Como Combinar Quadros na Decoração

A regra principal segundo os arquitetos e decoradores e isso vale para qualquer tipo de quadro, o correto é sempre buscar o equilíbrio da obra com o estilo, tamanho e com as cores. E quando se fala da moldura desses objetos de decoração, quem está decorando pode ficar mais livre para fazer a escolha na hora de combinar. Sem deixar de levar em consideração que uma moldura deve sempre ter um compromisso estético com a obra que ela está emoldurando. Ela deverá sempre assumir o papel de coadjuvante e nunca se destacar mais do que obra.

Se você quer uma regrinha geral dos profissionais que entendem de tudo no que diz respeito a cada coisa no seu lugar, anote:

  • No que diz respeito a moldura use as de cores quentes com obras em que as cores quentes predominem. E se estivermos falando de cores frias, use o mesmo raciocínio.
  • A moldura tem que seguir o mesmo estilo do que está na pintura do quadro, isto é, se falamos de obras clássicas, aquelas mais trabalhadas são as mais adequadas. E se optar por quadros modernos escolha molduras simples e mais retas.
  • Outra dica no que diz respeito a quadros e molduras, o ideal é escolher para as obras vidros anti reflexo quando se tratarem de imagens e ou figuras. Você não quer transformar o seu quadro em um espelho e precisa proteger a sua obra.
  • Ainda falando de molduras, quadros com sobreposição ou trigo, flores, tapeçaria, recortes, relevos, etc, dispensam a moldura em muitos casos.

Combinar o Quadro Significa Saber Escolher o Melhor Lugar Para Colocá-lo

Uma vez que você já escolheu o quadro e a moldura ou ele estava escolhido é hora de pensar onde pendurá-lo. Como combinar o quadro com a decoração da sua casa.

  • A primeira dica é que o ideal seria fazer o inverso, isto é, primeiro veja onde você gostaria de colocar o quadro e depois sim, escolha a  obra. Porém, isso nem sempre é possível. Você passou, olhou e se apaixonou pelo quadro e agora vai para casa pensar onde colocá-lo. 
  • Siga o bom senso, estilo deve ser igual ao mesmo estilo. Se você tem uma sala de jantar clássica e a sua obra faz esse pedido, como um quadro de natureza morta, por exemplo, coloque-o na parede. Se for na sala de estar que tem uma pegada mais moderna, coloque a obra abstrata sobre o sofá. As fotos com molduras também fazem a função de quadro e podem ser consideradas um ótimo objeto de decoração.
  • Respeite sempre o tamanho do ambiente antes de sair colocando um quadro aqui e outro ali.
  • Se você tem um quarto de um jovem e que gosta de um estilo mais moderno, as gravuras assinadas também são uma boa opção para colocar sobre a cama ou sobre a escrivaninha, quando existir no cômodo. 
  • É bem verdade que as misturas funcionam bem, como por exemplo, ter uma sala clássica e um item moderno. Neste caso, se você escolheu o quadro, ele tem que marcar presença, ganhar destaque para que o mix funcione.
  • Os decoradores costumam fazer uma lista do bom senso para quem quer colocar e combinar quadros em casa, siga essa ordem para não errar: pense na quantidade de quadros que você vai colocar naquela ambiente e o tamanho da parede disponível. Em cômodos pequenos, por exemplo, as obras menores de dois a três podem funcionar melhor do que o grande quadro sozinho. Muita coisa pode provocar o chamado excesso de informação e acabará fazendo com que todos as obras percam seu valor no conjunto.
  • Antes de sair furando a parede e colocando um quadro aqui e outro ali e se arrependendo depois, simule a sua parede no chão. Faça uma composição no chão, você pode usar jornais para simular os quadros.
  • Iluminação direcionada é um item a mais que faz toda a diferença na hora de incrementar a decoração com um quadro. 

Cuidados com os Quadros: Dicas de Limpeza

Muito cuidado na hora de lidar com os seus quadros para não danificá-los. É muito comum que as pessoas pensem que a tela deve ser limpa com um pano, quando na verdade isso não é para ser feito. Limpe a moldura com um pano limpo, macio e seco e se a moldura for muito trabalhada, pegue um pincel para ajudar na remoção da poeira.

Telas de óleo pedem atenção maior ainda e se ficarem expostas por muito tempo a muita poeira devem ser limpas de 2 ou mais vezes por ano. Nem pense em usar objetos como ventilador, secador de cabelo, aspirador de pó ou produtos químicos. Qualquer um deles irá danificar a sua pintura.

Outra dica, neste caso, para proteger a sua parede, use pedaços de cortina colocados na parte de trás da moldura para evitar o contato direto. E fique atento em relação ao lugar que ficará esse quadro para evitar que ele tome sol e que não seja um lugar muito úmido.

Lugares que Posso Colocar os Meus Quadros

  • Se quiser sair da mesmice e ainda por cima evitar de fazer mais um furo na sua parede, escolha um canto da casa e coloque o quadro apoiado no chão. Crie um ambiente em torno dele para dar sentido e não parecer uma peça solta.
  • Ainda usando o “método” de não colocar na parede. Três quadros de tamanho médio sobre um aparador, colocados, também pode dar muito charme para a sua decoração.
  • Não tenha medo de usar quadros em lugares menos usuais como cozinha e banheiro. Neste caso, procure obras e figuras que tenham tema semelhante ao lugar que você escolheu. Como vegetais para cozinha e quadros com paisagens ou água de alguma forma para o banheiro.
  • Aposte em um quadro grande de destaque na sala que pode ser colocado sobre a parede onde fica encostado o sofá.
  • Fique atento as proporções, quadros pequenos em uma parede grande irão desaparecer, prefira usá-los no corredor, por exemplo, e use sempre mais de um.
  • Lembre-se que as cores do desenho do seu quarto devem estar em harmonia com aquelas da decoração do ambiente onde ele ficará.
Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Decoração

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *