Como Não Estourar o Orçamento Da Reforma

Se você quer fazer uma obra e não ter dor de cabeça durante e depois da reforma é melhor planejar. Esse é o único modo de garantir que tudo dê certo. Quem não planeja acaba gastando mais e muitas vezes não tem o resultado final desejado. Então, o primeiro passo para não estourar o orçamento da reforma é o planejamento. Veja como planejar para não gastar além do que imaginou!

Definir Todas As Mudanças Que Deverão Ser Feitas e Não Deixar Para Fazer Isso No Meio Da Reforma

Se você começar uma reforma sem ter certeza do que quer fazer ou modificar, com certeza, isso terá um custo inesperado no final. Ter uma “vaga ideia” não é o caminho certo para iniciar uma obra. Antes de dar o primeiro passo, papel e caneta nas mãos e coloque item por item do que será renovado, das pequenas as grandes mudanças. Não pense “isso é muito simples” nem preciso colocar no papel porque pode acabar se tornando uma surpresa desagradável – aumento dos custos. E mais, se planejou procure seguir o que foi planejado porque as mudanças, normalmente, elevam os custos. Defina tudo, o tipo de piso que será usado, o que será modificado na cozinha, o que será feito de novo sobre instalação elétrica, etc.

Definir Todas As Mudanças Que Deverão Ser Feitas e Não Deixar Para Fazer Isso No Meio Da Reforma

Definir Todas As Mudanças Que Deverão Ser Feitas e Não Deixar Para Fazer Isso No Meio Da Reforma

Faça o Seu Projeto De Reformas Dividindo Por Etapas

Não basta fazer um projeto com início, meio e fim e pronto, para que ele funcione é necessário criar um cronograma. Anote as etapas do projeto da obra colocando cômodo por cômodo. Como no exemplo: quarto 1 (o que será modificado), quarto 2 (o que será modificado), depois de todos os quartos, sala, banheiro e cozinha ou na ordem que você preferir realizar a obra por motivos práticos.

Em cada um dos cômodos faça a lista com tudo o que deverá ser modificado. Com esse papel pronto você já terá uma ideia com os gastos e isso é uma forma de evitar de estourar o orçamento.

Faça o Seu Projeto De Reformas Dividindo Por Etapas

Faça o Seu Projeto De Reformas Dividindo Por Etapas

Fale Com Um Profissional Para Ter Uma Ideia Melhor Da Sua Reformados

Ter um engenheiro ou arquiteto à frente da sua obra representa um custo, porém pode ter certeza de que esses profissionais conseguem fazer com que você evite o desperdício.

Dados do Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Arquitetura dizem que o valor médio de um profissional para projetar uma reforma é de 5% do valor total que será gasto na mesma.

O arquiteto ou engenheiro deixa o seu planejamento mais objetivo porque define prazos, custos e como a obra será executada. São fatores que garantem que o orçamento ficará dentro do planejado e no máximo, sofrerá pequenas alterações.

Não Faça Compra De Materiais Se Você Ainda Não Decidiu Exatamente Como Será a Sua Reforma

Se você ainda não fez o seu planejamento não compre nenhum tipo de material, tipo, viu uma tinta em promoção e resolveu comprar para garantir o bom preço. É necessário respeitar o cronograma de prioridades e gastar dinheiro com o material que será usado inicialmente. Comprar o que não é necessário pode ser comprometer o orçamento no momento de comprar um outro material.

Segundo os profissionais, é muito comum que alguns proprietários acabem precisando atrasar a obra porque gastam dinheiro que não poderiam com determinado material e depois faltam recursos para o que realmente é necessário naquele momento da reforma.

http://www.youtube.com/watch?v=naFhbqpK2LI

Faça Uma Boa Pesquisa De Preços De Materiais e Também Da Mão De Obra Antes De Bater o Martelo

Não saia comprando tudo na primeira loja que você encontra. Não tenha dúvidas que isso renderá a sua reforma mais cara e o orçamento estourado. No seu planejamento, inclua a pesquisa de preços, compare em várias lojas antes de fazer a compra. E não tenha preguiça, se for necessário compre uma coisa em uma e a outra em outra. Algumas lojas mostram os preços também na internet, o que facilita o seu trabalho, mas fique atento, porque nem sempre o preço da loja virtual é o mesmo da loja física. Se informe antes.

Sobre a mão de obra, peça mais de um orçamento e não esqueça de pedir indicações dos profissionais com amigos e parentes. Em uma reforma não é o barato que faz a diferença e sim a capacidade de um profissional. Se você pagou pouco pelo serviço, mas ele não cumpre prazos e desperdiça materiais, certamente a sua reforma sairá do orçamento planejado.

Considere também gastos que não estão incluídos no que foi combinado com o pedreiro. Muitas vezes, quando um profissional passa o valor do trabalho não está incluído uma série de coisas que você não sabe. Por exemplo, ele não coloca o piso, será necessário uma outra pessoa para fazer. Ele pode ter feito um orçamento em que entrega o banheiro sem os acessórios colocados e caberá a outra pessoa fazer. Para evitar essas surpresas que representarão um aumento de gastos, coloque no papel item por item do que deverá ser feito, mesmo que possa parecer óbvio.

Veja o Quanto Você Pode Gastar Para Fazer a Reforma e Não o Que Gostaria De Gastar

Existe uma diferença muito grande em querer e poder fazer alguma coisa. É muito comum que as pessoas acabem estourando o orçamento quando fazem uma reforma porque planejam gastar além dos recursos que podem gastar.

Para evitar que isso aconteça é necessário fazer um cálculo de quanto a sua renda mensal poderá ser  comprometida e se existe algum dinheiro guardado para complementar o valor. O ideal, para não estourar o orçamento, é que o valor não supere um terço da renda mensal da família.

Além disso, os economistas aconselham a zerar as dívidas antes de começar a reforma.

Antes De Iniciar As Obras Estude Os Planos De Pagamento De Profissionais e Materiais

A melhor opção é e sempre será efetuar o pagamento à vista, no caso dos materiais. Dessa forma você não só estará se livrando de juros cobrados pelo parcelamento, pode conseguir bons descontos e no fim da obra não tem mais no que pensar. Mas, como nem sempre dá para pagar tudo à vista, para não comprometer as outras despesas, prefira sempre um parcelamento sem juros e que não ultrapasse 6 meses.

Quando se trata de uma reforma urgente que não dá para esperar, antes de fechar para pagar os juro da loja, faça uma pesquisa de empréstimo especializado para isso e veja qual dos dois sai mais em conta.

Esse tipo de financiamento pode ser conseguido nos seguintes bancos: Caixa Econômica Federal, Itaú, Bradesco e Banco do Brasil. Entre eles, o que oferece, normalmente, as taxas mais em conta é a Caixa.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Reforma

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *