Móveis Escolares

Todos sabemos que móveis escolares são mesas e cadeiras comuns em todas as casas. Podem ser que em algumas escolas esses móveis sejam confortáveis, mas, na maioria das escolas eles são incômodos, provocando dores nas crianças, adolescentes e também nos adultos.

MUDANÇAS NOS MÓVEIS ESCOLARES DAS ESCOLAS PÚBLICAS

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), realizou uma audiência pública em São Paulo, onde se reuniram representantes da autarquia e da indústria de móveis, para discutirem melhorias na produção de mesas e cadeiras escolares ergonômicas, para professores e alunos das escolas públicas.

Como por exemplo: a eliminação de vãos nos assentos e novas medidas para o encosto das cadeiras. Também foi proposto a mudança do sistema de fixação do tampo das mesas, que começará a ser preso com buchas, e por fim, a mudança na curvatura do porta-livro.

Infantil

Essas mudanças começaram a valer agora em 2011. O mobiliário é formado pelo conjunto do aluno ( carteira e cadeira), conjunto dos professores (mesa e cadeira), e mesas acessíveis para estudantes cadeirantes. Todos planejados ergonomicamente, para melhorar o ensino público básico.

DOAÇÃO DE MÓVEIS ESCOLARES

No dia 29 de maio, o prefeito de São Bernardo, chamado, Luiz Marinho, marcou sua presença na cerimônia que formalizou a doação de conjuntos de móveis escolares, a seis instituições da cidade. A cerimônia aconteceu no Salão Nobre da Prefeitura, localizado no Paço Municipal.

Foram doados cerca de trezentos conjuntos de móveis, já usados, mas, com plena capacidade para serem utilizados pelas instituições. São elas: Sociedade Amigos do Jardim Industrial, Sociedade Amigos de Bairro da Vila União, Associação dos Moradores do Jardim Claudia, Associação de Proprietários Parque Imigrantes, Associação Beneficente para Valorização e Respeito à vida, e por último Cooperativa de Consumo dos Servidores Municipais e Autarquias. Essas instituições receberam os móveis em quinze dias.

Normas

Os móveis escolares são itens muito importantes para o aprendizado dos alunos, pois, estudar no conforto faz com que prestem mais atenção nas aulas, não se preocupando com dores desconfortáveis nas costas. Afinal um aluno passa cerca de quatro horas sentado em uma cadeira ou carteira dentro da sala de aula, sem ao menos poder reclamar do desconforto.

Esses novos móveis que serão ergonômicos melhorarão muito a vida de professores, alunos e estudantes deficientes, já que eles terão muito mais conforto nas suas escolas, e assim aprenderão muito mais.

Essas mudanças demoraram muito para acontecer, e vai demorar um pouco para serem postas em pràtica. Mas enquanto isso, é muito bom o exemplo de São Bernardo, que doou móveis usados para crianças de instituições públicas, assim elas podem ir levando até chegar, quem sabe, as doações desses novos móveis escolares.

Mudanças

Enquanto os novos móveis escolares não chegam ,os estudantes continuarão desconfortáveis nessas cadeiras duras, e os professores continuarão com suas cadeiras e mesas velhas.


Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *