A Iluminação Ideal Para Cada Ambiente

Já pensou poder chegar em casa e observar que tudo está diferente, mas você nem precisou fazer reforma alguma? Isso pode ser conseguido através da iluminação ideal destinada a cada ambiente. Pois você não pode escolher a mesma iluminação para cada cômodo de sua casa, já que cada um deles tem suas particularidades e por isso, suas necessidades. Então, para você dar uma cara nova a sua casa, vamos dar algumas dicas infalíveis e baratas de iluminação.

Iluminação Perfeita

Iluminação Perfeita

Dicas de Iluminação para os Diferentes Ambientes

A iluminação de nossa casa não é assunto fácil de ser decidido, por ser muito pessoal, assim como a decoração, já que faz parte dela também, por isso, deve ser feita sob medida, e não existe fórmula pronta, apensa sugestões que podem dar certo e fazer toda a diferença.

Então, para evitar problemas do tipo: colocar lâmpadas que superaquecem no banheiro, ou fortes demais na sala e você nem consegue ver a televisão direito e ainda muitos outros, vamos trazer regras básicas de iluminação para sua casa.

  • Dica 1:  todo o projeto de iluminação de uma casa deve sempre levar em consideração não apenas a beleza, mas a praticidade e a função que ela terá em cada ambiente, além da relação que cada morador tem com ele. Por isso, a posição das luminárias deve ser pensada de acordo com a decoração do ambiente, sempre levando em conta qual a função exercida pelo cômodo, se é cozinha, sala ou quarto. É importante ainda saber qual o tipo ideal de lâmpada, para que o efeito produzido por ela seja o desejado, além de estudar bem até encontrar a posição ideal para a mesma.   As características de todos os produtos utilizados para a iluminação devem sempre atender às necessidades do ambiente em que serão inclusos, e não o contrário.

  • Dica 2: na cozinha, por exemplo, a iluminação precisa ser bem clara e aparente, pois é preciso enxergar muito bem os alimentos. Por isso, o ideal é que nesse ambiente sejam utilizadas lâmpadas com altos Índices de Reprodução da Cor ou IRC. As lâmpadas incandescentes, como as dicroicas e halógenas são aquelas que possuem maior índice de reprodução da cor.
  • Dica 3: Pensando na Sala de Estar, a luz deve ser totalmente diferente da cozinha, pois o ambiente precisa ser aconchegante e agradável. Então, para conseguir esse efeito, o correto é utilizar é utilizar lâmpadas com iluminação mais amarelada e não esbranquiçada como a anterior. A iluminação chamada de focada, obtida através das lâmpadas refletoras, é mais elegante, no entanto, deve ser usada com certa precaução, pois pode causar a sensação incomoda de ofuscamento, dependendo especialmente da posição em for colocada. Além disso, as lâmpadas também devem ser muito bem distribuídas, para que possam iluminar bem todos os cantos. Se quiser, pode optar pelo uso de luminárias suspensas, que apresentam a iluminação mais difusa.

  • Dica 4: Para os quartos, a luz direta e uniforme é a que causa o efeito mais confortável. Ela é obtida através do uso de luminárias que tenham vidros foscos ou filtros de acrílico. E deve principalmente se ajustar às formas de atividades que são feitas no quarto, como ler, ver tv, trocar de roupa, namorar, entre outras. Um recurso que pode ser de grande valia no quarto é aquele em que você pode controlar a intensidade da luz de acordo com a sua necessidade, chamado de dimerização.
  • Dica 5: no escritório a iluminação deve ser mais direcionada a alguns pontos especiais – nas estantes e nos livros, na mesa de computador, na de trabalho. Porém, também é necessário trabalhá-la de forma eficaz para que seja evitado o ofuscamento das demais áreas. Para esses casos não use lâmpadas refletoras, especialmente sobre o computador, pois podem deixar o ambiente muito mais cansativo.
  • Dica 6: se você quiser inovar na iluminação e se jogar em diferentes cenários, pode fazer isso na sala de jantar, por exemplo. Nela pode se fazer uma iluminação que se adapte bem a qualquer tipo de clima, desde uma jantar a dois, um almoço em família, uma reunião com os amigos. Algumas opções que podem ser usadas são: dois focos mais fortes de luz sobre a mesa diretamente vinda do teto, que criam uma gostosa atmosfera, muito mais intimista, deixando o restante da casa bem na penumbra; outra opção é usar a luz difusa diretamente na mesa, assim o ambiente todo ficará iluminado; arandelas também podem ser usadas para criar o efeito de iluminação indireta e mais aconchegante, ideal para um delicioso almoço em família; se quiser também pode colocar um lustre pendente posto diretamente no centro da sala, que pode ter o efeito de dimerização, para que você possa controlar a intensidade da luz de acordo com a necessidade do ambiente.
Detalhes Sofisticados

Detalhes Sofisticados

 

  • Dica 7: para o banheiro que é o cômodo onde cometem erros de iluminação mais comumente, a regra básica é usar iluminação intensa e uniforme, especialmente na bancada da pia. Que o lugar onde mais precisamos de iluminação, principalmente na hora dos cuidados com o rosto, como a maquiagem, por exemplo. Nesse cômodo não use lâmpadas refletoras, pois criam sombras no rosto e prejudicam demais as mulheres na hora da maquiagem e também os homens quando fazem a barba. O uso mais indicado é o de lâmpadas em acrílico leitoso, lâmpadas difusoras ou de vidro leitoso, assim como as fluorescentes. Muitos gostam de usar a luz de camarim no banheiro, porém, ela se mostra prejudicial para a aparência, pois também cria sombras no rosto, além de ser mais quente o que fazem com que o espelho fique embaçado com mais facilidade.

  • Dica 8: É extremamente importante pensar na quantidade de luz que você vai querer utilizar em cada ambiente. Por isso, muitos projetos de iluminação exageram na quantidade de lâmpadas usadas em cada lugar, focando espaços desnecessários e deixando de lado aqueles que são de fato necessários. No jardim é muito comum vermos diversas lâmpadas de 300 watts, sendo usadas em diversos vários pontos de luz em todo o lugar. No entanto, elas são desnecessárias, pois o mesmo efeito pode ser conseguido com lâmpadas de menores potências, como as de 70 watts, além de serem bem mais econômicas.

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *