Como Resolver Problemas De Reforma: Dicas

Muitas pessoas conservam o  sonho de reformar a casa antiga. Colocar uma parte dela ou boa parte no chão e recomeçar praticamente do zero. E para começar a colocar esse sonho em prática é preciso ter a certeza de que não poderá faltar ao longo desse “trajeto” muita paciência. E não pense que será simples ou ficará bem próximo do planejado, pelo contrário, conte com muitas  pedras no seu caminho.

O primeiro problema de uma reforma pode começar quando ela ainda está no papel: o atraso na liberação da planta. Basta que você não concorde com um pequeno item e o arquiteto terá que mexer na planta e já começar esticando o tempo previsto para obra. E depois ainda tem que esperar a aprovação da Prefeitura, que pode ter um tempo mais longo do que o esperado.

Como Resolver Problemas De Reforma: Dicas

Como Resolver Problemas De Reforma: Dicas

Atenção De Como Está o Andamento Da Reforma Para Evitar o Desperdício De Materiais e Gastos Extras

Quando o seu projeto foi liberado e finalmente o  contrato foi assinado com a empreiteira ou com as pessoas que farão a sua obra é hora de dar a largada. Neste ponto deve ser previsto quantas pessoas trabalharão na obra para que ela termine no tempo previsto, um número que varia de acordo com o tamanho da reforma e do tempo em que você precise que fique tudo pronto.

O problema com o pessoal que trabalha é muito comum, faltas, atrasos e para evitá-los é necessário fazer um contrato deixando bem claro que as pessoas serão substituídas ou no caso de uma empresa, exigir que as faltas sejam sempre cobertas.

Atenção De Como Está o Andamento Da Reforma Para Evitar o Desperdício De Materiais e Gastos Extras

Atenção De Como Está o Andamento Da Reforma Para Evitar o Desperdício De Materiais e Gastos Extras

Na hora da compra de materiais surgem outros problemas. Você vai estar sempre com a bolsa cheia de listas, com materiais que devem ser comprados, mas não saia comprando sem saber para que serve e quando será usado. É bem mais comum do que você imagina que itens sumam, que as pessoas que trabalham na obram desperdicem porque veem muito material. Para evitar o problema é melhor sempre controlar o que está sendo gasto e não ir comprando cada vez que um pedir. Isso pode fazer com que os valores com materiais subam de 5% e 10% .Somados a esses problemas, ainda surgem o terceiro deles a  “falta de capricho” de quem trabalha, que acaba fazendo coisa errada, danificando outras e tendo que refazer por quanta disso e gastando mais tempo e material do que o previsto.

Um problema muito comum que enfrenta quem está fazendo reforma é a mão de obra que vai diminuindo na reta final. Normalmente, quando prazo de entrega está terminado é muito comum que os funcionários comecem a seguir para uma outra reforma diminuindo o ritmo da sua, gerando sempre atraso na entrega. Para evitar que isso aconteça ou qualquer outro problema relativo a pessoas que não aparecem para trabalhar, o único modo é fazer o pagamento de acordo com o que foi realizado. Se você pagar adiantado corre o risco de não ter a sua obra terminada nunca.

Evite Dores De Cabeça: Não Acredite 100% No Que Eles Prometem

Uma boa maneira de evitar um problema na sua reforma e uma grande dor de cabeça é não acreditar na previsão que o mestre de obras te dará. Para pegar o serviço, a grande maioria das pessoas prometem tempo que elas já de início sabem que não poderão cumprir, somados aos imprevistos. Então, não pense que 2 meses serão 2 meses e marque uma festa na semana seguinte para inaugurar a casa nova, conte sempre com os dias ou até semanas de atraso. Além do atraso habitual, que existirá, mesmo sem nenhum interferência, ainda terão os problemas que vão surgindo durante a reforma, como problemas que estavam escondidos e você nem sabia que existia.

Veja Agora Algumas Dicas Para Resolver Problemas Na Reforma Da Sua Casa!

Se você quer evitar os problemas durante a reforma, para começar, contrate um mestre de obra e de preferência que tenha boas referências. Depois saiba que em alguns casos, é melhor prevenir, veja as dicas dos profissionais!

  1. Atenção: não confie em orçamentos com custo muito inferiores aos da média de mercado. Faça uma boa análise das propostas, pelo menos umas 3 e faça a comparação custo x benefício. Precisa ser um orçamento realístico, porque o barato pode sair caro.
  2. Contrate pessoas que você tem certeza que conhecem toda a parte técnica em detalhe, necessária para a sua reforma.
  3. Antes de fechar com alguém, visite uma obra dessa pessoa e depois pegue referências de quem irá trabalhar com você  com clientes antigos.
  4. Faça um contrato bem detalhe com previsão bem clara de prazos e multas. Coloque todas as suas exigências de forma objetiva nas cláusulas e para fazer valer reconheça as assinaturas do mesmo.
  5. Fazer um programa de obra é importante, mas não trabalhe com datas que não são realistas. Faça dentro do prazo necessário e cobre no primeiro atraso.
  6. Quando você contrata profissionais separadamente, as chances de enfrentar problemas são maiores, prefira uma única equipe multidisciplinar, que já tendo trabalhado junto tem maior sintonia para realizar a reforma. Eles se comunicam melhor e os prazos são bem calculados.
  7. Não tolere desperdícios e discuta sobre eles na primeira vez que for verificado que isto está acontecendo. Faça levantamentos do que foi usado e listas separadas para identificar o que foi usado sem necessidade ou não.
  8. Tenha um bom diálogo sempre com a pessoa responsável pela obra e não deixe de visitar a obra com frequência. E exija a presença do mestre de obras. Ele é que garante o ritmo da obra e o uso correto dos materiais.
  9. As reformas devem ser feitas com o número certo de trabalhadores, o  excesso de profissionais pode atrapalhar, ao invés de ajudar. Segundo os mestres de obra, o número ideal é de quatro pessoas (dois profissionais e dois ajudantes) em cada fase da reforma.
  10. Crie uma rotina de pedir relatórios toda semana para o mestre de obra com detalhes sobre o andamento da reforma e não pague antes de verificar se foi tudo feito como o combinado.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Reforma

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *