O Que Fazer Com o Óleo De Cozinha Usado?

O Óleo De Cozinha

O óleo é uma substancia que não se liga ou mistura com a água, ou seja, esse é um tipo de mistura heterogênea. Os óleos podem ser de origem animal ou vegetal. Os óleos vegetais podem ser obtidos pela extração de sementes e de plantas, temos óleos de canola, girassol, milho, soja, mamona, buriti, e outros. O óleo é composto de triglicerídeos que é composto da solidificação do glicerol e dos ácidos graxos, a gordura é solida e o óleo é liquido.

Quando usamos o óleo para frituras ele é aquecido e vai perdendo sua qualidade, dando inicio a sua degradação com contaminação por substâncias químicas que podem irritar o estomago, os olhos e até o sistema respiratório.

Os Cuidados Com o Óleo Usado

Jogar o óleo usado em frituras fora pode causar muitos problemas, se você joga na pia, no ralo, você está causando danos irremediáveis ao meio ambiente, pois ele fica acumulado nos canos e vai retendo os resíduos e então vai entupindo a rede de esgoto e o fluxo de água, transformando o local propício para atrair ratos, baratas, insetos, e isso vai criando transtornos, como a higiene, o mau cheiro e outros.

Os Males Que o Óleo Pode Causar

Saiba que se você descarta as sobras de óleo em qualquer lugar indevidamente, você está praticando um crime ambiental, a deterioração do óleo de cozinha usado emite na atmosfera gás metano, um dos principais gases causadores do efeito estufa, responsável pelo aquecimento global. Além disso, ao atingir o solo, o produto contribui para sua impermeabilização, dificultando ainda a absorção da água da chuva e propiciando enchentes.

O óleo prejudica a passagem de luz na água, o crescimento dos vegetais é vagaroso, lento, além de impossibilitar a transmissão do oxigênio para a água, prejudicando a vida no meio ambiente. Com um litro de óleo usado jogado fora você esta contaminando 20 mil litros de água, o que equivale ao consumo de uma pessoa em um período de três meses.

O Que Fazer Com o Óleo Usado?

Assim sendo, não jogue o resto do óleo diretamente nos ralos, no ambiente ou no solo, se sobrou óleo depois das frituras, você pode guardar para ser reciclado, existem várias utilidades para o óleo usado, como manufaturado de resina para tinta, fazer sabão, detergente, ração para animal, e transformar em biodiesel.

O que você faz com o óleo que sobrou das frituras? Muitas pessoas guardam para novas frituras ou jogam no ralo, na pia, no lixo, essas atitudes estão todas erradas. Mas por que hoje se fala tanto das sobras do óleo? O óleo sempre esteve na nossa alimentação, nas frituras, na salada, mas já há algum tempo se fala do mau que ele nos causa, por causa da poluição dos rios, pelos esgotos industriais e domésticos, e com a poluição provocada pelos restos de óleo de cozinha, por causa disto começaram a ser debatidas mudanças dos hábitos da população para dar um destino correto e aproveitar as sobras de óleo para reciclagem.

Sabemos que a resolução desse problema não depende de grandes investimentos, mas de educação, da mudança de hábito, de ações dos órgãos governamentais para tratar o meio ambiente com mais zelo, pois é muito caro os tratamentos para nossa água que a cada dia fica mais escassa, e algumas cooperativas perceberam que fica mais barato preservar os recursos do meio ambiente do que consertar ou tratar.

O óleo usado pode ser utilizado na produção de sabão em pedra, detergente, massa de vidro, biodiesel e até mesmo componentes para fertilizantes. Você pode guardar as sobras de óleo, basta guardar numa garrafa pet e depois entregar em algum posto de coleta para ser reciclado, procure o local mais próximo de sua residência que recebe este material. Você também pode transformar o óleo usado em sabão caseiro a receita é bem simples e pode ser feito em casa.

Para fazer o sabão caseiro, você vai precisar de 5 (cinco) litros de óleo de frituras usado, 2 (dois) litros de água, 200 ml de amaciante, 1 (um) quilo de soda cáustica em escama. Para preparar coloque com cuidado a soda cáustica em escamas no fundo de um balde e vá acrescentando a água fervendo. Mexa até diluir todas as escamas da soda e depois adicione o óleo de cozinha usado (deve estar coado – com esponja de aço ou peneira bem fina – para que não sobre nenhum resíduo). Continue mexendo até a mistura ficar homogênea e um pouco mais grossa.

Durante o preparo, se preferir, pode acrescentar um pouco de sabão em pó, que ajuda a formar espuma, e sabão líquido, que deixa cheiroso e mais macio. Outra opção é acrescentar também anilina, para dar coloração ao sabão. A agitação do líquido deve ser feita entre 30 e 45 minutos, até que a mistura esteja um pouco mais grossa. Depois de pronto, despeje o produto em qualquer assadeira que tenha em casa e que esteja forrada com saco plástico. Leve para o sol e espere secar. Ele fica consistente em torno de dois dias. Aguarde mais 10 dias para utilizá-lo.

http://www.youtube.com/watch?v=RI0WQUJ173s

Você precisa tomar muito cuidado na hora de fazer o sabão em casa, lembre-se de usar vasilha de plástico, e para mexer use colher de pau, você não deve usar nada de metal durante o processo, o sabão caseiro é indicado para lavar pratos, roupas, para limpeza em geral menos para o nosso banho. Além desses cuidados, você deve sempre usar luvas e máscara, afinal você estará mexendo em produtos químicos (soda cáustica) e isso pode trazer algum mal. Lembre-se também de guardar e deixar o sabão secar, longe do alcance de crianças e animais, pelos motivos que já sabemos.

Agora que você já sabe o que fazer com o óleo velho que você tem em sua casa, não tem medo, faça uma campanha em sua rua, seu condomínio, junte o óleo e doe para alguma instituição em que faça uso deste material para a criação de sabão reciclável, ou quem sabe faça você próprio este sabão e possa ter uma renda a mais com a fabricação e a venda deste produto.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *