Dicas para Diminuir as Despesas Domésticas

Grande parte da população faz muita ginástica para dar conta de pagar, ao menos as despesas mais básicas e urgentes. Seja por doenças inesperadas, gravidez indesejada, inflação que sobe sem parar ou por puro consumismo sempre conhecemos alguém com dificuldades financeiras, ou estamos nós mesmos encontrados nessa dificuldade financeira. Na maioria dos casos, para conseguir pagar todas as contas em dia basta evitar os pequenos gastos do dia a dia, que quando somados tomam conta do nosso salário.

.

Você Quer Investir seu Dinheiro?

Se você pretende começar a investir seu dinheiro é preciso poupar e ter controle sob o orçamento familiar. Para ter poder de investimento é fundamental se planejar para que os gastos ao final do mês sejam menores que o valor das contas a serem pagas. Se os seus gastos forem maior que o seu salário, você terá que gastar a possível sobra do mês seguinte para cobrir os gastos do mês anterior. Guardar dinheiro exige muita disciplina, corte de alguns gastos e foco!

.

 

Onde você quer chegar e como fará para conseguir?

Essa é uma máxima que vale para tudo na vida: tenha disciplina. A dica para esse caso é elaborar uma planilha. Pois ela vai te ajudar a visualizar em que situação você se encontra. Desse modo você poderá controlar bem as despesas e saberá qual supérfluo  pode ser comprado ou não.

Mas como montar uma planilha de gastos domésticos?

Para montar uma planilha de orçamento familiar é preciso ter atenção para alguns detalhes do seu dia a dia. As dicas a seguir irão te ajudar a montar uma planilha bem organizada e clara sobre os seus gastos. Confira as dicas abaixo:

• Em uma das colunas da tabela coloque a renda de cada familiar que contribui para a renda total da família.

• Coloque nessa lista todas as despesas que são fixas. Como por exemplo IPTU, IPVA, conta de água, conta de luz, telefone, celular, academia, mensalidade da escola ou do curso de idiomas, e quaisquer outra despesa fixa que você possa ter. Marque a média desses gatos nessa coluna da tabela.

.

 

• Liste em outra coluna os gastos que não são fixos como restaurantes, presentes, cinema, viagens, entre outros. Separe os comprovantes de pagamento desses gastos e tire extratos bancários para marcar uma média desse tipo de despesa.

• Faça uma análise dessa última coluna e veja quais gastos podem ser cortados ou reduzidos no próximo mês. Sempre que estiver para começar o mês, volte nessa lista e analise previamente o que pode ser reduzido ou cortado de fato. Se possível já separe o dinheiro dos gastos extras que terá no mês seguinte.

.

 

• Agora é a vez de calcular se a sua conta está positiva ou negativa. Subtraia da renda familiar todos os gastos, incluindo os fixos e os não fixos. Se a conta estiver positiva, faça uma avaliação dos gastos não fixos não mês seguinte e veja o quanto poderá ser gasto e poupado. Se a conta estiver no negativo reveja seus cálculos incluindo os meses que virão e planeje, com segurança, como irá resolver essa questão.

.

 

Veja algumas dicas de como reduzir os gastos não fixos:

Geladeira: A dica é abrir somente se for preciso. Quando for guardar as compras, procure fazer de uma só vez. Ao trocar de eletrodoméstico, troque por um que seja econômico.

Ferro de passar roupas e máquinas de lavar: Quando for passar ou lavar roupas, junte o máximo possível de roupas para passar. Assim você evita o liga e desliga desnecessário do ferro e da máquina.

Torneira: Esse é um dos gastos desnecessários mais freqüentes. Revise sempre se há ou não vazamentos e mantenha as torneiras bem fechadas quando não estiver usando.

Energia elétrica: Quando for construir ou reformar uma casa, faça um planejamento da malha elétrica da casa e procure colocar várias janelas para aproveitar bem a luz natural. Se não estiver em um determinado ambiente da casa, desligue a luz.

Roupas novas: Esqueça as tendências da moda. Tenha seu estilo próprio de vestir. Compre roupas de qualidade e que você tenha certeza que irá vestir. Evite ao máximo as compras por impulso.

Banho: Essa é uma dica clássica. Por mais que esteja frio ou que você esteja cansado, não tome banhos demorados. O gasto de gás ou de energia elétrica e dos muitos litros de água podem pesar ao fim do mês.

Tomada: Retire da tomada todos aqueles aparelhos eletrônicos que não estiver utilizando. O gasto médio de aparelhos na tomada é quase o mesmo de quando estão ligados na tomada.

Telefone e celular: Utilize com moderação. Procure um plano de celular que melhor se adéqua ao seu estilo de vida e, se for possível, fique apenas com o celular. Assim você reduz uma conta fixa da sua lista.

Pague à vista: A regra é pagar à vista toda e qualquer conta que você tenha. Fuja completamente do cartão de crédito, do cheque e, principalmente, dos empréstimos.

Dicas de links interessantes:

.

Faça cursos gratuitos: A Fundação Getulio Vargas (FGV) faz parte de um consórcio de grupos educacionais de variadas nacionalidades conhecido como Open Course Ware Consortium, o qual disponibiliza cursos com material didático sem cobrar pelo serviço prestado via internet. Cursos sobre como administrar melhor a renda familiar e gastar do melhor modo possível o dinheiro da sua família estão disponíveis no link abaixo. Participe do curso ofertado e ganhe mais conhecimento sem pagar por isso! Se você tiver alguma Duvida sobre os cursos grátis da FGV, acesse a página sobre Dúvidas Freqüentes da Fundação. O link para o curso sobre renda familiar está logo abaixo. http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos

Planilhas para organizar o orçamento familiar: Agora que você já sabe como fazer para economizar no orçamento familiar, acesse o link abaixo e faça o download de dois modelos de planilha para poder visualizar melhor os gastos que você e sua família têm. É simples e irá te ajudar a não desperdiçar dinheiro à toa.

http://g1.globo.com/jornalhoje/0,,MUL728357-16022,00-ORCAMENTO+FAMILIAR.html

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Imóveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *