Tipos de Faca e Suas Utilidades

A faca é um utensílio muito útil usado na cozinha. O seu uso tem que ser cuidado, visto que pode ser perigoso e deve ser sempre mantido longe do alcance das crianças. Faca é qualquer objeto cortante capaz de ser apanhado. É uma das ferramentas mais primitivas da humanidade e é o símbolo da consciência discriminadora (de separar as coisas) humana.

Existem vários tipos de faca que variam de acordo com a sua utilidade. Elas podem ser usadas para as mais diferentes aplicações, como ferramenta, arma ou simples objeto de decoração e para cada função existem diversas combinações de geometrias de lâminas, tipos de metais e métodos de fabricação, cuja combinação a torna adequada a determinado tipo de uso.

Imagem de Amostra do You Tube

  • O Surgimento das Primeiras Facas

As primeiras facas são datadas da época da Idade do Bronze, aproximadamente 6,5 milhões de anos antes de Cristo e seu aparecimento, segundo os historiadores, deu-se na Ásia Menor. A sua função era a de cortar os alimentos e leva-lo à boca e que foi substituído posteriormente pelo garfo.

Ao longo da sua história, as facas foram criadas e recriadas das mais diferentes características e utilidades.

  • Alguns Tipos:

As facas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não têm mil e uma utilidades, pois cada uma tem a sua especificidade e usar a faca adequada para cada atividade, pode fazer toda a diferença. As facas culinárias têm como objetivo a chamada “découpage”, ou seja  trinchar, filetar, fatiar as carnes, aves, peixes. Os utensílios de melhor qualidade são as facas com cabo em material sintético e lâmina em aço inoxidável com liga cromo -molibdênio.

Antes de comprar uma faca, é essencial definir qual será sua aplicação, pois existem modelos e tipos apropriados para cada atividade. Para fazer uma boa escolha, é importante verificar os seguintes aspectos:

• Equilíbrio de peso entre cabo e lâmina;

• Qualidade do fio da lâmina (liso ou serrilhado);

• Empunhadura;

• Acabamento final da faca

As facas culinárias apresentam os seguintes tipos principais, indicadas em ordem decrescente de tamanho médio de cada tipo:

  • Faca de “chef” –Modelo versátil, serve para quase tudo, principalmente para cortar carnes. Tem lâmina longa (20 a 30 cm) e larga, ponta ligeiramente curva;
  • Faca de Carnes: Parecida com a faca do chef, a faca de carne possui uma lâmina grande, forte e afiada, medindo cerca de 40 cm. É indicada para cortar peças de carne de uma única vez, sem o movimento vai e vem;
  • Faca para filetar – A lâmina desta faca é longa, tem a ponta arredondada e, o mais imporante, tem pequenas ranhuras que permitem a passagem do ar, facilitando o corte em fatias extremamente finas. É a faca ideal para cortar filetes de salmão, de presunto e de carne;
  • Faca Japonesa – Pode ser utilizada para todos os tipos de cortes. Esta faca possui o gume quase reto com sua ponta voltada para baixo, extremamente segura para trabalhar na tábua;
  • Faca Sashimi – A afiação da faca de sashimi é apenas do lado direito. O lado esquerdo da faca é totalmente plano, possibilitando um acabamento liso, perfeito. Ideal para sashimis, postas de peixes já limpos. A mais indicada é a de 10 polegadas.
  • Fiambre fio ondulado – Serve para cortar carnes cozidas, industrializadas, embutidos. A faca deve ser comprida, estreita e a lâmina fina, para cortar em um único ato.
  • Faca de Churrasco – A faca para churrasco mais apropriada é a de fio liso, lâmina estreita, pequena. Permite cortes retos.
  • Faca Cutelo – Tem angulação obtusa, 90°. Sua afiação é de 45° de cada lado. A faca deve ser pesada e quanto maior for melhor. Por isso, recomenda-se a de 6 ½ polegadas. Própria para cortar ossos de pequenos animais.Uma faca para cada corte;
  • Faca de Serra: Famosa “faca de pão”, esta faca tem a lâmina longa e serrilhada. Isto permite que o corte não machuque o alimento a ser cortado. Mas para isso a lâmina deve se fina e rígida. Esta faca também serve para cortar alimentos duros como chocolate e amêndoas e alimentos macios como bolos e tomate;
  • Faca lisa – A lâmina desta faca é bem fina e lisa, seu comprimento é um pouco menor do que o da faca do chef e a sua ponta é levemente arredondada. Todas estas características fazem com que esta faca seja especial para o corte de fatias bem finas de frios e de pratos delicados como a massa folhada;
  • Faca para desossar – Faca especial, com lâmina curva e ponta fina, que ajuda a alcançar lugares de difícil corte e acesso. Seu verso mais robusto é especialmente feito para quebrar os ossos. Pode ser usada em carnes, aves e peixes;
  • Faca para legumes – Tem uma lâmina menor, usada para cortar e descascar legumes e vegetais. Seu tamanho reduzido foi feito para que o manuseio seja mais seguro e mais rápido;
  • Faca para tornear ou esculpir – bem pequena, lâmina bem curva, usada para esculpir e tornear frutas ou vegetais;
  • Faca de Cerâmica: As facas de cerâmica, novidades no mercado, são mais leves e não perdem o fio com tanta facilidade. Entretanto, não é indicada para o corte de carnes e necessita de um profissional especializado para sua manutenção;
  • Faca de Acrílico: Ideal para cortar folhas, as facas de acrílico evitam a oxidação dos alimentos. Contudo, o fio não é forte nem afiado o suficiente para ingredientes que requerem mais força.

Tipos de Lâminas

Existem, basicamente, três tipos de lâminas,

•Hollow Ground, na qual a superfície é côncava, privilegiando cortes finos e superficiais. Porém, é uma lâmina com menos resistência a impactos;

Lâmina tipo Hollow Ground

Lâmina tipo Hollow Ground

•Flat Ground, na qual a superfície é reta, privilegiando cortes mais profundos. Essa lâmina confere maior resistência a impactos, tornando-a ideal para tarefas pesadas;

Lâmina tipo Flat Ground

Lâmina tipo Flat Ground

•Convex Ground, na qual a superfície é convexa, exatamente o oposto do tipo Hollow Ground. Atualmente, é a menos usada, exatamente por não apresentar vantagens significativas em relação às outras.

Convex Ground

Convex Ground

Algumas Dicas de Conservação e de Uso:

• Lave sempre as facas após o uso, utilizando sabão neutro, isento de cloro; água; e uma esponja ou pano macios;

• Não deixe resíduos de alimentos sobre as facas por longos períodos de tempo;

• Após lavar, seque imediatamente;

• Nunca utilize produtos abrasivos sobre as lâminas, tais como palha de aço e sapólios na forma de pó;

• Mantenha a afiação sempre em dia;

• Afie as facas com uma chaira ou afiador de boa qualidade que facilite a afiação;

• As boas facas de cozinha são desenvolvidas para cortar alimentos. Não usá-las em corte por impacto ou em grandes flexões laterais, pois este tipo de operação poderá ocasionar “dentes” no fio ou quebra da lâmina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>