Móveis para Bebê: Berço, Cômoda e Poltrona São os Principais

A constatação de uma gravidez, normalmente proporciona muita alegria aos pais, ainda mais os de primeira viagem, que contam os minutos para receber esse pequenino ser no mundo. Mas, além das dúvidas sobre os cuidados com o recém-nascido, os pais precisam preparar o quarto do bebê.

Por ser muito frágil e com saúde sensível, o ambiente em que o bebê passará boa parte do tempo precisa ser preparado com muito cuidado, fazendo uma escolha criteriosa de móveis e itens para a decoração. O quarto deve proporcionar conforto e tranquilidade, pois será o ambiente para o repouso da criança, para sua amamentação, banho e troca de fraldas.

Berço

O quarto do bebê deve contar com pelo menos três móveis: berço, poltrona ou cadeira para amamentação, e uma cômoda, para guardar as roupinhas e que também serve como trocador. É importante lembrar que dentre esses três móveis, os pais devem investir mais no berço, pois é um item que a criança irá usar até completar os três anos de idade.

Por isso, se couber em seu orçamento, vale a pena adquirir um produto que possa se transformar em minicama infantil para que o bebê possa continuar a usar quando estiver mais crescido, mas que ainda não o suficiente para usar uma cama de solteiro normal.

Dessa forma, é fundamental prestar muita atenção na hora de comprar o berço. Verifique se o móvel é resistente, se não tem acabamento com rebarbas, não possui uma distância muito grande entre as grades, e que não solte suas peças com facilidade, pois podem ser engolidas pela criança.

Comoda

Em geral os fabricantes de berços adotam o padrão americano, que possui um comprimento de 1,30 m e 70 cm de largura. É importante anotar essas medidas, pois servem de referência para adquirir o colchão, já que são as dimensões internas do berço.

Se forem incluídas sua grade e outros acessórios, o móvel ficará com 1,50 m de comprimento por 80 cm de largura. Os pais devem levá-los em consideração, ainda mais se o quarto do bebê contar com um espaço reduzido. Dessa forma, em ambientes muito pequenos, é melhor optar pelo berço com padrão nacional, que possui as seguintes dimensões: 1,30 m de comprimento por 60 cm de largura.

Em ambientes muito pequenos, móveis sob medida podem ser uma solução interessante para aproveitar de uma melhor forma o espaço existente, já que para garantir o conforto do bebê de da mãe, é importante que o quarto conte além do berço, da cômoda e da poltrona para amamentação.

Poltrona

Caso queira aproveitar ainda mais o espaço do quarto, diversas lojas oferecem modelos de berços que contam com outros móveis acoplados, como cômoda, trocador, gaveteiro e armário. Em alguns deles, é possível transformar o móvel em uma minicama que poderá ser usada pela criança depois dos três anos de idade.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Móveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *