer, que trabalhava em uma fábrica de magnetrons para seus aparelhos de radar. O que motivou Spencer foi o fato de que um dia percebeu, enquanto estava dirigindo seu carro, que ao passar por um radar uma barra de chocolate que carregava no bolso havia derretido, e com sua experiência ele pode entender o que tinha de fato acontecido. A partir desse momento o engenheiro passou a trabalhar em seu projeto, e no ano de 1945 a própria empresa que Percy trabalhava patenteou esse processo de cozinhar através dessas micro-ondas e assim, no ano de 1947 foi construído o primeiro forno micro-ondas comercial, que era muito diferente do que conhecemos hoje em dia, já que suas dimensões eram imensas, contando com cerca de um metro e setenta centímetros de altura e mais de trezentos e quarenta quilos.

Após toda essa explicação teórica é possível entender que ainda que seja um item muito comum atualmente, todo o seu funcionamento é relativamente complexo e foram demandadas muitas pesquisas e estudos e por isso, até os dias de hoje ele é um item relativamente mais caro. Conforme os anos foram passando, o micro-ondas foi se aperfeiçoando cada vez mais e consequentemente se tornando mais seguro. A partir daí várias outras coisas a respeito desse eletrodoméstico foram sendo descobertas, inclusive formas mais eficientes e corretas de realizar a limpeza do mesmo, e é sobre isso que será falado mais abaixo.

Dicas E Cuidados Com O Forno Micro-Ondas

Como já foi apesentado acima, hoje em dia é bastante difícil encontrar casas que não possuam um micro-ondas na cozinha, principalmente pelo fato de ele facilitar extremamente a vida e o dia a dia das pessoas que lá residem, permitindo por exemplo que uma pessoa cozinhe para a semana toda e ao longo dos dias só descongele e esquente seu alimento, o que pode refletir em uma alimentação mais saudável e também em uma economia considerável de dinheiro, já que assim as pessoas podem evitar de comer fora de casa, por exemplo. Porém, ainda que toda essa praticidade e esses benefícios do micro-ondas, é importante também ter consciência dos cuidados que devem ser tomados com esse item, para que sua utilização seja feita de forma segura e também que sua vida útil seja prolongada da melhor maneira possível.

Um dos primeiros pontos a serem entendidas é que existem coisas que não devem ser colocadas de jeito nenhum em um micro-ondas, podendo até mesmo ser alvo de acidentes caso se tente esquentá-las dessa forma. Essas coisas são: água, alimentos em recipientes metálicos e alimentos que possuem cascas muito finas, como é o caso de tomate, linguiça, entre outros. No caso da água o que pode acontecer são queimaduras, já que acontece uma mudança muito rápida do estado liquido para o vapor. Já os recipientes metálicos podem ocasionar incêndios, e os alimentos com finas cascas podem reter o vapor após cozidos, podendo causar acidentes e queimaduras também.

Outros itens que não devem ser aquecidos no forno micro-ondas são recipientes plásticos que contenham a substância Bisfenol A e / ou que derretam, conservas e frituras não devem ser aquecidas nesse eletrodoméstico e nem carnes em pedaços muito grandes, pois correm o risco de serem aquecidas somente por fora. Frutas como a uva, e também ovos não devem ser esquentados no micro-ondas, pois podem explodir ou pegar fogo.

Como Limpar Forno Micro-Ondas?

Limpar Forno Micro-Ondas

Limpar Forno Micro-Ondas

Além dessas dicas, também é fundamental que se saiba como limpar o forno micro-ondas da forma mais adequada possível, já que esse é um fator muito importante para a manutenção desse eletrodoméstico. Uma das formas mais simples e eficazes de realizar essa limpeza, sem ser necessário o uso de produtos caros e abrasivos e também sem ser necessário muito esforço é com a utilização de uma misturinha muito simples.

Os itens necessários para a realização dessa misturinha de limpeza são água e vinagre. Assim sendo, basta pegar um pequeno refratário que possa ir ao micro-ondas – como os e louça ou vidro – e nele colocar um pouco de água e uma colher de sopa de vinagre, e com isso ligar o micro-ondas na potência máxima por cinco minutos. Depois que o micro-ondas apitar é necessário deixar essa misturinha descansando lá dentro por cerca de mais três minutos. Depois desse processo será perceptível que a sujeita nas paredes do micro-ondas terá amolecido, bastando agora passar somente um pano limpo ou um papel toalha para que a sujeira seja retirada, já que ela sairá com muita facilidade.

No caso de o micro-ondas estar com um cheiro de queimado no momento da limpeza, também existe uma receitinha caseira que funciona muito bem, sendo ela a base de bicabornato de sódio. Para isso, basta colocar duas colheres de sopa de bicabornato em um recipiente pequeno e deixar dentro do micro-ondas de um dia pro outro, sem ligar o aparelho, é claro. Após esse tempo de repouso o cheiro já irá ter sumido, e a limpeza pode prosseguir normalmente.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *