Como Acabar Com o Mofo na Madeira?

Mofo

O mofo é um tipo de fungo que cresce no formato de filamentos multicelulares que se chamam hifas. Há muitas espécies distintas de fungos e eles apresentam diferentes estilos de vida. Mas todos crescem obrigatoriamente em meio úmido sendo que alguns vivem até em ambientes aquáticos.

A reprodução dos fungos é concebida pela produção de uma grande quantidade de pequenos esporos, que pode ter apenas um núcleo ou ser multinucleado. Os esporos de alguns tipos de mofo são pequenos e hidrofóbicos, se dispersão ao vento e ficam no ar por muito tempo. Em algumas outras espécies a parede celular é pigmentada com uma cor mais escura, o que o protege contra raios UV. As células dos esporos de mofos podem ser unicelulares esféricas ou ovoides e multicelulares de diferentes formas.

Os gêneros mais comuns de fungos são:

  • Acremonium
  • Alternaria
  • Aspergillus
  • Cladosporium
  • Fusarium
  • Mucor
  • Penicilium
  • Rhizopus
  • Stachybotrys
  • Trichoderma
  • Trichophyton

Como Identificar o Mofo

O mofo pode ser encontrado em praticamente todas as partes da casa. É um fungo que cresce de pequenos esporos que se encontram no ar. Crescem em qualquer ambiente onde esses esporos pousam e há umidade e temperatura de seu agrado, entre 4º C e 38 º C. Isso representa praticamente todas as áreas úmidas da casa.

O mofo é facilmente identificável, pois geralmente eles começam com pequenas e visíveis manchas pretas para posteriormente aumentarem as colônias e as manchas. A sujeira preta que fica nos rejuntes do banheiro, nas paredes úmidas, em superfícies de tábuas de deck e cercas pintadas provavelmente são mofos, eles se encontram principalmente em áreas úmidas e com sombra.

Porém pode ser que uma mancha preta seja outro tipo de sujeira e não mofo. Para distinguir um do outro despeje um pouco de água sanitária na local desejado, se clarear depois de alguns minutos, é mofo. Caso a área continue escura, então o que se tem é um outro tipo de sujeira.

Mofo

Mofo

Quando o mofo se encontra em grandes concentrações é possível sentir seu cheiro. Se isso acontecer e você passar a perceber um odos típico de mofo, pesquise de onde este cheiro está vindo, se tem mofo nos tapetes úmidos, nas paredes úmidas, nos trilhos úmidos, na madeira molhada sob o piso, na cobertura do telhado e em qualquer outra área úmida de sua casa. Limpe imediatamente para prevenir que essas infestações piorem.

Como Remover o Mofo da Madeira?

A madeira é um material perfeito para o desenvolvimento de mofo, já que naturalmente ela absorve e mantém água em seus poros. Uma coisa importante que é preciso ter em mente é acabar com este mofo o quanto antes, pois o mais rapidamente se fizer essa limpeza, menor será a sua propagação e o dano à saúde das pessoas que moram na sua casa. O problema pode ser resolvido sem ajuda de um profissional, desde que os esporos não tenham se espalhado por uma área muito grande na superfície da madeira.

Materiais Necessários Para o Procedimento

  • Máscara de ar
  • Luvas de borracha
  • Óculos de segurança
  • Aspirador de pó
  • Escova de cerdas macias
  • Detergente para lavar louça
  • Vinagre branco em um frasco de spray
  • Água sanitária
  • Esponja
  • Lixa

Passo a Passo Para Acabar Com o Mofo

1 – Utilize equipamentos de proteção:

Primeiramente é necessário ter todos os cuidados para sua proteção e segurança. Utilize as luvas de borracha, os óculos de segurança e o mais importante e que é praticamente uma obrigação a máscara de ar, ela será fundamental para impedir que esporos de mofos entrem por sua via respiratória chegando aos pulmões e lhe traga problemas de saúde. Lembre-se de utilizar esses equipamentos de proteção durante todo o procedimento. Se for necessário o uso de água sanitária tome cuidado para não manchar suas roupas, utilizando algum tipo de proteção.

2 – Aspire o local que será realizado a limpeza:

Com o auxílio de um aspirador de pó aspire toda a superfície atingida pelo mofo, para eliminar esporos de mofos soltos e algum outro tipo de sujeira ou detritos que possam se encontrar no mesmo local. Depois que terminar esse procedimento despeje o que acumulou no saco a vácuo em um saco plástico e o descarte fora de casa.

3 – Utilize os produtos químicos:

Quando a madeira está pintada ou manchada, pode ser que o mofo ainda não tenha atingido partes mais profundas e a limpeza é mais simples, podendo ser realizada com uma mistura de detergente e água morna. Com a escova de cerdas macias, a mergulhe na solução de água e sabão e escove delicadamente a área mofada.

Caso essa solução não seja suficiente para a remoção da sujeira e o resultado final fique ruim, pode-se escolher um outro produto mais eficiente para matar fungos como o vinagre branco. Borrife o vinagre branco, que se encontra no frasco de spray sobre o mofo e deixe agir por uma hora, logo após esse tempo passe uma toalha limpa e úmida na superfície da madeira mofada. Se não tiver mais nenhuma parte mofada, simplesmente limpe a madeira com um pano.

Remover Mofo

Remover Mofo

Em madeiras cruas provavelmente o mofo já penetrou mais profundamente e a limpeza terá que ser mais pesada e eficiente para matar os esporos abaixo da superfície. Prepare uma solução com dois mililitros de detergente, vinte mililitros de água sanitária e quarenta mililitros de água morna. A solução deve ser utilizada na parte mofada com uma esponja ou uma escova de cerdas duras e deixe a madeira secar ao ar.

4 – Lixe para remover o mofo residual:

Se ao final da etapa três ainda conter resquícios de mofo, está na hora de utilizar a lixa. Lixar a madeira neste caso será a única solução para a completa remoção do mofo, até em partes mais profundas. Lixe a superfície mofada lentamente até o momento em que não for mais possível visualizar o mofo. Para finalizar é importante jogar fora todos os panos que entraram em contato com o mofo e tente minimizar a umidade no lugar em que esta madeira está localizada.

Dicas Para Prevenir de Mofo

Após saber o que é o mofo, como ele aparece e como removê-lo agora é preciso aprender como prevenir sua casa deste mal e evitá-lo no futuro. Como pode perceber durante todo o texto o mais importante para a prevenção de fungos é o controle de umidade, que é o seu habitat natural, onde ele cresce e se reproduz. Os lugares em que o mofo se manifesta de maneira mais proeminente são os sótãos, em paredes que há vazamento de água e em porões com pouca drenagem da fundação. Consertar vazamentos, colocar um bom sistema de ventilação nos sótãos, deixar sempre os ambientes de rastreamento secos e direcionar a água o mais distante da fundação possível são uma das melhores defesas para a prevenção contra o mofo.

Um outro método é recorrer a produtos de materiais de construção contra mofos como algumas tintas que são especificamente para este fim. Você pode passá-las nas paredes, nos rejuntes, em madeiras, etc. Assim terá uma prevenção contra o mofo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Imóveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *