Pinturas Externas de Casas

Uma casa bonita é como se fosse um cartão de visita da família, e essa beleza não está na grandiosidade e sim na aparência em si, se está bem pintada, com a cor viva, bem limpa e outras coisas mais.

Na hora de mudar a cor das paredes ou até mesmo escolher as tintas para a casa nova, sempre surgem centenas de dúvidas. Por isso mesmo vamos te ajudar dando dicas de como decidir sobre cores, tipos de tintas, para quem vai fazer a reforma sozinho e muito mais.

Imagem de Amostra do You Tube

Pintando a Área Externa da Casa

Cuidando das Áreas que Irão Receber a Pintura

A parede que irá receber a nova pintura precisa estar completamente firme, limpa, coesa, seca e sem nenhum resto de gordura, mofo ou graxa. Nunca aplique a tinta sobre peças de madeiras infectadas ou deterioradas por cupins ou fungos.

Escolhendo a Cor

Na hora da escolha da melhor cor para pintar sua casa externamente é um dilema, principalmente em razão das inúmeras cores que o mercado dispõe. Mas, como optar pela melhor cor? Então, para começo de conversa, a melhor coisa a se fazer é pensar de forma lógica sobre esta tarefa e daí você poderá entender que a situação é bem mais simples que parece. Você pode optar pela cor que gosta ou seguir as dicas que oferecemos logo abaixo:

Escolha da Cor

Escolha da Cor

Dicas Legais

1 – Para começar, observe a sua casa e os arredores dela. Veja quais as cores das demais casas. É mais interessante que você escolha uma cor que tenha harmonia com o restante da vizinhança e que não cause um impacto no paisagismo. Caso tenha muitos elementos de madeira em seu quintal, opte por uma cor que seja mais terrosa, por exemplo.

2 – Veja os elementos fixos e as partes da casa e ainda a estrutura toda da construção. Ela é de pedra ou de cimento? Como é construído o telhado? A cor da pintura de fora da casa deve combinar com o restante da mesma.

3 – Procure levar em consideração o jeito da casa, ou seja, se ela foi construída seguindo um estilo mais colonial, modernista ou neoclássico. Também é bom seguir a pista do estilo arquitetônico dela ao escolher com que cor será pintada. Faça uma opção que combine com o todo dela e sua história.

Imagem de Amostra do You Tube

4 – Escolha que efeito pretende conseguir com a pintura. Você pretende que sua casa pareça maior? Se for isso, opte por tom que seja mais claro. E, em contrapartida, para diminuir o tamanho, escolha uma cor que seja mais escura.

5 – Pense ainda em usar não apenas uma cor para pintar as paredes de fora de sua casa, como em uma residência de dois andares. Opte por uma cor mais escura na parte de baixo, uma tonalidade média no andar de cima e uma mais clara no topo. Se escolher a cor mais forte no topo, a casa ficará com um ar pesado demais.

Tendências – Melhores Escolhas

Combinações de cores muito fortes num mesmo ambiente não são boas opções. Cores fortes demais tendem a enjoar, com isso, o melhor é optar por cores mais amenas, que entediam menos e se tornam mais elegantes. Uma ideia legal é usar os tons leite com café, sendo aqueles que passeiam do bege ao marrom mais claro, que proporcionam conforto, ou ainda optar pelos cinzas que são mais sofisticados.

Os tons leite com café são mais simples, ficando muito bem em quase todos os lugares, enquanto que os cinzas são bem mais ousados e harmonizam melhor com peças de obra de arte e design.

Tendências em Cores

Tendências em Cores

A moda que evidencia as paredes cheias de cor, uma de cada tom ou uma com uma tonalidade bem vibrante, já ficou para trás. Por isso, use sempre o bom senso para não deixar sua casa com aspecto de alegoria, não é confortável a quem vê e nem fica bonito. Se quiser usar uma cor mais forte na parede, pense bem em qual será essa cor, no ambiente e no clima, na energia da casa, naquilo que você realmente gosta e ainda nos objetos que compõem a decoração, tudo isso para que não arrependa depois, assim que enjoar de tudo.

Caso ainda não tenha a certeza de qual cor usar, é melhor usar cortinas, tapetes, e outros tipos de decoração que podem ser facilmente substituídos se enjoar. Além disso, as cores mais básicas são bem mais simples de combinar com o restante da decoração.

Imagem de Amostra do You Tube

Tipos de Tintas Mais Usadas

PVA ou Látex – É um produto feito à base de água, quase sempre usado em pintura de ambientes internos, especialmente em áreas secas, tetos, que não precisam de constante manutenção. Somente pode ser adquirida em acabamento fosco, já que sua resina não permite a alteração de brilho. Oferece quase nenhuma resistência à ação solar e possui baixa lavabilidade, com isso, não resiste bem à constante limpeza.

Cal: É uma das tintas mais acessíveis financeiramente e de uma aplicação mais fácil, entretanto, não é lavável. É mais utilizada em paredes externas e muros.

Acrílica: Assim como a PVA ela também é à base de água, sendo recomendada para pinturas externas e internas. Elas podem ser adquiridas com três tipos de acabamento:

Fosco: Não é tão resistente à limpeza, entretanto, aparece menos os defeitos da parede.

Imagem de Amostra do You Tube

Semibrilho: O brilho não é tanto, sendo mais resistente à limpeza do que a fosca. Em razão do brilho que tem, mostra mais os defeitos da parede.

Laváveis: Possui acabamento acetinado e tem uma maior resistência à limpeza, portanto, é perfeita para lugares com grande trânsito de pessoas ou ambientes onde circulem crianças. Outra vantagem é que elas podem ser usadas em ambientes externos e internos.

Acetinada: Proporciona à parede um toque mais refinado, sofisticado, contando com um suave brilho, que suporta bem a limpeza. Da mesma forma que a de semibrilho, ela ressalta mais as imperfeições da parede.

Emborrachadas: São recomendadas para a pintura de paredes de fora, têm uma espécie de película flexível que vem junto com a retração e a dilatação da argamassa de acordo com a alteração de temperatura, abrigando a superfície contra a umidade e a ação de agentes externos, como sol e chuva. É a mais recomendada para muros e fachadas.

Posts Relacionados

Depois de saber um pouco mais a respeito da pintura de paredes externas, aproveite para conferir também dicas para pintar o chão e dar um toque de cor ao piso da sua casa. Saiba como pintar a casa sem contratar um profissional e renove seu lar com economia.


Categoria(s) do artigo:
Decoração

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • oi gostaria de saber o nome e a cor da tinta usada na casa de n 03

    Roseli Marques Trauthmann 15 de setembro de 2014 10:02
  • to dando um curso de pinturas da construção civil ,preciso de uma ajudinha basica.

    arlei jose dos santos 19 de setembro de 2014 23:18
  • Oi gostaria de saber a cor da tinta da casa n°3?

    Ana 20 de setembro de 2014 11:33

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *