Condomínios de Luxo

Muita gente sonha em viver em condomínios luxuosos, super confortáveis e muito seguros. O problema é o preço que precisa se pagar para viver em lugares assim, além de muitas vezes parecer que nós que estamos vivendo em um cativeiro.

No sentido literal da palavra condomínio significa que mais de uma pessoa tem domínio sobre algum bem, normalmente de um prédio ou de um espaço de terra com muitas casas. No nosso país existe até leis que ajudam a regular os direitos das pessoas por precisarem dividir determinado objeto. Tendo assegurado cada um o seu espaço.

No caso desses espaços, os direitos para cada um seriam iguais para todos que possuírem uma parte , tendo as regras gerais e cada condomínio com as suas regras de convivência e de limites de espaço para que todos possam viver em harmonia.

No cotidiano confundimos muito o residencial com o condomínio, sendo que o residencial seria somente a expressão utilizada pelo o povo de forma mais simples, sendo muito comum nas imobiliárias que vendem essas residências em um lugar totalmente fechado. O condomínio como já foi dito possui mais de um proprietário, sendo que o mais comum são os Edilícios ( prédios), nesses lugares cada um dos condôminos possuem sua parte bem definida fora a parte comum a todos os moradores.

Em prédios é bem mais fácil dividir o que é área comum ou não, pois são apenas apartamentos que muitas vezes são bem parecidos. Quando é condomínio de casa o espaço construído por cada casa é diferente dificultando a definição de exclusivo e de comum.


Os prédios normalmente possuem um síndico e ele que coordena os possíveis problemas, redigi e tenta deixar adequado todas a normas do prédio, tanto os direitos como os deveres do moradores, além disso cuida da manutenção das instalações do prédio que são de ambiente comum, por exemplo elevadores, piscinas, academias e outros afins. Esse síndico quando possui muitas funções acabam recebendo por fazer esses serviços.

Na maioria desses prédios é cobrado uma taxa mensal chamada de condomínio que normalmente paga essas manutenções e também paga o porteiro que normalmente tem. O ruim de morar em lugares assim é a falta de privacidade que às vezes falta por muitas vezes ser porta com porta de vizinhos que fazem muito barulho, ou então sabem quando você sai ou entra de casa, quem você leva e trás, porém normalmente são muito seguros, acabam saindo um preço bom por tal.

Já em condomínios grandes cheio de casas, é necessário muito mais regras. Todos eles são cercados e por isso a entrada é única e precisa ser feita por uma portaria que precisa ter controle de quem entra sai para que tudo seja monitorado e assegurado. Dentro do próprio condomínio também existem seguranças, isso faz com que muita das casas sejam padrão Estados Unidos, sem muros, tendo alguns modelos até se o carro fica em lugares abertos.

Dentro desses condomínios costumam ter além de academia, piscina, uma quadra de esportes, centro de lazer e outros benefícios. O bom desses lugares é que as crianças podem brincar nas ruas bem tranquilamente sem medo, pois não possuem muitos carros e nem muito perigo.

Nesses lugares maiores, um síndico apenas não é suficiente e por isso na maioria das vezes é feito uma eleição onde são decididos representantes para atender todos os moradores e dar conta do recado. Além de que precisa prestar contas, criar CNPJ se necessário para ter empregados,

Tudo isso é muito maravilhoso, quem não queria morar em lugares desse tipo? Que nem sequer parecem o Brasil. Contudo, o preço para se adquirir um terreno nesses lugares é caro, além de construir ainda é necessário pagar mensalmente taxas altíssimas para todas essas regalias.

Fachada de Casa Localizada em Condomínio de Luxo

Fachada de Casa Localizada em Condomínio de Luxo

Normalmente existe algumas regras em comum em todos os condomínios, que seria usar livremente o ambiente lembrando sempre que eu de todos, ter liberdade de venda ou alugar a residência, dividir as despesas dos ambientes comuns de forma igual, mudanças precisam da opinião de todos os condôminos.

A associação troca de tempos em tempos de gestão, ou então pelo menos tendo novamente uma assembleia para reeleição.

Com toda essa burocracia, para se construir um condomínio é necessário muita organização e uma grande empresa preparada para a regularização do local, além de uma grande propaganda que convença as pessoas a comprarem algo mais caro do que o convencional

É o sonho de muita gente morar em um condomínio, fazendo com que estejam sendo feitos alguns condomínios mais acessíveis.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Condomínio

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *