Como Manter a Casa Livre de Bactérias

Todos que tem uma casa sempre tentam mantê-la limpa, cheirosa e bem confortável. Isso tanto para os próprios moradores, quanto para os familiares e amigos que fazem visitas regulares.

Mas será que apenas varrer e passar um pano já mantém a casa livre dos perigos das bactérias? Elas estão em todos os lugares e podem carregar com sigo uma enormidade de doenças, algumas até muito sérias, por isso, limpar direitinho a casa é uma forma de manter as bactérias do lado de fora.

Uma Casa Livre das Bactérias

Algumas estações do ano causam maior contratempo que outras quando o assunto é se livrar das bactérias. O inverno talvez seja a estação que mais causa problemas de saúde, pois a casa fica mais fechada, mais úmida e, por isso, mais propensa ao desenvolvimento de fungos e bactérias. E nessa extensa lista ainda podemos colocar as cobertas e edredons que ficam passeando pela casa inteira e vão do sofá à cama só carregando a poeira do chão.

Essas bactérias tomam posse de nossa residência e comprometem a saúde de adultos e especialmente de crianças e idosos, então, todo o cuidado é pouco para evitar que esses agentes estraguem a paz da família.

Saiba como Higienizar os Ambientes

Sala e Quartos

É importante que as portas e janelas sejam abertas todos os dias, para que haja uma renovação do ar do ambiente. Ocorre que, com isso há uma facilitação da entrada de poeira e ainda muitos outros indesejáveis micro-organismos. Essas partículas acabam ficando depositadas sobre os móveis e a cama, porém, podemos nos livrar deles.

A primeira providência de limpeza é varrer o cômodo, caso tenha crianças com problemas respiratórios em casa, o melhor é não usar a vassoura convencional para fazer a limpeza e sim optar por um pano úmido para retirar a poeira. Assim, ela não se levanta do chão e se instala nos móveis e tapetes.

Depois de feita a limpeza do chão, arrume a cama e, caso haja possibilidade, coloque os travesseiros para tomarem sol para retirar alguma umidade. Ainda após isso, tome outro pano limpo, umedeça com álcool ou ainda outro produto de limpeza e tire o pó dos móveis, tomando cuidado para não manchá-los.

O uso do pano umedecido não deixará que a poeira e outras bactérias saiam dali e passem a ocupar outro lugar. Em seguida, borrife um pouco de álcool ou desodorizador de ambiente no ar, como forma de fazer com que a poeira do ar não volte a ocupar o chão ou os móveis.

Depois basta passar novamente um pano úmido com álcool ou desinfetante no chão, para remover alguma sujeira que ainda possa estar por lá.

Assim que acabar o processo de limpeza, feche a janela e permita somente a entrada de luz. Desta forma a sujeira não entra e a luminosidade cumprirá seu papel de afugentar a umidade.

Banheiro

Nesse ambiente é onde se encontra a maior quantidade de bactérias e micro-organismo perigosos, mas vale sempre a pena manter o banheiro limpo e longe de qualquer vírus.

Para manter o local livre das bactérias e vírus é preciso que se faça uma limpeza diariamente. Isso em razão de ser o lugar onde realizamos nossas necessidades fisiológicas e ainda fazemos a retirada das bactérias do corpo durante o momento do banho. Estes micro-organismos nocivos ficam presos alojados no vaso sanitário, no piso, nos azulejos, no ralo, na lixeira, na toalha, e ainda no papel higiênico e também até nas nossas escovas de dente.

A limpeza do banheiro deve ser executada usando uma mistura de água sanitária e água, especialmente se for lavar a pia, o vaso, os ralos e ainda os azulejos. É só deixar o produto agir por poucos minutos e depois dar uma esfregada usando uma escova e enxaguar. Depois de feito isso, pode-se usar outros produtos para terminar a limpeza, como limpadores multiuso ou desinfetante. O lixo deve ser tirado diariamente e em casos de muitas pessoas na família, é aconselhável que se remova o lixo até duas vezes ao dia.

Já para as escovas de dente, é preciso deixá-las em um local arejado e seco e não se esqueça de deixar que as toalhas sequem ao sol, pois a umidade pode trazer consigo diversas bactérias e fungos que fazem mal a saúde.

Cozinha

Na cozinha o lugar onde mais estão concentradas bactérias é a pia, por isso, ela merece cuidados especiais. Bem sabemos que é nela que todos os dias colocamos os utensílios ainda sujos, os restos de comida e gordura, e ainda a usamos para fazer a lavagem das frutas e legumes que vêm direto da rua.

Sem esquecer de mencionar que no lixo da pia são colocados todos os tipos de sujeiras e ainda nesse mesmo ambiente deixamos o escorredor de pratos e outros objetos que usamos, o que vem a facilitar a contaminação cruzada de nossa alimentação e de nossas mãos.

Para evitar esse tipo de contaminação é melhor é usar uma lixeira de chão, de preferência com pedal, para que não se precise colocar a mão nela de modo algum.

Mas, com tantos problemas, como podemos fazer para manter esse ambiente livre das bactérias? Uma das primeiras coisas que podem ser feitas é desinfetar adequadamente a tábua, bem como a faca usada para o corte de carnes, verduras e frutas. Para atenuar o risco de contaminação de fungos e bactérias essa limpeza deve ser efetuada usando uma solução de água fervente ou água sanitária. Vale salientar que o ideal é que sejam usadas tábuas de plástico ou polipropileno e não de madeira, pois essas retém a sujeira em suas fibras.

Na arrumação da cozinha o melhor é iniciar através da lavagem de copos, já que são utensílios com pouca gordura e que não possuem matéria orgânica. Procure ainda usar uma esponja ou bucha para limpar a louça e outra para fazer a limpeza da pia ou fogão, assim nãohá troca de bactéria entre os utensílios.

A limpeza da bucha de cozinha pode ser feita por imersão do objeto durante 10 minutos, mais ou menos, em água sanitária ou água fervente e depois remover o excesso de água e deixá-la em local limpo e seco.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *