Aplicador de Silicone Caseiro

O aplicador de silicone, que executa um papel muito parecido com a  pistola de cola quente, é um item de extrema importância para qualquer pessoa que se envolva com artesanato, já que é um item muito versátil. Além de servir para colar coisas umas nas outras (que é a função mais conhecida), existem muitos artesanatos em que o silicone – ou a cola quente – podem ser o principal material.

Artesanato

Entende-se por artesanato os trabalhos manuais que utilizam como matéria-prima itens naturais. Como com o passar do tempo a industrialização e a mecanização dos processos produtivos teve um grande crescimento, hoje em dia, o artesão também é responsável por desenvolver objetos que possuam um caráter popular, e que acabam evidenciando a cultura de determinado lugar ou povo.

O artesanato tem um caráter familiar tradicionalmente, onde o artesão tem seus próprios artefatos para produção, ou seja, é dono de sua própria oficina e ferramentas, e trabalha sem funcionários, contando apenas com a ajuda de no máximo a própria família. O artesão também fica responsável por todas as etapas de criação do produto, que vai desde a obtenção da matéria-prima, até ao acabamento da peça.

No Brasil, os índios são considerados os primeiros artesãos, e além disso, eles possuem técnicas e estilo que são presentes até os dias de hoje, como tingimentos naturais e bem marcantes para realizar pinturas, além de cerâmica e cestarias.

Hoje em dia esse artesanato desenvolvido em nosso país é considerado um dos mais ricos e valiosos de todo o mundo, além de proporcionar um impacto socioeconômico muito positivo, já que ele possibilita o sustento e o desenvolvimento de muitas famílias e comunidades.

Artesanatos com Silicone (Cola Quente)

Como já foi falado, a cola de silicone, assim como a cola quente é um item muito importante na confecção trabalhos manuais de hoje em dia, e esses trabalhos são muito importantes para grande parte da sociedade. Dessa forma, o aplicador de silicone se torna um item indispensável na vida da maioria dos artesãos, e mesmo sendo um item barato, algumas pessoas podem optar por confeccioná-las de modo caseiro também.

Quando se tem criatividade, é possível desenvolver vários itens onde a cola de silicone seja o material principal. Por exemplo, customizar capinhas de celular ou qualquer outra superfície em que se possa brincar com o relevo e com cores, tornando um item exclusivo.

Bijuterias, como colares, pulseiras e brincos também são uma ótima alternativa, podendo combinar a cola com materiais diversos, como rendas, glitter, EVA, entre outros, criando muitos efeitos diferentes e personalizados.

Já utilizando tecidos, pode se criar porta copos, usando uma tinta por cima que seja mais elaborada, ou ainda fazer como uma pintura em tela e brincar com alto relevos e mosaicos diferentes na mesma peça.

A cola também pode servir como um molde para fazer escritos e/ou desenhos. Para isso, basta passar a cola, pintar e depois retirá-la, fazendo assim um efeito muito bonito.

Também é possível fazer uma espécie de porta velas, onde se passa a cola em torno de um recipiente de vidro, e em seguida faz uma decoração personalizada, deixando um simples copo, com um ar mais sofisticado.

São inúmeras as possibilidades de se trabalhar com esse tipo de material, só são necessários muita criatividade e muito bom gosto, para criar peças lindas e úteis.

Aplicador de Silicone Caseiro

Como já foi dito, fazer sua própria pistola aplicadora de silicone também pode ser uma possibilidade. Para isso são necessários um rolo de tinta pequeno, uma chave, um refil de cola de silicone, um cano PVC 40 e um 20, um vergalhão de ferro, e uma serra.

O processo é feito usando apenas o cabo do rolinho de pintura e se faz um furo na mesma, para que se encaixe um eixo. A chave deve encaixar no vergalhão. No PVC maior, se fazem algumas marcações de onde serão os furos, para que se encaixe o PVC de 20, e funcione como algo que empurre a cola. Em outra marcação se encaixa o rolinho  e ainda existe outra marcação para se encaixar o refil da cola.

O sistema que se cria após os cortes do cano, consistem na implementação dos canos menores e do vergalhão que passa por eles, juntamente com uma pequena mola e com a chavinha. Em seguida, se coloca o cabo, que vai proporcionar o movimento do vergalhão em conjunto com a mola. Após isso, é só encaixar o refil da cola, e assim, já está pronta para o uso.

Mais detalhes podem ser encontrados nesse vídeo:

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *