História Do Bairro Da Saúde Em São Paulo

São Paulo é uma das cidades mais industrializadas do Brasil, e também uma das mais ricas culturalmente. A região foi povoada por diversos imigrantes como italianos, japoneses e Coreanos antes e depois da primeira guerra, tornando-se um segundo lar para diversos estrangeiros. A área surgiu no meio do caus e diversas expansões lentas ou mais rápidas. Um dos bairros com uma boa história é o bairro da Saúde.

História Do Bairro Da Saúde Em São Paulo

História Do Bairro Da Saúde Em São Paulo

O bairro da Saúde é um dos bairros mais antigos e com valor histórico para a cidade. Há outros famosos também como o bairro da Liberdade, conhecido pela sua quantidade de imigrantes orientais instalados e que dão um visual diferenciado ao espaço.

Onde Fica o Bairro Da Saúde

Localizado na grande São Paulo, o bairro está localizado na zona centro-sul de São Paulo. A população, segundo o último senso paulista, é de aproximadamente 118.077 habitantes. O bairro está em fronteira com os bairros do Centro e Gamboa, Caju, dentre outros. Possui diversos espaços antigos como sua primeira igreja instalada e suas primeiras ruas, preservadas como patrimônio da humanidade e ponto turístico do bairro, mesmo que esse não tenha muitos.

Onde Fica o Bairro Da Saúde

Onde Fica o Bairro Da Saúde

Como Começou o Bairro Da Saúde

Apesar de ter o nome Saúde, o bairro não possui uma relação com algum hospital ou algum ponto relacionado aos cuidados com o corpo. O nome veio apenas por uma instituição religiosa, que foi o primeiro edifício e monumento instalado na cidade. O bairro começou com a construção da Igreja de Nossa Senhora da Saúde no ano de 1742, a igreja preservada a qual pensamos antes. A igreja existe até hoje e fica em frente ao mar feita em granito. Hoje a igreja é um monumento histórico da região e recebeu verba para a sua restauração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e da Mitra da Igreja Católica Brasileira.

O começo do bairro foi apenas como ponto de parada para transeuntes. Era ponto de parada e encontro de tropeiros, profissionais das forças armadas que guiavam as tropas para o campo de batalha. Os tropeiros guiavam as tropas do Império e paravam no bairro para descansar ou encontrar outros e se informar sobre tropas seguras e perigos eminentes. O bairro, por ainda não ser povoado e ser tranquilo, era uma ótima opção para quem desejava descansar antes de seguir viagem e acabou se tornando famoso e usado como parada quase obrigatória por mais de 200 anos e sempre que necessário entre os viajantes.

Passaram-se muitos anos até que a igreja fosse considerada um marco de construção e surgisse ideia da formação de uma cidade. O bairro começou a surgir com construções ao redor da igreja, em casas sem muita conexão e de portes diversos. As casas começaram espaçadas e pouco a pouco foram surgindo ruas e avenidas, mas em um crescimento lento, porém significativo. O crescimento foi lento se comparado a outras cidades como a construção de Brasília, mas bem relevante se tratando que não se tornou uma favela ou ponto de concentração de moradores de baixa renda como muitos bairros bem localizados de São Paulo.

Metrô Alavanca o Avanço Do Bairro Da Saúde

O grande avanço da cidade se deu por conta do sistema metroviário construído na década de 70 que passava pela cidade e abriu caminho para paradas obrigatórias. Graças ao novo meio de transporte o espaço começou a receber mais moradores, que acabaram por povoar o bairro e dar início ao desenvolvimento que encontramos hoje. O começo foi lento, demorando mais de dez anos para surgirem às primeiras ruas de fato, mas mesmo assim foi bem significativo para a cidade. Hoje é um dos bairros mais bacanas para morar e mais bem cotados para servirem de abrigo para pessoas que querem tranquilidade.

O metrô foi o responsável da atração de novos moradores para o bairro da Saúde. Depois do seu percurso passando pela cidade, famílias começaram a investir em um metro quadrado barato e construir suas moradias. Não demorou muito para que outras famílias fossem atraídas, ironicamente as mais nobres que poderiam investir uma grande quantia em dinheiro e se deslocar para o centro via transporte próprio. Hoje a linha de metrô possui três estações apenas no bairro São Judas, Saúde e Praça da Árvore, além da Santa Cruz, que é bem próxima da região.

As vias começaram a surgir e ao contrário de muitas regiões de São Paulo, o bairro da Saúde começou seu crescimento de forma estruturada e uniforme. Ruas foram crescendo aos poucos, em um avanço lento, mas eficientes. As avenidas principais são retas e não há morros ou favelas próximas. As autoridades locais também colaboraram para um crescimento uniforme e vias bem formadas.

Bairro Da Saúde é Um Dos Mais Bem Desenvolvidos De São Paulo

Bem localizado, o bairro da Saúde é uma boa pedida para moradia. O local possui um dos melhores índices de desenvolvimento humano, com boas escolas, segurança, bom urbanismo e ruas bem sinalizadas. Os sinais de trânsito também são bem localizados, bem como existem muitas vias de acesso apenas para pedestres. Há planos futuros para que sejam construídas vias para bicicleta apenas e para pedestres para cooper.

Por muitos anos o bairro foi eleito como um dos melhores para se morar. Encontramos diversos pontos comerciais próximos, edifícios com condomínios de luxo, casas de grande porte. Contudo, a maior parte das construções são modernas devido ao grande investimento que o bairro recebeu a partir dos anos 80. Apesar de não ser um dos mais caros para viver, exige um padrão mediano de renda para viver por lá.

Uma das principais vantagens de morar na Saúde é que é um bairro mais tranquilo. Possui muitos pontos comerciais sim, mas é uma região tranquila para morar. Seu numero de pontos comerciais para diversão é pequeno comparando com outros bairros e boates nulas, o que deixa o bairro relativamente silencioso mesmo em períodos festivos como a copa ou festas de fim de ano. Os bares obedecem a lei do silêncio, deixando a região uma ótima opção para moradia familiar.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Notícias

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *