Erros Mais Comuns No Projeto Da Cozinha

A Cozinha Nossa De Cada Dia

A cozinha dos sonhos de qualquer dona de casa é aquela casa limpa, organizada e espaçosa. Mas na prática a teoria é mais complicada do que imaginamos até porque nos preocupamos tanto com uma boa estética, que esquecemos a real função da cozinha em ser prática e funcional na preparação de alimentos no dia a dia. Desse modo ela tem que ter um projeto que a permita estar apta as reais funções executadas dentro daquele cômodo.

A Cozinha Nossa De Cada Dia

A Cozinha Nossa De Cada Dia

E para evitar o retrabalho e o prejuízo, o melhor a ser feito é planejar com calma a sua cozinha conforme as necessidades medindo e destinando em uma planta o espaço ideal para cada móvel e eletrônico que se deseja ter dentro dela e não ficar fazendo testes reais com esses objetos de um lado para o outro até que se encaixe em algum lugar.

Depois aposte a tarefa de execução em uma equipe confiável que cumpra o planejado ou pelo menos tente cumprir, mas antes de tudo pesquise sobre esse assunto em sites, revistas ou conte com a ajuda de um profissional como o Design de Interiores por exemplo. Saber ouvir é um dom e sem dúvida vale a pena ouvir experiências de terceiros que já erraram ao projetar a cozinha para que você não possa repetir os mesmos erros.

Quanto à Pesquisa Citada, As Primeiras Questões a Serem Abordadas São Pessoais:

  1. Qual o espaço disponível?
  2. Quais as necessidades e características de quem utilizará mais o ambiente?
  3. Com que frequência à cozinha será usada? Diariamente ou eventualmente?
  4. Quais os hábitos da família?
  5. Qual o estilo que se deseja?
http://www.youtube.com/watch?v=nENbFeBweeg

Segundo pesquisas aleatórias na internet encontramos alguns dos erros mais frequentes, e sugerimos formas de como evitar:

  • Cozinha elegante e pouco prática:

Essa é uma característica comum das donas de casa de “primeira viagem”. Elas se inspiram nas cozinhas de revistas e em programas de culinária e acabam comprando muitas coisas para adicionar a cozinha, mas esquecem de que essas cozinhas que elas se inspiraram são meramente ilustrativas e na prática pouco serve;

Diferentemente dessa cozinha de “Barbie” que elas constroem, repletas de detalhes minimalistas e decorações, qualquer dona de casa precisa mesmo é preocupar se em projetar e construir uma cozinha pratica, preocupando-se com as reais atividades que terá que executar ali.

Claro que dá pra unir as duas coisas, basta ter os pés firmes no chão e superar a tentação de encher a cozinha de mimos decorativos fáceis de quebrar e espalhados em locais inconvenientes da cozinha que podem ser lançados ao chão na correria da preparação uma refeição atrasada.

Cozinha elegante e pouco prática

Cozinha elegante e pouco prática

  • Errar no público alvo.

Também incentivado por inspirações surreais diversas, coisas tipo novela, muita gente copia uma cozinha apenas por achar bonito, acreditando ilusoriamente que toda cozinha é igual, mas o formato faz sim muita diferença.

Uma cozinha em Formato em U, por exemplo, é perfeito para uma quem tem pouco espaço disponível, e precisa de boa circulação e otimização do espaço, pois as coisas ficam localizadas na laterais e você pode se locomover livremente no centro da cozinha sem ter que desviar de nada.

Aos que desejam integrar cozinha a um espaço para refeições rápidas a Cozinha Formato em U também é a mais indicada só que dessa vez com uma bancada adicional que além de dividir a cozinha, integra aos outros cômodos, dessa forma a cozinha não fica totalmente isolada nem tão exposta você ainda ganha um espaço para atividades extras e refeições.

Para quem tem um amplo espaço disponível para a cozinha e não se incomoda ou perde a concentração em preparar refeição sendo observado por outras pessoas, existe a Cozinha Formato em U com ilha ou mesa ao centro. Pois esse tipo de cozinha além de exigir mais espaço disponível para a circulação é um convite para a presença de outras pessoas.

  • Em contrapartida as Cozinhas Formato em L

São ideais para quem tem que montar uma cozinha pequena e deseja um formato mais prático. Geralmente está próxima de outro cômodo e a vantagem é que os moveis estão todos próximos as paredes deixando um dos lados e o centro mais livre que as outras cozinhas citadas.

  • Erros mais comuns

Deixar fogão, geladeira e pia muito próximos é um grande erro, por questões de temperatura, e de espaçamento. Pois cada um deles precisa de um espaço para serem acomodados e um espaço externo para atenderem suas necessidades. Mas deixar muito distantes é pior ainda. Por isso mais recomendável é deixa-los um pouco próximos ou pelo menos do mesmo lado sendo que a pia deve estar entre o fogão e a geladeira por atender a demanda dos dois eletrodomésticos.

Em caso de cozinhas muito estreitas, e não houver opção em distanciar, deixe o fogão e a geladeira de lados opostos ao lado da pia.

  • Errar na hora de posicionar a altura do armário superior e a pia, é preciso considerar a altura das pessoas que mais utilizarão a cozinha, para só então habilitar os moveis e pias que dependem diretamente da previsão da a altura de alguém. Um pequeno erro na altura pode causar acidentes domésticos e dores de coluna.
  • Deixar móveis muito próximos uns dos outros, como armários com abertura de portas opostas pode atrapalhar a utilização de ambos simultaneamente e a circulação das pessoas enquanto eles estiverem sendo usados. Por isso é importante respeitar uma margem de distanciamento entre eles.
  • Escolha acabamentos e materiais fáceis de limpar: Apesar de alguns itens no mercado serem propostas tentadoras por sua beleza ou preço, é importante estar atento que a cozinha é um cômodo que enfrenta a gordura, umidade, e o aquecimento com frequência, e materiais como emborrachados entre outros, não são recomendados para enfrentar as necessidades da cozinha;
  • Espaço livre: é comum esquecermos de deixar espaços livres para eventuais atividades, mas na sua cozinha não esqueça de deixar um determinado para a exposição de artigos usados com frequência como os temperos, se você não puder deixar um local exclusivo para eles ao lado do fogão, uma bancada livre ajudara no dia a dia.
  • Atenção: Para o chão, escolha revestimentos antiderrapantes e fáceis de limpar, pois a maioria dos acidentes domestico acontecem dentro da cozinha e se referem aos tipos de materiais que escolhemos para realizar algumas atividades.
  • Ventilação, circulação e iluminação natural: Pense na funcionalidade das coisas, habilite sua cozinha para utilizar as fontes de energia e ventilação natural, bem como não utiliza-las quando você não quiser. Pode moderar isso adicionando janelas , portas, cortinas apropriadas para o ambiente.

Agora você não tem mais a desculpa que errou porque não sabia como fazer, depois de todas essas dicas, você está mais que apto a deixar sua cozinha com a sua cara e sem erros!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Projetos

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *