Efeito Pátina nos Móveis: Aprenda Como Fazer

É muito comum termos algum ou alguns móveis em casa que já não gostamos muito, mas por alguma razão, não gostaríamos de nos desfazer dele. Reformá-lo completamente para dar uma nova graça custa tanto que não vale a pena e parece que ficamos sem solução. Na verdade não, existe sim uma alternativa que é de restaurar esse móvel. E estamos falando de um verdadeiro “faça você mesmo”.

Usando a técnica da pátina dá para reformar vários móveis de casa e eles além de cara de novos ficarão charmosos e elegantes.  Veja como fazer!

O primeiro passo é anotar os materiais necessários: tinta acrílica de uma tonalidade escura (da sua preferência), pincel com cerdas macias, verniz em spray, lixa, tinta acrílica na cor branca e um segundo pincel com cerdas grossas.

Siga o Passo a Passo:

  1. Comece lixando toda o móvel ou somente as partes que deverão ser pintadas usando a técnica da pátina. Esse trabalho deve ser feito com paciência para deixar o móvel pronto para receber a tinta, aproveite para tirar irregularidades da madeira. Terminado, use um pano úmido para retirar toda a poeira provocada pela fase de lixar. Deixe secar naturalmente, antes de dar início a pátina..
  2. O trabalho de pintura deverá ser iniciado com o uso do pincel de cerdas macias. Você deverá usar a tinta branca para pintar todo o móvel ou a parte dele que será trabalhada. Se achar que uma demão não é suficiente, espere secar, e faça uma segunda. Você pode usar um secador de cabelos para ajudar na hora da secagem.
  3. Quando a tinta branca estiver seca, com o pincel mais grosso, será a hora de passar a tinta escura. Ela deverá ser passada na direção contrária que foi passada a branca e de forma “grosseira”, isto é, com pouco cuidado. Espere secar e dê mais uma demão de tinta branca.
  4. Agora chegou a hora de fazer o efeito “desgastado”, característico da pátina. Com a ajuda da lixa, você deverá lixar levemente a última camada de tinta branca, até que comece a ver a tinta escura. Quando o efeito for aquele que te agrada, use o verniz em spray para deixar o seu móvel com cara de novo.

Como Fazer Pátina Envelhecida nos Móveis

A pátina envelhecida é muito usada, principalmente na madeira e no gesso, serve para inovar molduras de quadros, conceder mais charme a porta-retratos e também pode ser usada em pés de abajur ou outros objetos de decoração. Para fazê-la é necessário usar tom sobre tom, falando de cores, mas, também é fácil conseguir um bom resultado, fazendo mistura de tons.

Veja o que é Necessário Para Colocar em Prática Essa Técnica!

  • A principal ferramenta para fazer a pátina envelhecida é a palha de aço e você deverá envolver nas mãos a “ferramenta” fazendo com que ela se torne uma bolinha. Faça várias, porque serão necessárias para fazer o seu móvel. Lembre-se que não é força que faz diferença ao enrolar as bolinhas, e sim, que elas sejam mais ou menos do mesmo tamanho e não se desenrolem na hora do uso.

Anote o Passo a Passo Para Fazer a Pátina Envelhecida nos Móveis:

Uma dica que nos deixam os experientes, antes de trabalhar diretamente no móvel, procure treinar em um pedaço de madeira a técnica. As cores que serão usadas também, as teste em outro pedaço de madeira e só depois pegue o seu móvel para fazer a transformação.

  • Limpe a superfície que irá receber a pátina
  • Em seguida, separe a tinta que servirá para fazer de fundo para o trabalho na cor branca. Considere as cores azul e bege para o acabamento, costumam ficar ótimas.
  • Você também pode conseguir tons incríveis fazendo misturas, como por exemplo: amarelo, preto e ocre.
  • Agora que você já pensou nas cores, pense em como deverá pintá-la: com rolo ou com pincel. O sentido correto de aplicar a tinta é naquele dos “veios” da madeira. Uma vez pintada, espere secar, naturalmente, por completo.
  • Quando passar a palha de aço, na preparação, é normal que aconteçam arranhados, que se misturam a técnica e tornam-se imperceptíveis. 
  • Quando se usa cera incolor na versão pasta para dar mais brilho a madeira, a aplicação deve ser feita com pano ou estopa, essa segunda, melhor ainda.
  • Para finalizar passe a cera incolor novamente, o ideal costuma ser aplicá-la pelo menos 3 vezes para que o resultado fique perfeito. Lembrando que entre uma passada e outra é necessário esperar a secagem completa.
  • Se você vai finalizar com a cor azul, nós recomendamos, prefira a tonalidade mais forte e ela deverá ser aplicada no móvel depois de ter terminado o lustre final.
  • Depois de passar por essa fase é o momento da secagem. Ela deve ser completa e uma vez terminada, mais uma vez você deverá passar a cera incolor, sempre com uma malha de algodão ou um pedaço de estopa. Não tenha preguiça, lustre bem o móvel e depois prepara-se para usar o betume. Aguarde meia hora depois da última passada da cera.
  • O betume antes de ser usado deve ser diluído em aguarrás e é nesse momento que você deverá usar a palha de aço fina. Passe uma demão do betume e em seguida, use a palha de aço. Faça isso, usando uma luva para não manchar as mãos. 
  • Mas, antes de usar a palha de aço, verifique se tem excesso do produto e retire com a estopa ou com o pedaço de malha.
  • Faça os riscos com a palha de aço fina sempre na mesma direção. Se você fizer muitos riscos paralelos o acabamento não ficará tão natural.
  • Caso você perceba um tom esverdeado depois de usar o betume é o efeito do produto misturado as cores azul e verde. Aguarde que seque de um dia para o outro para finalizar.
  • Para finalizar a peça, use verniz brilhante ou fosco e não mais a cera. Lembre-se que o efeito pode variar muito de uma peça para outra ou mesmo na mesma peça, mas é nisso que está a graça da pátina.

Posts Relacionados

Confira mais dicas de como restaurar móveis e dar uma cara nova a uma peça antiga. O estilo provençal de móveis engloba peças de vários tipos, com um toque vintage. Trata-se de uma decoração rústica que ao mesmo tempo é delicada.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Móveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *