Modelos De Ar Condicionado Para Cada Ambiente

A variedade de aparelhos de ar condicionado é tanta que há os aparelhos suficientes para refrescar um quarto pequeno e outros que têm a capacidade de climatizar um ambiente fechado de cem metros quadrados por exemplo. Com cerca de mil e quinhentos reais já é possível ter um aparelho de ar-condicionado, com a instalação do equipamento feita. A variação do preço vai acontecer em função da potência do aparelho e, também, se ele oferece a opção de esquentar e esfriar no mesmo equipamento.

Modelos De Ar Condicionado Para Cada Ambiente

Modelos De Ar Condicionado Para Cada Ambiente

O tipo mais comum de ar condicionado é o que se instala perto de janelas, também conhecido por janeleiro, ar condicionado de parede ou ACJ, sendo que a instalação é feita por meio de uma abertura na parede ou é instalado pela própria janela. Em um mesmo aparelho há a condensadora, responsável por esfriar o ar, e há a evaporadora, a qual tem a função de liberar esse ar para o ambiente. Esse tipo de aparelho é o modelo mais econômico que há, porém faz mais ruídos e é pouco eficaz em espaços amplos.

ar condicionado

ar condicionado

A evolução desse modelo mais simples de ar condicionado de parede é o chamado modelo split, o qual tem esse nome de origem inglesa e que significa separado. O tal nome se deve ao fato desse ar condicionado mais moderno ser composto por dois aparelhos os quais não interagem necessariamente entre si, é a condensadora e a evaporadora. A condensadora é a parte que faz ruídos e a modernidade está em instalá-la pelo lado de fora do ambiente. Já a evaporadora é a parte responsável por despejar o ar refrigerado no ambiente. Outra evolução desse tipo de ar condicionado está no fato dele ser mais econômico quanto ao gasto de energia, mais especificamente apresentando uma economia em torno de quarenta por cento em comparação ao modelo anteriormente citado.

Para os ambientes amplos e com pouco espaço para a instalação do aparelho, há os modelos chamados de multisplit, os quais interligam duas ou três evaporadoras à mesma parte condensadora do ar condicionado. Essa é uma versão, obviamente, de maior custo que o modelo split comum. Quando comparado com o primeiro modelo citado nesse post, ele se mostra mais econômico quanto ao gasto de energia. Entretanto,  quando se aciona as três evaporadoras ao mesmo tempo, o consumo de energia elétrica se iguala ao gasto de três condicionadores. Ou seja, esse modelo é indicado somente para quem tiver pouco espaço para a instalação do ar condicionado.

Com o sucesso do modelo split, as empresas do ramos desenvolveram mais de uma variedade de modelo a partir do split pensando nas diferenciadas necessidades que o consumidor possa ter. O modelo split high wall é instalado perto do forro, havendo uma distância que varia somente entre quinze e trinta centímetros do forro com o aparelho. A diferença do split comum para essa outra versão está no alcance. O forro possui um metro a mais de serpentina e, desse modo, tem a capacidade de levar o ar frio para um metro mais do que o modelo split high wall. Por essa razão que o split comum é mais recomendado para os ambientes compridos.

Existe, também, outro modelo chamado de cassete, o qual é instalado no centro do teto do ambiente escolhido, sendo que essa versão possui quatro saídas de vento. Uma outra característica desse modelo cassete é que ele vem com uma bomba anti-dreno, a qual não permite que ocorra o pinga-pinga do ar condicionado que estiver com o filtro sem limpar. Mesmo com essas vantagens citadas, o modelo do tipo cassete somente pode ser instalado nos ambientes em que houver mais de trinta centímetros  de gesso rebaixado.

Outra inovação desenvolvida por profissionais desse setor de produtos são os modelos portáteis, os quais podem ser carregados de um ambiente para o outro e não exigem qualquer instalação, visto que a substituição do ar acontece por meio de um tubo que fica conectado do aparelho para a janela. Mesmo com toda essa praticidade apresentada, o modelo portátil faz mais ruídos e precisa de um espaço significativo próximos das janelas, ou seja, deve se encarar esse modelo como se fosse mais uma mobília da decoração do espaço. O consumo de energia e a potência de aquecimento e de refrigeração do ar são muito similares aos outros modelos citados.

Para definir qual o modelo ideal para o ambiente em que você deseja que seja instalado o ar condicionado, leve em consideração a quantidade e o tamanhos das janelas e portas que existem nesse espaço. A incidência de luz solar e o numero de pessoas que estarão circulando por esse espaço ao mesmo tempo, assim como a quantidade de outros aparelhos eletrônicos ligados são fatores importantíssimos para se escolher o melhor modelo para aquele ambiente. Anote todos esse fatores e busque por lojas especializadas em vender esse aparelhos para não correr o risco de instalar um ar condicionado que não refrigere devidamente o ambiente ou que gaste energia de mais para atingir a refrigeração desejada.

A instalação feita por um profissional capacitado para isso também é fundamental para não se ter problemas com o ar condicionado posteriormente à instalação do aparelho. Esse profissional irá avaliar um local em que o vento do aparelho não recaia diretamente sobre uma pessoa. Ou seja, antes que aconteça de fato a instalação do ar condicionado escolhido, o profissional que fará a instalação deve conhecer como é a estrutura do ambiente. Se o ar condicionado for instalado em um dormitório, por exemplo, normalmente essa instalação é feita sobre a cabeceira da cama. Já nas salas, o ar condicionado costuma ser instalado perto do sofá, porém jamais próximos dos outros aparelhos eletrônicos e quadros nas paredes, pois quando o filtro estiver sujo o equipamento começará a pingar e poderá estragar o que estiver por perto.

Por fim, mantenha contato com a empresa que instalou o ar condicionado para, posteriormente, fazer a limpeza e quaisquer outras exigências de manutenção que o aparelho necessite.

http://www.youtube.com/watch?v=e3LtMI8Xkcg
Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *