Como Colocar Tampo de Vidro em Mesa de Madeira?

Vidro

O vidro é um material muito antigo que é encontrada em forma sólida e amorfa, é muito utilizada em objetos de decoração e em moveis gerais. Em termos de matéria-prima o vidro possui um material cerâmico diferente por ser transparente, que também precisa ser moldado e depois resfriado para garantir a forma desejada, a partir de uma massa liquida à base de sílica.

Como característica principal do vidro temos a sua fragilidade, sendo formado por óxidos metálicos que precisam ser colocados a temperaturas muito baixas para ser resfriadas e chegarem a atingir a dureza que conhecemos o vidro. Possui a facilidade de adquirir diversas formas com superfícies lisas ou ásperas, mas sempre impermeáveis. Todas essas propriedades vem a partir dessas temperaturas, para conseguir moldar o vidro precisa de 1250 °C, a qual o material entrará em fusão.

Por isso todo o processo é feito a maioria dentro do forno, o vidro é retirado antes de fundir totalmente, para que possa ser moldado a partir de uma massa já unida, assim consegue agilizar e não ficar difícil de manusear por conta da temperatura.

A sua composição comum é formada por areia, alumina, barrilha, calcário e se necessário corantes. Para tomar forma é necessário que o vidro possua estabilizantes ( para que não seja solúvel), vitrificantes ( para dar aparência de vidro) e fundentes ( para facilitar a fusão da massa). A areia é a matéria-prima principal, por conter sílica.

O que faz o vidro ser como ele é são suas propriedade muito peculiares, como dureza, impermeabilidade, baixa condutividade térmica, durabilidade e transparência. A maior vantagem da produção com o vidro é por ele ser reciclável, versátil, de difícil corrosão e higiênico.

Porém é bem difícil de manusear em sua produção e depois de pronto pelo peso relativamente alto e por ser bastante frágil.

Tipos de Vidro:

Vidros para construção civil são os vidros que usamos em janelas, portas e sacadas. Podem ser refletivos, temperados, lisos, anti-reflexos, entre outros, dependendo do local e do preço disposto a gastar.

Os vidros para uso domésticos são os que usamos no dia-a-dia, sendo pratos, copos, travessas, etc. Já os vidros utilizados em embalagens que muitas vezes acabam sendo usados depois em casa são frascos, potes e garrafas, e possui um padrão de cor para a comercialização que seria o branco, verde e âmbar.

Em locais muito frio as fibras de vidro são muito utilizadas para ajudar no aquecimento em forma de tecidos e mantas. Outro tipo de vidro são os técnicos, utilizados em laboratórios, lâmpadas e tubos de TV, possuem esse nome por precisarem de maior técnica e testes para suportar aos aquecimentos de reações.

O vidro temperado muito usado em casas sendo referência em maior resistência, passa por processo de fabricação com choque térmico pesado, porém com isso não pode ser mais lapidado. Por isso não se vê muito vidro temperado em lugares que precisam de muitos recortes.

Ainda é possível haver uma cristalização do vidro para maior resistência, para isso aplica-se uma temperatura bem alta em um vidro comum. Para os vidros coloridos, cada cor precisa de uma substância especifica que deve ser colocada antes de fundir o material.

E os vidros mais utilizados em móveis e em decoração são os vidros beneficiados, que conseguem receber tratamentos para deixá-los mais sofisticados, podendo ser lapidado, pintados, laqueado entre outros processos.

Vidro em Decoração

Por proporcionar grande versatilidade o vidro é usado em diversos artigos, um muito comum é em tampos de mesa, que se adequa em diversos lugares da casa dependendo de como for empregado. Quando comprada pronta ela acaba saindo bem mais cara por conta do acabamento do pé da mesa e do tampo de vidro. Por isso comprar as partes separadas as vezes pode ser uma boa ideia.

Deve-se escolher a melhor maneira de fixar dependendo do vidro, da espessura que ele possuir, do formato e da inclinação ( quando for outros objetos), pode ser usado colas próprias para vidro, fitas antiderrapantes ou parafusos.

Uma dica muito importante é sempre utilizar cantos mais suaves para que não ocorra acidentes. Se não for necessário muitos cortes e lapidações, escolha o vidro temperado para o tampo da mesa. Opte por espessuras não tão grossas para que não fiquem extremamente pesado.

Para a aplicação é necessário que o vidro esteja bem limpo e higienizado, juntamente com o suporte que o sustentará. Utilize um cola especial para vidro industrial, lembrando que ela deve ser transparente ao secar para não aparecer ao secar.

Preste bastante atenção no local onde irá colar, para que seja feito com precisão, pressione um pouco e aguarde vinte e quatro horas para que a cola seque por completo.

O bom do vidro é que ele cabe em qualquer decoração, somente mudando a base já consegue se adequar a moda.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Móveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *