Plantas Que Ajudam na Segurança da Casa

Todos os dias ficamos sabendo através de jornais e revistas que diversas casas são assaltadas, parece que nem mesmo os sistemas de segurança mais sofisticados têm conseguido evitar que os ladrões ataquem. Porém, o que muitos não sabem é que um jardim bem cuidado e projetado corretamente pode ser um grande aliado para garantir a segurança da casa.

É válido ressaltar que ao mesmo tempo que um belo jardim pode ser um ótimo aliado para a segurança, também pode se transformar num local propício para os ladrões se esconderem. Dessa forma, siga as nossas dicas e tenha um jardim realmente seguro e sem nenhum ponto cego para bandidos.

Dicas Práticas Para Ter um Jardim Aliado

  • Os Espinhos Pelo Caminho

As plantas que possuem espinhos são uma das melhores opções para as pessoas que estão pensando em cultivar o jardim como um aliado na proteção e segurança do lar. Plantas como o sansão do campo (Mimosa caesalpineafolia) e a chamada coroa de cristo (Euphorbia milli) são as que mais se destacam dentre as escolhas para a criação de uma cerca-viva.

Esse tipo de planta cria um tipo de delimitação de áreas dentro do jardim, bem como obstáculos para quem tenta invadir. As cercas-vivas têm perdido espaço nos jardins devido ao fato de que são consideradas menos eficientes que outros tipos de plantas para contribuir com a segurança e também porque demandam uma manutenção bastante difícil.

Os muros altos têm substituído de forma intensa as cercas-vivas, arbustos e árvores. A nossa dica é buscar um equilíbrio entre os dois elementos, é possível contar com a proteção de um muro alto sem precisar abrir mão das suas plantas de cerca-viva.

  • Cercas-Vivas

As cercas-vivas são uma escolha bem comum para quem deseja restringir o acesso a sua casa, embora tenham perdido espaço para os muros altos. As espécies arbustivas e que tenham espinhos são as mais indicadas para serem utilizadas na composição desse tipo de cerca.

Além de garantir a proteção contra ladrões, esse tipo de cerca pode ser uma boa opção para quem tem crianças em casa e deseja inibir que eles escalem o muro e se debrucem sobre o mesmo.

Conheça Melhor Algumas das Principais Plantas Utilizadas nas Cercas-vivas:

  • Piracanta – Uma planta que contém uma grande quantidade de espinhos em seu caule. Um dos principais diferenciais dela é que cresce bem rapidamente. Pode atingir entre 3 e 5 metros.

  • Coroa de Cristo – Essa planta é toda composta de espinhos e tem um crescimento bastante rápido também. Porém, fique atento ao fato de que essa planta possui um tipo de veneno. O seu veneno lembra leite e, por isso mesmo, deve-se tomar cuidado com as crianças.

  • Sansão do Campo – Apesar de ter poucos espinhos, essa planta tem uma grande resistência, dificultando a invasão de bandidos. Também resiste a mudanças no clima e até queimadas.

  • Pingo de Ouro – Essa planta não contém espinhos, mas como tem um crescimento bastante rápido é muito utilizada como cerca-viva.

Cuidado e Planejamento

Quando estamos pensando em ter um jardim em casa devemos saber que ele vai demandar um bom tempo. Porém, além de observar o quanto ele é bonito, devemos nos preocupar com a segurança que ele nos oferece. Dessa forma, escolher as espécies certas e evitar plantas que facilitem os esconderijos de bandidos é muito importante.

Além disso, é necessário ter cuidado com as podas e também com a conservação do jardim, pois um jardim mal cuidado é um espaço aberto para invasões. Outro cuidado que deve ser tomado é observar que as plantas e arbustos não podem, de forma alguma, interferir no trabalho dos equipamentos de segurança.

Observe se as plantas que você escolheu para o seu jardim obstruem de alguma forma as câmeras de segurança ou interferem no trabalho dos sensores de movimento. Se isso acontecer, mantenha a poda em dia e assim poderá ficar mais seguro de que essa interferência não será grande.

Menos Sempre é Mais

Em geral, os especialistas na arquitetura de jardins seguros indicam que se tenha um espaço clean com plantas num tamanho médio e que não obstruam a visão e nem criem espaços de penumbra ou pontos cegos.

Menos é mais quando o assunto é escolher a quantidade e também os tamanhos das plantas. Assim, quanto menos plantas e menos exagero nos seus tamanhos, melhor. A medida certa é quando você consegue ter uma visão clara da parte de fora da sua casa.

Cuidado também com os arbustos que podem servir como escada para os ladrões escalarem e invadirem a sua casa. Mantenha a poda em dia e evite árvores muito altas. Uma boa dica de escolha de árvores para um jardim seguro são cicas (Cycas revoluta), Palmeiras e buxinhos (Buxus sempervirens).

Plantas Venenosas

Uma curiosidade é que existem algumas plantas que contêm veneno e, por isso mesmo, são utilizadas como forma de proteção em jardins. Esse tipo de planta representa um grande risco no dia a dia de quem tem crianças e animais domésticos em casa.

O mais importante é cuidar para ter uma quantidade mínima desse tipo de planta para evitar acidentes de grandes proporções. Consulte um paisagista para encontrar as melhores opções para o seu jardim. Uma das plantas venenosas mais comuns de serem encontradas em jardins é a Coroa de Cristo.

Algumas Dicas

  • Manutenção do Jardim

Como já enfatizamos, a manutenção do jardim é um dos pontos importantes para que ele seja o seu aliado e não implique em mais dificuldades de segurança. A poda é muito importante, mas se é difícil para você realizar essa manutenção com frequência, a dica é escolher plantas do tipo berbere japonês (Berberis thunbergii) que tem crescimento lento.

Quanto mais tempo demorar para as plantas crescerem, mais tempo você terá para se organizar para fazer a poda. Mesmo assim, mantenha um registro e uma boa frequência nas aparadas do seu jardim.

Quando o jardim em questão é muito grande é legal contar com a ajuda de um jardineiro profissional, pois assim você terá garantias de estar fazendo a poda e manutenção de maneira correta. Saiba que é importante que as plantas escolhidas para o seu jardim se adaptem ao clima da região em que você mora.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Paisagismo

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *