Decoração Nipônica Para a Casa

A influência japonesa ou nipônica, como é conhecido o povo oriundo do Japão, pequeno país da Ásia está sendo cada vez mais sentida em todo o mundo nas mais diversas áreas: tecnologia, cultura, esportes, decoração e etc.  A cultura nipônica causa bastante fascínio nas pessoas de todo o mundo.

O povo oriental vem trazendo grandes ensinamentos ao mundo na área da decoração. Tanto que a decoração nipônica vem sendo bastante implementada nas residências ocidentais.

Na área da decoração, a cultura japonesa projeta ambientes que buscam valorizar o espaço e exalam equilíbrio, harmonia e serenidade, que conseguem trazer paz as pessoas que habitam naquele lugar.

A decoração nipônica procura valorizar o básico, o essencial, fazendo uso da sobriedade e da boa organização e arrumação.

As decorações nipônicas estão funcionando como uma forma de transformas os lares em um local de relaxamento, que transmite harmonia e paz, transformado o lar em um ambiente zen que transborda bem estar.

As Características da Decoração Nipônica

Na decoração japonesa o ambiente pode ser simples e possui traços e linhas minimalistas, sendo bastante organizado.

Inclusive, a organização é uma das características do povo nipônico.

A decoração japonesa procura inspirar paz e tranquilidade, e isso combinado com o estilo moderno do ocidente, de vida urbana extremamente agitada. Essa combinação acaba trazendo sucesso para quem adota este estilo de decoração para a sua residência, pois a decoração nipônica inspira tranquilidade e paz as pessoas, o que acaba gerando uma sensação de relaxamento, transformando o lar em um local de muita paz.

A Organização é a principal característica da decoração japonesa. Portanto, para a pessoa que pretende instalar uma decoração no estilo nipônico é começar a fazer a retirada de toda desordem e a desorganização que existir na sua casa.

Além da organização, a decoração nipônica é muito simples, procurando realçar a pureza dos objetos e da decoração. Por isso, este estilo decorativo não faz uso de muitos objetos de decoração, na realidade muitas vezes esse tipo de decoração não apresenta objetos de decoração, sendo priorizado o uso de moveis que são importantes para se ter uma vida bastante simples, como prega a cultura nipônica.

Implantando a Decoração Nipônica

Para implantar a decoração nipônica em sua casa é importante que você escolha o cômodo. A sala é uma ótima opção para ser feito esse tipo de decoração, e para reproduzir as características nipônicas no local é importante que seja gerado um espaço grande e amplo, que consiga transmitir paz e serenidade.

Se possível, coloque no lugar janelas de grandes dimensões e que permitam a possibilidade da entrada de luz natural, preferencialmente em grande quantidade, para que o ambiente seja claro e limpo.

Outra questão a ser observada é o mobiliário existente no cômodo. Um local com muitos moveis não está de acordo com a decoração nipônica, de uma maneira geral, este tipo de decoração procura usar o mobiliário extremamente necessário. Por isso, é recomendado o uso de moveis que possuam múltiplas funções, para melhor aproveitamento do espaço e das próprias utilidades e funções do mobiliário.

Um exemplo disso é o futon, que é uma espécie de colchão utilizada na cama e faz parte da cultura japonesa, que é utilizado tanto para que as pessoas sentem como para dormir.

A Aplicação de Cores e Texturas nas Paredes e Móveis

A decoração nipônica faz uso de uma paleta de cores baseada nos tons de terra suave, como por exemplo as cores: verde, cinza, bege, castanho.

Também é usada na decoração nipônica a cor dourada, pois essa cor é utilizada para fazer o realce de alguns elementos que são usados na decoração.

O preto também é utilizado para acentuar as formas geométricas do cômodo escolhido para implantar a decoração nipônica.

Com relação a pintura das paredes, elas geralmente são feitas com cores que apresentam tom creme e bege clarinho.

Com relação as texturas, podem ser feitas com diversos tipos de material. Um dos mais usados pela decoração nipônica é o bambu, que pode ser utilizado em piso, moveis, molduras, arrumação, persianas, tapetes e etc.

No entanto existem outros materiais de origem natural que podem ser aplicados como por exemplo o sisal, o algodão, o linho, o papel de arroz e outros.

O Uso de Acessórios Decorativos na Decoração Nipônica

Os acessórios de decoração não são muito usados na decoração nipônica, no entanto, podem ser utilizadas estatuas, quedas de água e outros objetos, como forma de fazer a introdução dos tons de cinza na decoração do ambiente.

Esses objetos funcionariam como uma espécie de contraste com a cor dos moveis, que normalmente são usados nas cores castanha e preta.

Podem ser feitas a utilização de plantas (a arte bonsai pode ser usada na decoração de estilo nipônico), de cerâmicas, de itens de iluminação, de tecidos, de leques e outros itens que recordam a cultura nipônica.

Podem ser incluídos na decoração nipônica, itens como tatames – que é um piso bastante tradicional no Japão, almofadas e etc. geralmente nos ambientes que implantamos decorações de estilo nipônico, a circulação das pessoas é feita de pé descalço, como é exercido na cultura japonesa.

O uso de almofadas no chão é bastante comum na cultura japonesa, por isso é interessante o uso de móveis o mais próximo e rente ao chão. esse tipo de móvel, funciona como uma espécie de uma mesa grande, que fica rodeada por almofadas.

Outro acessório bastante utilizado na decoração nipônica é o vaso de porcelana, bastante característico da cultura nipônica e oriental.

Outros objetos que tradicionalmente compõem a cultura nipônica podem ser incluídos na decoração (exemplos: quimonos, serviços de chá, objetos antigos), desde que usados com bom gosto, pois serão uma ótima alternativa para a composição de uma decoração de estilo japonês.

As Portas de Estilo Nipônico

As portas japonesas são bastante tradicionais e podem servir como uma maneira de complementar a decoração do ambiente, como forma de separar os cômodos. Existem quatro tipos de porta bastante conhecidos e tradicionais: o shoji, a fusuma, as portas deslizantes de madeira e papel, que são utilizadas para realizar a divisão dos ambientes.

Outra possibilidade é o uso de divisórias, e na cultura japonesa existe o Noren, que é uma tradicional divisória nipônica feita de tecido, que é utilizada para portas, janelas, passagens e até mesmo como elemento de decoração de paredes.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Decoração

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *