Como Proteger os Móveis da Maresia

Morar perto do mar tem diversas vantagens. O clima é mais ameno, o período de calor intenso acaba sendo propício para um mergulho e a paisagem é divida, mesmo nos dias em que os humores não estão lá muito bons. Mas há uma desvantagem que todo mundo lembra: a maresia. Ela é uma grande vilã do ferro e dos móveis em geral, deixando estragos que diminuem a sua vida útil.

A boa notícia é que você não tem que se mudar ou desistir do seu sonho de um imóvel à beira mar por conta da maresia, pois há como resolver. O problema afeta moradores até mesmo em faixas de 2 km de distância da praia, por isso é indicado cuidar do problema ao invés de pensar em vender tudo e ir para o campo. E não dá tanto trabalho assim como você deve estar imaginando.

Entenda o Problema

Você não pode prevenir a entrada de ar do mar em sua casa, então terá maresia em sua casa. Por isso a proteção é feita nos móveis, já que a corrosão ocorre neles, mas não só neles: pode ser em grades, portas, janelas e tudo o mais que puder ser corroído, dependendo do material.

O vento que vem do mar traz consigo uma combinação de umidade, o oxigênio ou substâncias químicas oxidantes, extremamente corrosiva. É por isso que móveis de quem mora à beira mar costumam durar bem menos em comparação com as pessoas que moram na zona campestre ou um pouco mais distante da praia. Esta onda de vento carregada de combinação tóxica para os móveis não há como evitar, mesmo fechando a janela. Hora ou outra ela tem espaço para penetrar na sua casa.

Dicas Para Proteger os Móveis da Maresia

Prefira tudo o que não seja de ferro puro

Quando os móveis tubulares eram moda no Brasil por serem leves e terem baixo custo, as pessoas começaram a comentar depois de um ano o quanto o móvel era vagabundo. Não é bem assim. Ferro todo de ferro em sua versão mais fina e barata, a maresia era fatal para eles. Por dentro eles enferrujavam e quebravam com bastante facilidade.

Alguns metais não sofrem ação da maresia, como o alumínio, por isso ele anda tão popular em portas e até em móveis. São mais caros, mas sua previsão de duração é de mais de 30 anos, as vezes até mais. Você poderá ter que investir em fechaduras novas e até mesmo em chaves. Mas mesmo morando à beira mar, o portão em 20 anos vai estar novinho em folha. O mesmo material pode ser encontrado em cadeiras, mesas e até racks ao invés do ferro.

Passe uma camada de verniz em seus móveis

A maior parte das revistas de artesanato indicam o verniz como capa protetora para dar brilho, mas sua principal função é proteger a madeira e sua cor original. Além de prevenir a perda de pigmentos de sua madeira, o verniz também irá proteger o móvel da maresia de forma bem eficiente. Aplique uma camada de verniz incolor se sua ideia é proteger os móveis. O verniz pode também ajudar a proteger a parte dos móveis, a qual fica em contato com suas paredes do mofo, comum em casas onde a maresia é um problema.

Nos itens de ferro, aplique zarcão

Este produto já é próprio para proteger o ferro da corrosão e ferrugem. Uma demão do produto antes de uma pintura na cor que desejar já é suficiente para retardar o processo de ferrugem, uma das principais e mais nocivas ações da maresia em qualquer item feito de ferro em sua casa.

Renove a pintura dos seus móveis

Com verniz ou sem verniz, os móveis costumam durar bem mais se estiverem com uma nova tintura. Isso ajuda a proteger a madeira original, bem como ajuda ainda na renovação do item. A maresia costuma ter ação sobre a cor, tornando o tom dos móveis mais claros e até bem desgastados em menos de um ano. Pintando, você ajuda na renovação e proteção dos itens.

Use um secador em seus móveis

Artesanal, mas bem eficiente. Certamente você, que sofre com a maresia, já tentou ligar o seu computador e ele não funcionou. Isso é por excesso de umidade e ar frio em seu equipamento. Uma dica simples e bem funcional é ligar o secador por um certo tempo em cima do seu equipamento. Básica, a dica funciona muito bem com móveis.

Mas nada de ligar na temperatura mais quente e segura. Você procura apenas espantar a umidade, por isso alguns segundos é o suficiente para resolver o problema. A dica vale para aparelhos eletrônicos como DVDs, CDs e sua televisão que teimar em não ligar nos dias mais frios e for do modelo antigo (não é de LED e nem LCD).

Tente tornar a sua casa mais quentinha

Se você mora na beira mar ou muito perto da praia mesmo, o melhor é não ter tantas janelas e portas para receber toda a maresia. Ou você pode ter, mas alguns itens que vedem bem a entrada de ar nos dias mais frios e você pode abrir nos mais quentes. Deixando a casa mais quentinha, a maresia terá menos efeito, pois a umidade estará controlada.

Proteja sua Casa do Mofo Também

Outro problema comum em quem vive em cidades litorâneas é o excesso de umidade. No verão tudo são flores, mas nas outras estações do ano o frio domina, deixando a casa úmida. Este é um cenário ótimo para mofos.

Nos períodos mais frios, já começando no outono, sua melhor alternativa é prevenir a umidade em casa. Uma boa dica é investir em revestimento de gesso ao invés de massa corrida, que retém menos a umidade. Outra boa dica é usar desumificadores de ar em quartos, ajudando também em problemas de respiração e em caso de pessoas alérgicas em casa. Há ainda o uso de placas anti mofo e outros acessórios comprados em supermercados. Colocar sua roupa no sol nos dias mais quentes também é indicado.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Móveis

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *