Construção de Casas

Construir uma casa dos sonhos para morar com a sua família não precisa custar tanto, com paciência, um bom projeto e a contratação de profissionais competentes é possível ter sua residência pronta em pouco tempo e com investimentos menores. Planejar a construção por si mesmo é uma alternativa mais econômica, pois reduz da balança de custos as comissões para as imobiliárias e às construtoras além de ter a vantagem da personalização para o atendimento das suas demandas.

Contudo, é essencial saber exatamente o que se está fazendo antes, durante e depois da execução do projeto para que a construção da sua casa não se torne um pesadelo. Pensando nisso listamos abaixo algumas dicas fundamentais, continue lendo e sinta que o seu sonho está mais perto de se tornar realidade.

Dicas Para a Construção de Casas

Avalie a Topografia e Orientação Solar do Terreno

Essas são as primeiras ações que devem ser tomadas quando o assunto é construir uma casa. Deve-se observar as condições topográficas do terreno assim como os pontos em que o sol bate com mais intensidade. De maneira geral é interessante que os ambientes mais utilizados da casa fiquem localizados onde o sol bate, pois isso oferece condições mais saudáveis para o ambiente.


No entanto, é necessário dizer que isso não é uma regra exata, pois, há cidades em que o sol é muito intenso e os moradores podem preferir que os ambientes mais frequentados sejam mais frescos, algo comum em casas de praia. Em relação a aclives, desde que pequenos, você pode ficar tranquilo uma vez que podem ser úteis para a adição de escadas no projeto. Fique atento somente a situações em que as escadas possam se tornar perigosas para idosos ou difíceis para indivíduos com deficiências.

Saiba o que Sua Família Pensa Sobre o Projeto

Uma casa não é apenas um lugar para fazer as suas refeições e dormir, trata-se de um espaço de convivência com os entes queridos. Por isso o projeto deve levar em consideração os hobbies e demandas de cada pessoa que irá morar nessa casa. Pense sobre quais são os seus planos para essa casa, pretende envelhecer nesse lugar? Está começando a construir a sua família e pretende ter muitos filhos?

Os cômodos e a lógica arquitetônica da casa devem estar alinhados com o perfil dos seus moradores, no presente e projetando para o futuro. Construir uma casa que daqui a três ou cinco anos não atenderá mais as suas necessidades é se colocar numa posição de gastos desnecessários. Considere que uma casa é um investimento para toda a vida e que desse ponto de vista é essencial conversar abertamente com o arquiteto.

Não deixe de expor o seu desejo por ter mais de um banheiro para o casal preservando a privacidade ou ter um espaço mais amplo para o jardim pensando nas crianças que ainda virão ou até mesmo ter espaços maiores visando adquirir móveis mais largos ou compridos. Ouça o que o profissional tem a dizer a respeito dessas questões para que o projeto seja o melhor para atender as suas necessidades.

Questões Legislativas

Cada município possui as suas próprias regras para a construção de casas ficando sob a responsabilidade do profissional que está gerenciando o projeto – arquiteto ou engenheiro – verificar quais são elas e adequar o planejamento. Dentre essas regras estão os recuos mínimos para as laterais da residência com as indicações de medidas mínimas de zoneamento. Alguns condomínios também possuem as próprias regras que podem incluir a proibição de edículas ou até mesmo o uso de materiais pré-fabricados.

Contratação de Mão-de-Obra

Uma das decisões mais importantes que você irá tomar em relação a obra de construção da sua casa. A contratação da mão-de-obra pode ser feita por meio de pequenas empresas construtoras que estão oferecendo um novo tipo de serviço em que é possível ao cliente prever o quanto investirá por mês e o prazo em que cada etapa da obra será entregue.

Algumas pessoas acabam contratando um pedreiro de confiança para tocar a obra, nesses casos devemos alertar que você poderá ser responsabilizado por não ter um profissional da construção civil gerenciando o trabalho. Deve-se considerar ainda ter uma reserva de dinheiro para custear questões como acidentes e desperdícios de material.

Material de Construção

A base para que seu projeto seja bem ou mal executado, não fique preso a economia na hora de escolher os materiais especialmente as instalações hidráulicas e elétricas, pois futuramente pode acabar trazendo sérios problemas. Juntamente com o engenheiro ou arquiteto responsável pela obra faça a quantificação de materiais que serão utilizados como tijolos, blocos, tinta e cimento. Economizar não é uma opção, mas também não precisa gastar desperdiçar.

Atenção ao Acabamento

Ter cuidados com os pequenos detalhes de acabamento é essencial para evitar desperdício de material e de tempo da mão-de-obra. Prefira investir um pouco mais em materiais com mais qualidade e cores que estejam dentro do seu gosto pessoal para que os ambientes não se tornem cansativos. Tenha uma atenção ainda mais especial para a impermeabilização que poderá resultar em sérios problemas no futuro.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *