Cartão que Substitui Fiador

Quem já alugou um imóvel sabe da dificuldade que é para conseguir os fiadores e cumprir todos os requisitos exigidos. Muitas imobiliárias exigem mais de um fiador e que tenham imóveis em seus nomes. Quem não consegue tem a opção de entregar um cheque caução com o valor referente a um ou dois meses de aluguel, o que gera uma despesa enorme, já que o dinheiro apenas é devolvido depois que o inquilino entrega o imóvel.

Cartão que Substitui Fiador

Cartão que Substitui Fiador

Todas essas exigências acabam prejudicando muitos brasileiros, principalmente os menos favorecidos, que não têm condições de arcar com o valor de mais de um mês pagos antecipadamente. Por outro lado, não se pode esquecer que as imobiliárias e proprietários precisam se resguardar a fim de evitar calotes. Pensando nisso, a Caixa Econômica criou uma solução que beneficia as duas partes, o Cartão Aluguel.

O Que é Cartão Aluguel?

Trata-se de uma espécie de cartão de crédito que a Caixa criou para que os seus clientes utilizem para pagar o aluguel. Ele funciona da seguinte forma: o interessado deve se dirigir a uma das imobiliárias credenciadas pelo programa e lá irá solicitar o cartão. Então, irá utilizá-lo para pagar o aluguel e, assim como um cartão de crédito convencional, irá pagar uma fatura referente ao valor.

Na prática não muda muita coisa para o inquilino, pois ele irá pagar o valor do seu aluguel da mesma maneira que faria sem o cartão. Porém, a vantagem está na facilidade para fechar negócio, já que a imobiliária irá receber o valor diretamente da Caixa, ela não precisará exigir fiador, cheque caução, etc. Se houver algum calote, o prejuízo não chegará até o proprietário do imóvel, e o inquilino estará devendo apenas para o banco.

Além do limite-aluguel, o cartão também conta com um limite-rotativo, que poderá ser utilizado em qualquer estabelecimento que aceite a bandeira VISA.

Taxas do Cartão Aluguel

Apesar de trazer uma grande vantagem, o Cartão Aluguel tem o seu lado negativo, que são as taxas. Porém, sem elas o banco não conseguiria proporcionar o benefício para os seus clientes. Ele conta com uma anuidade no valor total de R$ 96,00, que pode ser dividido em 12 parcelas de R$ 8,00 a serem pagas durante o ano. Além disso, existe uma taxa de 6,67% sobre o valor do aluguel ao mês, referente ao serviço de manutenção do cartão.

No decorrer de um ano, os juros chegarão a 80% do total de uma parcela do aluguel. Ou seja, se você paga mil reais por mês, os juros irão somar 800 reais por ano, isso sem contar a anuidade, o que resulta em um valor considerável.

Como se pode ver, o Cartão Aluguel não é uma opção perfeita, pois para desfrutar do benefício é necessário desembolsar taxas altas. Portanto, o ideal é pesquisar todas as possibilidades disponíveis e escolher aquela que trouxer mais benefícios e que custar menos para o seu bolso.

A Segurança Para o Locador

Embora conte com a vantagem de oferecer o valor referente aos aluguéis sem risco de calote, os proprietários devem levar em conta que eventuais danos causados ao imóvel não são cobertos pelo Cartão Aluguel. A Caixa Econômica se responsabiliza apenas a arcar com os valores mensais, independente se o inquilino estiver ou não inadimplente.

Seguro

Seguro

Por isso, cabe à imobiliária e aos proprietários encontrarem uma forma de se resguardarem em relação a eventuais danos ao patrimônio. Talvez seja necessário fazer um contrato a parte contendo informações relacionadas a danos, pintura, alterações de estrutura, etc.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *