Como Reformar Uma Estante Velha

Se a sua estante de madeira está velha e chegou a hora de trocar, mas o orçamento está apertado, não tem problema, tem uma solução para ter uma nova gastando bem pouco: reforma. Você pode reformar a sua estante velha e deixá-la como nova.

E quem gosta de colocar a mão na massa, pode até mesmo comprar uma estante velha e deixá-la novinha em folha para dar um toque especial a sala de estar.

A Seguir, Você Encontrará o Passo a Passo Para Reformar uma Estante Velha. Veja!

1- Remoção dos acessórios da estante

O primeiro passo é retirar todos os acessórios da estante, isto é, alças, puxadores, entre outros. Preste muita atenção para que não fique nada perdido, o ideal é guardar tudo no mesmo saco e com identificação pelo lado de fora. É muito comum depois bater aquela dúvida do que é o que e isso pode acabar comprometendo a montagem de volta.

2- Lixar a madeira pra retirar o verniz

Quando você vai pintar um móvel de madeira é necessário antes retirar o acabamento que já existe nele, que normalmente, é de verniz. Para isso, existe uma lixa ideal para madeira e de preferência procure uma de “grão médio”. Se tiver uma lixadeira elétrica é bem melhor, principalmente, quando é necessário trabalhar nas laterais e na parte superior do móvel.

Com a lixa você não só estará removendo o verniz, como os resíduos deixados pelos produtos químicos de limpeza, a cera e até mesmo a sujeira que vai se acumulando durante o passar do tempo.

O modo correto de passar a lixa é sem fazer muita força e uniformemente em cada pedaço do móvel. É importante não deixar que uma parte do objeto fique mais desgastada que a outra, por isso, faça com muita atenção e de forma igual.

Algumas Dicas Para Lixar sem Errar:

  • O modo correto de leixar é seguindo a direção do grão da madeira e nunca ao contrário.
  • Se você lixar na direção contrária do grão de madeira pode causar arranhões permanentes no seu móvel.
  • Quando a superfície do seu móvel de madeira for curva, use com a lixa em um item macio, como se estivesse enrolando uma meia.
  • Muito cuidado na hora de lixar partes torneadas, como as pernas, o que é muito comum e madeira esculpida. Se você não lixar com cuidado, pode acabar danificando o formato do móvel.

3- Reparação dos móveis antes de reformá-los

Depois de lixar e antes de pintar é hora de reparar os defeitos do móvel, como arranhões muito visíveis, rachaduras ou até lascas que foram tiradas. Não tente pintar sem antes consertar com a ajuda da lixa porque o resultado será uma pintura desigual, com defeito.

4- Depois da lixa fina a lixa grossa

Depois que você tiver trabalhado com a primeira lixa é hora de usar uma lixa bem fina, sempre apropriada para madeira. Essa segunda lixa serve para igualar a superfície do móvel, principalmente, quando ele possui os defeitos que foram citados anteriormente. Em alguns casos, para sanar esses efeitos é necessário usar massa de madeira.

Terminada essa fase é hora de limpar a superfície do móvel e para isso basta usar um pano limpo sem nada e que não tem fiapos. Ele servirá para retirar toda a poeira da madeira e partículas do próprio material.

5- Hora de pintar e reformar a sua estante velha

Antes de passar a tinta que deixará a sua estante novinha em folha use um primário que é o produto que ajuda a segurar melhor a tinta. Usando o primário antes da pintura, ela durará por muito mais tempo. De preferência, use uma tonalidade mais clara do que da cor que foi escolhida para pintar e reformar a estante.

6- Como escolher a tinta ideal para reformar a estante velha

A grande maioria de tintas vendidas podem ser usadas para aplicar na madeira, mas é melhor escolher aquela que é adequada a esse tipo de material. Algumas dicas para ajudar na escolha da tinta, veja:

  • Se você está querendo que o seu móvel fique elegante, aposte em tintas com acabamento brilhantes.
  • Para dar um efeito de móvel sofisticado, as tintas foscas e casca de ovo cumprem bem essa missão.

7- Para pintar o móvel o que usar

O ideal é usar um rolo de espuma pequeno, mas também será necessário ter um pincel para fazer os ângulos, de cerdas macias. Atenção para não fazer movimentos com o pincel ou rolo para lados diferentes. Escolha um único lado e faça toda a pintura seguindo o mesmo.

8- Não esqueça do acabamento

Você está reformando a sua estante, então, faça o trabalho completo, depois de pintá-la, pense no acabamento. De preferência use uma cera ou um selante. Outra opção para quem quer uma peça diferente é usar produtos que dão a aparência de antigo.

9- Recolocação dos acessórios

Só recoloque cada coisa no seu lugar depois que tiver certeza que a tinta está seca por completo. Use ferramentas adequadas para ter certeza de que tudo foi colocado com segurança, corretamente.

Outras Dicas Para Reformar uma Estante Velha Pintando

  • A tinta deverá ser a base de água e é importante, para preservar os pincéis, usar sabão com água morna. Não precisa usar solventes para limpeza desse tipo de tinta, mas cuidado com o contato dela com a pele, não é recomendado.
  • Lembre-se que quanto maior for a qualidade da tinta mais tempo a cor escolhida ficará bonita como quando for pintado. O efeito dura mais tempo. Então, neste caso, é melhor não economizar muito. Uma tinta ruim pode representar um problema bem próximo.
  • Lembre-se que tintas acrílicas à base de água são aquelas que tem menos cheiro e que secam bem rapidinho, ao contrário das tintas à base de solvente.

Mais Dicas:

Além da pintura, dá para reformar a estante velha usando outros artifícios, como por exemplo, aplicando papel. Dá para cobrir com papel e cola adequada para ficar bem fixo na madeira. Porém, esse método não funciona caso ela esteja danificada, porque a parte estragada ficará em destaque.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Móveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *