Comprar Marmita Ou Preparar Alimentos Em Casa?

As marmitas estão virando mania, principalmente entre as celebridades, que buscam manter a dieta mesmo quando estão presas fora de casa por conta do trabalho. Porém, quando o assunto é “comer fora” existe uma outra opção entre preparar os alimentos em casa e levar a marmita ou almoçar em um restaurante: comprar a marmita.

É normal, principalmente em épocas que a carga de trabalho aumenta, que o tempo em casa seja mais reduzido e nem todo mundo pode contar com a ajuda de alguém para preparar as refeições. A bate aquela dúvida é mais vantajoso comprar marmita ou preparar alimentos em casa? Fatores como tempo e principalmente gastos podem pesar nessa escolha.

Comprar Marmita Ou Preparar Alimentos Em Casa?

Comprar Marmita Ou Preparar Alimentos Em Casa?

A Marmita Também Para As Refeições Feitas Em Casa

Quando falamos em marmita tudo nos leva a crer que estamos falando da refeição que se leva para o trabalho para não ter que comer em restaurante. Porém, a marmita está ganhando outro “sentido”, algumas famílias colocaram na ponta do lápis e resolveram que vale a pena não preparar mais alimentos em casa.

Recentemente, em uma matéria sobre o assunto, um jornal de grande circulação mostrou a história de uma dona de casa que trocou o supermercado pela marmita. Ela gasta R$300,00 por mês por  4 refeições diárias para duas pessoas. Na entrevista, ela conta que o gasto indo ao supermercado seria muito maior e ainda por cima, teria o “trabalho” de cozinhar. Sem falar que o cardápio da marmita é bem mais variado do que aquele que ela preparava em casa. Mas, o que ela gosta mesmo de ter feito essa opção é ter deixado de lado as panelas e o tempo na beira do fogão.

É claro, que a decisão de trocar a comida feita em casa pela compra das marmitas para a família, normalmente, é de quem não gosta de cozinhar. Para muitas pessoas, a preparação dos alimentos é um momento de prazer e não de obrigação.

Sobre a economia de comprar a marmita ao invés de preparar os alimentos em casa, é necessário que se faça uma boa conta. Até porque tudo dependerá de quanto se paga pela marmita, um valor que pode variar e muito de um lugar para outro. Sem falar, que nem sempre é simples encontrar alguém que forneça uma marmita de voa qualidade.

A Marmita Também Para As Refeições Feitas Em Casa

A Marmita Também Para As Refeições Feitas Em Casa

Como Calcular o Que é Mais Vantajoso Economicamente Falando: Marmita Ou Comida Em Casa

Os economistas ensinam a fazer esse cálculo para saber se no seu caso a marmita é mais vantajosa ou menos do que preparar alimentos em casa. Os gastos com a comida devem somar a despesa no supermercado incluindo os produtos de limpeza que são usados para limpar a cozinha e não esquecendo do preço do gás. Além disso, se você usa o carro para ir fazer compras, esse valor também deve ser adicionado nesse cálculo. E não esqueça dos supérfluos na lista do supermercado. Se eles vão continuar sendo comprados, como biscoito ou sucos, eles não devem entrar na lista da refeição.

Esse cálculo é 100% individual, porque vários fatores fazem a diferença de uma família para outra, como a quantidade de pessoas, o tipo de comida que cada um prefere, os preços do supermercado, o preço da marmita, etc.

Quando Se Preparara a Marmita: Veja Dicas

Se algumas pessoas têm dúvidas entre abandonar o supermercado e a cozinha de uma vez por todas e comprar marmitas, outras pensam em comprá-la ou levar de casa para o trabalho. Neste caso, se você tem um tempinho e pode cozinhar veja qual a melhor forma de manter uma dieta saudável almoçando fora todos os dias.

4 Dicas Para Preparar a Marmita

Coloque Alimentos Variados

Não tem nada mais chato e que estimule menos o apetite que comer todos os dias a mesma coisa. Até porque em uma dieta equilibrada é necessário colocar vários grupos alimentares, isto é, fibras, carboidratos, proteínas, etc. Lembre-se que as quantidades de cada grupo deve ser equivalente ao outro. Um exemplo, se você colocou no prato arroz que é carboidrato não coloque batata complete com uma fonte de proteína, como frango ou carne. O que está sempre liberado é uma grande quantidade de legumes, porém, procure variá-los para usufruir das vitaminas de cada um deles.

Mantenha Bem Conservado Os Alimentos

A comida que não é fresca tem um gosto diferente. Por isso, se você não pode preparar as refeições todos os dias, prepare nos fins de semana, mas congele tudo seguindo as regras básicas. Assim, como compre os produtos frescos só nos fins de semana quando terá tempo para cozinhá-los imediatamente. Chegando no trabalho, coloque logo a marmita na geladeira. Tenha atenção nos dias mais quentes, pode ser que você tenha que abrir mão de alguns pratos que estragam mais facilmente com muito calor.

Como Não Perder Os Nutrientes Dos Alimentos Na Hora De Esquentar a Marmita

A melhor maneira de não perder as vitaminas da sua refeição é esquentando-a em banho-maria e também no forno convencional. Fique atenta para uma marmita com alimentos que se aquecem em tempos diferentes, neste caso, é melhor esquentar por partes.

Quais Os Melhores Tipos De Marmita

O plástico como material para marmita apesar de prático não é uma boa ideia. Ele pode liberar uma tipo de substância tóxica durante o aquecimento chamada bisfenol A. Neste caso, até dá para levar a refeição na marmita plástica porque é mais leve e não tem o problema de quebrar, como o vidro, mas deixe no trabalho um prato e o use na hora de esquentar.

No caso da marmita em alumínio o problema são os condimentos. Um molho de tomate, por exemplo, pode acabar sofrendo alteração no sabor quando está sendo esquentado em contato com alumínio.

O ideal mesmo é a marmita de vidro, de preferência que possa ser usado no micro-ondas ou no forno convencional.

Dicas Para Quem Quer “Adotar” As Marmitas

  • Não coloque na marmita “resto” de comida da janta. Ela só é funcional se você estiver colocando alimentos para manter a sua dieta equilibrada.
  • Procure evitar alimentos que uma vez que são esquentados perdem o sabor ou a boa consistência, como um bife, por exemplo, que ficará duro.
  • Você vai perder tempo sim preparando a marmita, mas terá certeza de estar comendo uma comida saudável.
  • Não tenha dúvidas que entre um restaurante e a marmita feita em casa, o segundo caso representa uma boa economia.
Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *