Escolhendo a Casa Certa

Escolher uma casa, seja para compra ou aluguel, é algo que deve ser feito com bastante cuidado. Afinal, é o local em que você e sua família irão morar por um bom tempo. Para te ajudar a fazer a melhor escolha, confira as dicas que daremos a seguir.

Escolhendo a Casa Certa

Escolhendo a Casa Certa

A Localização da Casa

A localização é um fator extremamente importante para um imóvel, tanto que tem total relação com o valor do mesmo. Claro que, se você não está com um orçamento alto, não deve escolher uma casa no bairro mais caro. Entretanto, pense bem antes de escolher a que for mais barata, porém com uma localização ruim.

O conceito de boa localização é algo relativo e depende do estilo de vida de cada pessoa. Pense no seu local de trabalho, na escola dos filhos, supermercados e tudo o que é bom que tenha por perto da casa nova.

Imóveis

Imóveis

Se não for possível alugar ou comprar um imóvel com uma boa localização, pense no transporte que usará para chegar até onde precisa. Se você tem carro e se poderá usá-lo, se tem ônibus circular, metrô.

Por fim, verifique se o local em questão é seguro. Se não for, pense se não vale mais a pena pagar um pouco mais para ter mais segurança e tranquilidade.

O Valor da Casa

Não podemos nos esquecer do valor que você tem para destinar à casa. Se for comprar, vai pagar à vista? Fazer um financiamento? Já no caso do aluguel, quanto tem por mês para destinar a ele? Especialistas em finanças sugerem que o aluguel não comprometa mais do que 30% da renda total da família.

Então, leve em consideração o seu caso e defina qual o máximo que pode pagar. Assim, você nem perderá tempo visitando casas que não estão dentro do seu orçamento.

Verifique Taxas de Condomínio: Se a casa que pretende comprar ou alugar estiver localizada dentro de um condomínio, analise as taxas e some-as ao aluguel ou ao valor da venda. Muitos locais contam com taxas altíssimas e se você não verificar isso antes de assinar o contrato poderá ter uma surpresa desagradável depois e isso pode prejudicar seu orçamento.

O Tamanho da Casa

Quantas pessoas irão morar na casa? Esse deve ser o ponto de partida para começar a sua procura. A forma como vivem atualmente pode servir como guia.

Por exemplo: Você tem filhos? Eles dividem o quarto? Se sim, está dando certo? Pense que eles vão crescer e podem querer ter cada um seu próprio espaço.

Leve em consideração os costumes da família, se é necessário ter quintal, um quarto extra para fazer um escritório, tamanho da garagem, etc.

A Vizinhança

Por mais reservada que sua família possa ser, é muito importante verificar como é o estilo de vida da vizinhança. Morar próximo a pessoas barulhentas pode gerar uma dor de cabeça e tanto. Por isso, peça para o corretor para visitar o imóvel em vários dias e horários diferentes para verificar isso de perto.

Se encontrar algum morador próximo, pare para falar com ele. Conte que está pensando em comprar ou alugar a casa e gostaria de saber como é a vizinhança. A forma como ele te responder pode te dar muitos sinais de que o local será bom ou não para se viver.

Escolha de Maneira Racional

Procurar uma casa para alugar ou comprar é um processo cansativo. Muitas vezes acabamos nos deixando levar por uma casa bonita, já imaginamos nossos móveis, nossa família. Entretanto, é importante que você se controle e não se deixe levar pela emoção. Não deixe uma bela casa te seduzir sem antes saber se comprá-la ou aluga-la será um bom negócio.

Tudo deve ser pensado de maneira racional, da beleza da casa até o valor dela. Para isso, prepare-se psicologicamente e faça uma lista com todas as informações que irão nortear sua escolha: localização, valor, quantidade de quartos necessária, etc. Saber exatamente o que você procura irá te ajudar a ver cada imóvel sob um olhar muito mais racional.

A Estrutura do Imóvel

Em se tratando de questões técnicas, é importante que você leve um profissional até o local para que ele verifique a estrutura do imóvel. Isso é algo que deve ser feito mais por quem pretende comprar a casa, pois no caso do aluguel, o proprietário deve arcar com despesas de consertos que forem necessários.

Peça para que o profissional analise os materiais com que a casa foi construída, se há rachaduras, vazamentos, infiltrações. Todo esse cuidado pode te poupar de uma série de preocupações no futuro.

Pode parecer exagero consultar a opinião de um especialista, mas é necessário para evitar que você caia em armadilhas. Muitas construtoras fazem casas bonitas e cheios de detalhes decorativos para maquiar defeitos que são fruto do uso de material e serviço de má qualidade.

Ouça a Opinião da Família

Não tome a decisão sozinho (a) de comprar ou alugar uma casa se sua família irá morar com você. Ouvir a opinião de todos é muito importante, mesmo que caiba a você a decisão final.

No caso de um casal, por exemplo, não é tão interessante levar as crianças para visitar as casas, pois eles poderão tirar a atenção de detalhes que devem ser verificados. Porém, é importante que os leve pelo menos para as casas que acharam mais interessantes. Além disso, as crianças costumam ser observadoras e podem perceber detalhes do imóvel que vocês não perceberam.

Decida Com Calma

Não tome uma decisão com pressa, principalmente se estiver efetuando a compra da casa. Por mais que o corretor possa estar te pressionando dizendo que tem outros interessados, dê todo o tempo a si que julgar necessário para se decidir.

Pense, analise, pesquise outros imóveis para saber se o valor está condizente. Agir de forma impulsiva aumenta as chances de você fazer um mau negócio. Portanto, tenha calma e aumente as chances de tomar uma decisão acertada e que trará muitas alegrias para toda sua família.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários