Condôminos Negociam Taxas Atrasadas

Negociação

Com a aproximação do final de ano mais condôminos negociam taxas atrasadas, sendo que um dos principais motivos para isso parece ser o medo de ter os nomes inclusos em listas de instituições de Serviços de Proteção ao Crédito. Antes que novas ações dêem entrada nos tribunais cobrando os inadimplentes estes tem buscado negociar as taxas de condomínios de casas inteligentes e apartamentos em atraso.

Administração

Administradora

Dessa maneira tem diminuído consideravelmente as ações contra os caloteiros que vem tentando uma Negociação Inadimplência antes de chegar à justiça. Uma pesquisa feita pelo Sindicato da Habitação junto aos fóruns da capital paulista tem mostrado que as ações vêm se reduzindo e que do mês de setembro de 2009 para outubro do mesmo ano, a redução no numero de ações judiciais por falta de pagamento de taxas de condomínio foi reduzida em 14,5%, de 1065 casos registrados em setembro, esse número caiu para 910 em outubro.

///

Condôminos Negociam Taxas Atrasadas

Lei que permite o protesto

Segundo o vice-presidente de Administração de Condomínios e Imobiliária do Secovi de São Paulo um dos motivos para que os inadimplentes busquem a negociação foi a Lei 13.160 que fez com que a partir de julho do ano passado, se tornasse possível levar a protesto o boleto de cobrança dos condôminos. Isso trouxe alívio ao setor que sempre foi alvo de calotes de muitos moradores. Hoje o numero de ações na justiça é o menor registrado desde maio deste ano e se compararmos ao mês de outubro de 2008 vamos ter também uma redução da ordem de 13,2%. As Facilidades de Negociação também tem servido como um incentivo para que as pessoas procurem negociar suas dívidas e assim evitar o registro como inadimplente, sendo que essa preocupação aumenta com a aproximação das festas de final de ano, pois são muitos que compram a prazo nesta época e para isso é preciso ter o nome limpo na praça.

Convenção

Convenção

Morosidade da justiça

Se a lei veio ajudar para que os condôminos queiram negociar suas dividas para não ter o nome comprometido junto aos fornecedores de crédito, por sua vez a morosidade da justiça na tramitação e julgamento das ações, vem servindo como desestimulo para que se busquem os instrumentos legais para solucionar os casos de inadimplência. A demora faz com que o condomínio de preferência a negociação mesmo que esta não seja a solução ideal, pois vai receber parcelado, mas em contrapartida na justiça pode ter de esperar até dez anos por um resultado que nem sempre é certo. Para o devedor, negociar as dívidas diretamente pode ser Soluções Inteligentes na medida em que ficam livres da ameaça de ter o nome no cadastro de maus pagadores o que pode trazer muita dor de cabeça, mas para o condomínio esta parece ser apenas a solução “menos ruim”.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Condomínio

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *