Espaços Para Animais em Condomínios

Um dos empecilhos para se ter animais de estimação é o ritmo da vida moderna, pois é difícil para os donos ter tempo de levar os amigos bichos passear, oferecer-lhes companhia enfim suprir o lado emocional de cães, gatos e outros animais. Ter um animal de estimação é muito mais do que somente dar comida e água.

Além disso, existe a questão de como esses animais são aceitos nos condomínios. Em muitos prédios o motivo principal de briga entre vizinhos é o fato de não haver um local adequado e próprio para os animais. Com o passar do tempo os condomínios passaram a se adequar a realidade de moradores que tem bichos de estimação e passaram a ter espaço para eles também.

A seguir vamos falar dessa tendência imobiliária que é a de ter espaços para os animais passarem um tempo de mais qualidade nos condomínios. Isso é fundamental para que os donos se sintam mais seguros em deixar os amigos em casa e também tenham a certeza de não estar incomodando nenhum vizinho.

Os Benefícios de Ter Espaço Para Animais em Condomínio

Os condomínios que oferecem um espaço para os cães se diferenciam por oferecer aos donos a possibilidade de que os seus amigos passem um dia de mais qualidade. Existem condomínios que cuidam dos animais e que oferecem até mesmo a possibilidade de que eles passeiem durante o dia.

Os cães necessitam de alguns momentos de passeio ao longo do dia para liberar a energia e assim não darem aquele show de latidos que tanto incomoda os vizinhos. Para os donos que não tem tempo alguns condomínios já oferecem profissionais que ficam responsáveis por cuidar dos cães.

Para aqueles donos que desejam participar ativamente é possível contar com um espaço dentro do condomínio para fazer os passeios com os seus animais. Nesses locais se tem mais segurança além de mais proteção contra o frio, por exemplo. O gramado do prédio pode ser um excelente lugar para brincar com o seu pet depois de um dia estressante de trabalho.

Regras

Os condomínios que tem espaços destinados a animais em geral estabelecem as suas próprias regras para evitar problemas e desentendimentos entre os moradores. Uma reclamação recorrente é em relação aos moradores que não recolhem as fezes dos pets dos locais de convivência, uma questão de simples educação.

Por isso os especialistas em gestão de condomínios alertam que é essencial que esses espaços tenham as suas próprias regras como, por exemplo, estabelecer uma multa para os moradores que não recolherem as fezes. A instalação de câmeras nesses espaços pode ser uma boa solução para coibir o mau comportamento dos donos.

Além disso, é possível ao condomínio estabelecer o uso de um elevador e de áreas comuns aos cães para que as pessoas que não desejam ter contato com os pets possam evitar e assim não haver nenhum tipo de desentendimento. Os condomínios devem levar em consideração que não aceitar animais pode gerar processos na justiça que são difíceis de ganhar.

Os Novos Conceitos Imobiliários

Observando a nova configuração das famílias fica cada vez mais evidente que os animais fazem parte da vida das pessoas e que não é possível deixá-los de fora. De olho nessa tendência muitas construtoras estão criando projetos de prédios que levam em consideração ter um espaço específico para os animais.

Para se ter uma ideia alguns desses prédios contam até mesmo com salas para atendimento veterinário dentro do condomínio. O conforto dos animais é garantido em alguns empreendimentos com a presença de monitores. Apesar de um projeto com esse tipo de espaço para animais sair um pouco mais caro também tem chances de obter melhores resultados no mercado. Muitas pessoas estão dispostas a investir mais na moradia para poder contar com um bom atendimento para os seus pets.

As Novidades Imobiliárias

Focando em oferecer mais bem-estar e segurança para os animais as empreiteiras tem apostado na criação de espaços como pet play (para que os animais possam brincar), pet walk (para o passeio dos pets), pet care, pet garden entre vários outros espaços que oferecem mais qualidade de vida para o seu animal de estimação.

Em geral esses espaços têm um grande jardim ou gramado para que animais como cachorros (os mais comuns) possam fazer as suas necessidades além de poder brincar e correr livremente. Um dos principais diferenciais desse tipo de condomínio é ter profissionais habilitados para exercitar os pets e brincar com eles enquanto os donos estão fora, algo como uma creche para animais.

Ressaltamos que mesmo esses espaços sendo dentro dos condomínios precisam seguir regras básicas como o uso de coleira e recolhimento de fezes do pet. Quem tem um amigo bicho e está em busca de uma nova casa ou apartamento deve levar em consideração esses espaços que podem mudar a vida do seu pet.

Os Serviços Disponíveis

Os espaços destinados aos animais trazem consigo a possibilidade de que os donos tenham acesso a uma grande gama de serviços no estilo pay per, ou seja, pague somente se usar. Nessas áreas destinadas aos animais é possível encontrar áreas de banho, tosa, para passeios e equipamentos para a prática de exercício.

Um dos destaques é o chamado pet walk que é um espaço em que os animais podem interagir com os demais. A área verde é um item que costuma fazer parte desse tipo de empreendimento oferecendo a possibilidade de que a família toda aproveite momentos incríveis com os seus pets.

Para os donos que desejam manter os seus amigos sempre bem limpinhos a dica é aproveitar os serviços de pet care que consistem em banho e tosa dentro do próprio condomínio. Lembramos que embora seja uma tendência imobiliária mundial e que tem ganhado força no Brasil ainda não são todos os condomínios que oferecem esse tipo de serviço.

Dessa forma a dica é pesquisar bem antes de escolher onde você e a sua família vão morar, pois é possível encontrar um condomínio que não somente aceite o seu pet, mas também ajude a cuidar bem dele. Os animais de estimação fazem parte da família.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *