Como Apagar o Fogo da Churrasqueira

Tipos de Churrasqueiras

Em nosso país a ideia de o churrasco ser somente uma forma de se preparar carne já se transformou há muito tempo, sendo agora na verdade basicamente uma tradição para as pessoas, já que agora o churrasco é de fato entendido como um evento que visa comemorar ou celebrar algo, virando assim um sinônimo de coisas boas, integração e confraternização.

Esses são os principais pontos que fazem com que o churrasco no Brasil seja algo diferenciado do que acontece nos outros países, já que no exterior ele é somente uma maneira alternativa de se consumir uma carne, enquanto no nosso país é um evento que dura horas e pode se estender ao longo de um dia todo.

Por ser algo tão famoso e típico no nosso país, é muito comum que a maioria das pessoas sempre tenham vontade de possuir uma churrasqueira em casa, para que dessa forma a realização de eventos e de festas seja muito mais prático e simples, não necessitando de alugar algum local específico e nem nada do tipo, o que faz com que tudo saia mais barato também e assim possa se aumentar a frequência da realização de eventos desse tipo.

Esse desejo apresentado pode ser realizado para todas as pessoas, já que existe uma ampla variedade de modelos de churrasqueiras  possíveis, que acabam atendendo as necessidades das mais diversas pessoas e também cabendo no bolso de qualquer uma delas. As principais diferenças entre as churrasqueiras dizem respeito ao material que as compõe, bem como o tamanho e as dimensões de cada uma e tudo isso reflete também no preço pela qual elas são comercializadas, na maneira do escoamento da fumaça e na indicação de onde elas devem ser construídas ou instaladas.

Quando se pensa em churrasqueira, o primeiro modelo que vem a mente é aquela feita de alvenaria e que possui uma chaminé e que várias vezes, principalmente em casas localizadas no interior, são construídas em conjunto com um fogão a lenha, funcionando como uma espécie de complemento. Ainda que esse seja o tipo mais clássico de churrasqueira, ela acaba não sendo indicada para todos os casos e nem para todas as necessidades, já que ela é uma churrasqueira de grande porte, demandando assim um espaço significativo, além também de ser um modelo bastante caro.

Ainda com todos esses pontos que podem fazer com que outros tipos de churrasqueira ganhem mais atenção, a churrasqueira de alvenaria é uma das mais famosas pelo fato de ela ser bastante clássica, mas também por ser a que mais dá um gosto marcante para a carne, já que é o carvão – insumo pela qual ela é alimentada – que fornece o gosto defumado para os alimentos. Porém, o que pode ser um ponto negativo desse tipo de churrasqueira é o fato de que ela produz uma quantidade de fumaça bastante alta e é isso que faz com que na hora do projeto seja pautado efetivamente um sistema de escoamento de gases adequado, como por exemplo, a construção de um duto que guie e proporcione a correta exaustão da fumaça.

Erros Mais Comuns Da Hora De Realizar Um Churrasco

Carnes Para Churrasco

Carnes Para Churrasco

Os erros mais comuns na hora de fazer um churrasco, que podem acabar deixando a carne fora do ponto ideal – seja mais queimada ou praticamente crua – podem estar ligadas a própria churrasqueira, e eles são: A quantidade e / ou a qualidade do carvão que está alimentando a churrasqueira, labaredas entrando em contato com a carne, a falta de controle da chama e o calor (o que prejudica muito, já que é o calor que assa a carne, e não a chama incidindo diretamente sobre ela), além de problemas quanto própria carne, como leva-la gelada a churrasqueira, tirar totalmente sua gordura, entre outras coisas.

Como Acender a Churrasqueira a Carvão E Manter O Fogo

O primeiro passo para acender uma churrasqueira é ver se ela e também se o carvão se encontrar totalmente secos e também calcular a média de carvão que será utilizado, sendo que em média se utiliza quatro quilos de carvão em um churrasco onde irá contar com dez pessoas. Após isso, basta escolher a maneira que mais agrada para acendê-la de fato. As principais formas são:

– Enrolar uma garrafa pet com jornal e assim que esse revestimento ficar firme, deve se retirar a garrafa e encharcar o cone restante com álcool. Após isso esse cone deve ser envolto com carvão, tanto dentro, quanto fora, e a partir disso, com cuidado, colocar fogo. O problema dessa forma de acender a churrasqueira é que ela forma bastante fumaça, que é tóxica.

– Utilizar um maço de papel higiênico embebido de óleo de cozinha com um pouco de carvão em cima, para que possa se colocar fogo na churrasqueira. Após isso, é necessário abanar a churrasqueira para que a brasa seja criada. Essa é uma forma de acendimento mais rápido, porém conta com os mesmos contras que foram citados acima: a liberação de fumaça escura e tóxica.

Assim sendo, o processo mais adequado para acender uma churrasqueira é utilizar um pão embebido com álcool em gel, pois é uma maneira bem segura e com menor risco de acidentes.

Como Apagar O Fogo Da Churrasqueira No Fim Do Evento

Apagar o Fogo da Churrasqueira

Apagar o Fogo da Churrasqueira

Não existe muito segredo para se apagar uma churrasqueira após o evento ter chegado ao seu fim, já que jogar água já pode ser o suficiente. O problema é que esse tipo de método pode gerar muita fumaça instantaneamente. Por isso algumas pessoas optam por jogar sal na churrasqueira – mais precisamente em cima das brasas – o que evita muito o acúmulo de poeira e fumaça escura.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Imóveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *