Como Usar Cor na Decoração na Medida Certa

A paleta de cores é fundamental para se fazer uma decoração na medida certa. Pode tudo estar perfeito, mas quando se erra na escolha das tonalidades e na harmonia entre elas, a decoração não ficará boa.

Um dos grandes problemas em relação as cores é quando os espaços são pequenos. Em grandes ambientes, tudo é mais fácil, mas nos menores, uma cor errada e ele ficará parecendo menor ainda. As cores são tão importantes que podem dar a sensação de que um espaço é maior ou menor do que é na realidade.

Dicas Para Usar Cores na Medida Certa Quando For Decorar

1- A base para a decoração no item cores deve ser sempre de uma tonalidade clara. Com essa base dá para brincar com tonalidades mais fortes, dependendo do resultado final que você está buscando.

2- Em busca de um ambiente que pareça mais amplo, aposte em paredes e pisos do mesmo tom. Vale até não colocar rodapé para dar a sensação de continuidade e isso faz o espaço parecer maior.

3- Repetir uma cor em vários ambientes é uma opção para parecer ter um ambiente em várias partes da casa.

4- Outro recurso que dá uma boa continuidade é usar o tom sobre tom.

5- As cores mais fortes para quem não está acostumado a usar coisas muito coloridas são melhores nos acessórios da decoração, como almofadas ou roupa de cama, por exemplo.

6- Só dá para brincar com cortes fortes na cozinha quando o espaço é grande. Nos menores, aposte em tons neutros e de preferência, claros, para não escurer o ambiente.

7- As cortinas transparentes e finas são as ideiais para ambientes escuros, com pouca iluminação. Neste caso, tudo o que for possível “pegar” de luz natural deverá ser aproveitado.

8- Use objetos grandes e coloridos , também flores servem para levar o cores para a decoração, sem correr o risco de exagero. Os objetos decorativos são uma excelente opção para se usar cores na medida certa.

Trocando as Cores Para Dar Nova Vida ao Ambiente

Usando as cores na medida certa dá para criar um ambiente novo e bem mais bacana, do elegante ao despojado, passando pelo moderno. Veja algumas dicas!

1- Usando cores vibrantes na medida certa no banheiro

Normalmente, o problema do banheiro em relação ao uso de cores vibrantes é o tamanho, costumam ser pequenos. Por isso, a primeira dica é esquecer o exagero.

Para dar mais vida ao cômodo, o ideal é escolher a menor das paredes para ganhar esse toque de colorido, que pode ser com tinta ou com revestimentos especiais, como as pastilhas.

Os tons mais indicados para o banheiro, obviamente, não considerando o gosto de cada um, são: verde e azul. Porém, para equilibrar com essas ou outras cores, vale usar tons neutros nos acabamentos.

Uma outra dica é levar a decoração colorida para o banheiro através de acessórios, como lixeira ou saboneteira de cores vibrantes.

2- Usando cores vibrantes na cozinha

A cozinha combina com o colorido, mas também pode cair no problema, espaço reduzido e neste caso, o conselho é o mesmo, atenção para não deixá-lo ainda menor com excesso de tonalidades fortes.

Uma dica que sempre dá certo é apostar em revestimentos para a parte da pia bem diferentes, com cores como amarelo, vermelho ou laranja, que despertam a vontade de comer. Nessa área, também dá para brincar com revestimentos coloridos, mas que deverá ser equilibrado com o restante do revestimento usado no ambiente.

Outra ideia, que também deve ser usada individualmente, é ter um balcão com uma cor marcante, como por exemplo, azul royal.

Já para quem não quer exagerar de jeito nenhum, a medida certa seria ter cores vibrantes nos objetos e utensílios.

3- Usando cores vibrantes na sala

Nesse espaço que é um dos mais movimentados da casa é bom caprichar ainda mais na decoração. Aliás, é na sala que quem chega na sua casa tem a primeira sensação. Por isso, sempre vale a pena investir em cores vibrantes, neste ambientes, porém, na medida certa.

Quando a sala é grande dá até mesmo para colorir duas paredes, porém, é muito importante pensar no equilíbrio da paleta de cores usada na decoração como um todo.

Azul, amarelo, roxo, verde são cores que combinam com esse ambiente e que ficam ótimas associadas a tons neutros, como cinza, branco e marfim.

Lembre-se que na decoração o equilíbrio deve ser pensando de forma geral, das paredes, passando pelos móveis e ao menor objeto de decoração. Eles precisam estar em harmonia, equilíbrio.

Para quem não gosta de exagerar é bom usar um ou outro objeto marcante, como por exemplo, uma cortina de azul brilhantes ou um tapete amarelo ou uma mesa de centro vermelho. Algo que se destaque no meio dos demais objetos.

4- Usando cores no quarto

É necessário ter muito cuidado para não errar e exagerar no colorido do quarto. Acima de tudo se trata de um cômodo para relaxar e descansar e as cores usadas neste contexto devem proporcionar essas sensações.

Cores fortes no quarto devem ser evitadas e atualmente, a parede que fica sobre a cama pode ser decorada com outras opções e materiais e não necessariamente com uma tinta vibrante.

A cor na medida certa no quarto é buscando esse equilíbrio, a paz e que fique algo confortável, com uma atmosfera relaxante. As cores vibrantes só podem ser usadas em detalhes, como a moldura de um espelho ou um pequeno objeto de decoração.

5- Usando cores na medida certa nas áreas externas

Em casas com terraço, varanda ou sacada também dá para ter um espaço bem legal e colorido na medida certa. Aliás, nestas áreas, as cores vibrantes são bem-vindas, uma vez que elas terão a luz natural para amenizá-las.

A decoração pode ser feita com pinturas na parede ou com objetos, como vasos, floreiras, bancos e mesas coloridas.

O importante é que você sempre busque equilíbrio quando for montar um projeto de cores para a decoração da casa. A harmonia deve existir não só dentro de um cômodo, como entre um cômodo e outro.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Decoração

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *