Pequenas Reformas

Chega o momento que a sua casa ou apartamento está precisando passar por uma pequena reforma ou construção de um novo espaço, se não tomarmos cuidados essa situação pode se tornar uma dor de cabeça e um tremendo problema.

Para evitar que isso aconteça é necessário observar todos os detalhes e procedimentos que precisam ser tomados, para que a sua reforma seja segura, traga o conforto desejado e seja econômica.

Faça o Planejamento da sua Reforma

Para evitar problemas futuras por isso a primeira dica para quem pretende fazer uma reforma em sua casa é realizar um bom Planejamento.

Planejar nada mais é que analisar a realidade, avaliar as condições e os caminhos a serem trilhados e construir um referencial a ser alcançado em um futuro próximo.

O primeiro passo do planejamento de realização de uma reforma é avaliar se realmente existe a necessidade e quais as prioridades da reforma a ser realizada.

Faça uma lista de tudo aquilo que é necessário ser feito e o que você deseja que seja realizado e não esteja na lista do que é realmente necessário.

Faça isso para evitar que sejam realizadas mudanças na hora da execução da reforma. Fazer mudanças de planos durante a execução da reforma vai implicar em despesas maiores para você, em retrabalho par aos profissionais e em um gasto maior de tempo para execução da sua reforma.

Faça a elaboração de um orçamento e liste todos os gastos: Mão de Obra, Material e outros gastos. O orçamento é importante para que você programe a reforma conforme a suas condições financeiras e os recursos que você tem disponíveis para a realização da obra. É fundamental ter bastante cuidado pois reformas mal planejadas e orçadas tendem a extrapolar os gastos e deixar as pessoas apertadas financeiramente.

Procure fazer o planejamento de sua reforma tentando colocar as maiores variáveis possíveis para que não necessite realizar outras reformas em curto espaço de tempo. Exemplo: pode acontecer o crescimento da família em caso de casais pretendem ter filhos ou famílias que tenham filhos adultos que estão prestes a sair de casa para constituir família em um curto tempo e outras situações que podem mudar os caminhos e estruturas que irão seguir a sua reforma.

Por isso veja todas as questões que podem influenciar em como dividir os cômodos de sua residência, como realizar a sua reforma e como administrar os recursos disponíveis para execução da mesma para que você desfrute com qualidade da reforma tão sonhada e planejada.

A Aquisição dos Materiais para Realizar a sua Reforma

Na hora em que você for reformar é necessário bastante cuidado e paciência antes de realizar as compras dos materiais para fazer a sua reforma. É preciso ter definido o foco do que irá ser feito, se você irá fazer manutenção e reparos, se irá fazer acabamentos ou se é apenas alterações estéticas.

Como a maioria da população vive com seu orçamento apertado é importante fazer um bom planejamento para que o seu dinheiro tenha um bom rendimento e você consiga realizar as reformas de sua residência, deixando ela como você sempre sonhou e sem gastar alem do que foi orçado.

Portanto é interessante que saibamos os momentos adequados para realizar a compra dos materiais, e com relação ao preço mais baixo a melhor época do ano para se fazer reformas é o inicio do ano, pois nessa época os grandes varejistas estão com promoções e preços mais baixos devido as tendências do mercado. Por isso, o planejamento é fundamental, inclusive da parte financeira, pois o inicio de ano é uma época que gastamos bastante com material escolar, impostos (IPTU, IPVA, etc.), anuidades profissionais, entre outros gastos. Por isso, você pode incluir na etapa do planejamento a economia de recursos para investir nessa época e tentar gastar menos com materiais.

Outra dica para comprar os materiais de sua reforma é a elaboração de uma lista dos materiais necessários. No entanto, monte essa lista apoiado ao profissional contratado para fazer a reforma, pois este irá lhe orientar a fazer a aquisição dos materiais de forma que gere economia sem perder a qualidade na reforma.

Na hora de comprar os materiais pesquise, pois existe diferenças de preços absurdas entre as lojas. Uma dica que pode ajudar na economia é adquirir pontas de estoque, de peças que estão saindo de linha. Contudo caso você opte por esse tipo de compra, você deve adquirir em torno de 20% de material sobrando, pois você não conseguirá encontrar esses produtos disponíveis novamente,

Uma dica válida é que você pode realizar as compras em lojas próximas a sua residência, pois você economiza tempo (o prazo para entrega é menor) e valores com frete. Busque realizar as compras em um único local, pois facilita para a realização da sua reforma, pois não irá correr riscos de faltar materiais e também irá gastar somente uma vez com taxa de entrega.

No caso de realização de pinturas, verifique as cores que deseja pintar sua residência, lembre-se que cores escuras absorvem mais o calor, deixando os ambientes mais quentes, portanto evite cores demasiadamente pesadas, para que a sua casa não fique extremamente quente.

A Contratação dos Profissionais que Executarão a sua Reforma

A contratação de profissionais especializados para a execução dos serviços de sua reforma (área elétrica, hidráulica, pintura e etc.) é fundamental para evitar problemas no desenrolar de sua reforma, por isso busque contratar a mão de obra especializada para cada serviço que será realizado e que seja de sua confiança.

A contratação de bons profissionais evita uma serie de problemas. Para isso, segue algumas dicas para a contratação de profissionais para a execução dos serviços de sua reforma:

  • Faça orçamentos (pelo menos 03) para a execução do mesmo tipo de trabalho, essa atitude lhe ajudará a verificar se não está havendo nenhuma cobrança exagerada;
  • Verifique a especialidade de cada profissional e certifique-se se existe equipe especializada para cada tipo de serviço;
  • Busque referencias com amigos que tenham contratado esses profissionais;
  • Caso você tenha condições e tempo, procure conhecer uma obra que tenha sido feita por esses profissionais para ver o resultado final;
  • Realize um contrato de prestação de serviços e faça um cronograma que preveja as questões de prazo para entrega da obra, e principalmente que vincule os pagamentos a cada fase do serviço prestado e entregue pelos profissionais;

Desta forma e seguindo essas dicas para realização de pequenas reformas, você evita dores de cabeça e gastos desnecessários com a sua reforma.

Se sua casa está com uma aparência cansativa e você está pensando em mudar a decoração ou ainda fazer pequenas reformas, saiba que os designers de decoração ou decoradores, como são mais conhecidos, são profissionais qualificados e aptos a oferecer consultoria e assistência neste tipo de prestação de serviços. Neste caso a sua função é o planejamento dos espaços internos indo à busca de soluções inteligentes e criativas que favoreçam a praticidade e harmonia visual e funcional do ambiente em questão. A sua habilitação profissional não lhe permite indicar alterações que se relacionem com a estrutura da construção, como por exemplo, derrubar paredes, etc. Neste caso será necessário contratar os serviços de um engenheiro ou arquiteto. A seguir conheça os passos deste procedimento.

Conserto

Consultoria

Ao contratar um designer de interiores para prestar consultoria, este deve fazer uma visita à sua casa onde vai conversar sobre as suas expectativas em relação à pequena reforma ou a nova decoração do ambiente. Ambos devem ir à busca de possíveis soluções para problemas como iluminação, que pode ser melhorada com mudanças nas cores das paredes; redefinição de cores e estampas nos estofados, cortinas, etc.; novo posicionamento dos móveis usados ou a aquisição de modelos mais modernos como os sofás de canto, etc. Nesta situação o profissional não fará desenhos, sendo que a consultoria se restringe a diversas recomendações que o proprietário poderá aceitar ou não. Geralmente a cobrança desta prestação de serviço é por hora/consulta.

Gerenciamento de Obra

Neste caso o profissional assume responsabilidades com a execução, a contratação e posterior gestão que envolve os demais prestadores de serviço necessários para a realização da reforma e ou decoração. Deve gerenciar os custos financeiros da obra bem como administrar e gerir o pagamento a fornecedores. Neste caso cada profissional ou empresa que preste este tipo de assessoria tem uma forma particular de calcular os seus honorários, mas vale à pena investir.

Tudo

Acompanhamento de Obra

Neste caso, além dos serviços descritos acima, o designer de decoração se ocupa com o andamento de todos os aspectos que foram anteriormente projetados, realizando visitas regulares ao local avaliando o desempenho dos profissionais contratados para a sua execução. Neste caso a cobrança se dá através de um percentual a ser previamente combinado, que deve incidir sobre todo e qualquer gasto que esteja diretamente relacionado com a realização da obra, mas com facilidades de negociação.

Trabalho

Vantagens

São muitas as vantagens de contratar este tipo de serviço, e talvez a principal delas seja evitar as incomodações naturais com o gerenciamento da execução do projeto, além de que, sendo o próprio designer o responsável pela fase de execução, está garantido o sucesso do projeto que foi feito em parceria com o proprietário, que por sua vez estará seguro dos resultados finais da reforma ou decoração.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Reforma

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *