Tipos de Muros de Arrimo

Uma das principais diferenças entre um muro de arrimo e outro é o tipo de material usado para construí-lo. Para esse tipo de construção é possível escolher entre vários materiais, como cerâmica, concreto, gabiões de pedra ou só pedra, pneus, solo-cimento, entre outras opções.

Vale ressaltar que é de extrema importância que um profissional, neste caso, um engenheiro, não só acompanhe a escolha do material que será usado como toda a execução do projeto até que esse seja concluído. A importância se dá ao fato de falarmos de uma etapa estrutural que quando não feita da maneira correta representa sérios riscos.

Alguns fatores podem influenciar na execução da obra como deve ser ou não, como por exemplo, as cargas atuantes, o quanto o solo de fundação suporta, a localização, qual altura terá esse muro, entre outros. Dito isso, também é correto afirmar que esse tipo de muro se divide em duas modalidades: flexão e gravidade, este segundo, é usado em caso de terrenos com desnível.

1- O Muro de Arrimo Para Desníveis: Por Gravidade

Como foi dito anteriormente esse tipo de muro de arrimo é usado exclusivamente em caso de terrenos com desníveis, que não pode ter altura superior entre 1,5 m a 5 m. Eles normalmente são feitos com pedras que podem ser argamassadas ou simplesmente não, ou ainda, pneus usados, gabiões e concreto são materiais apropriados.

2- O Muro de Arrimo Para Fazer Força: De Flexão

São feitos quando é necessário “segurar” algo e por isso, necessita de força, que é feito do solo contido e do próprio peso do muro. Essas estruturas são esguias e normalmente construídas com concreto, o material mais indicado. A variação se observa na forma desse tipo de muro. Veja alguns padrões desse tipo de muro de arrimo:

  • Muro de pedra seca é considerado o mais simples de todo, além disso, representa baixo custo e entre todos é o mais fácil de construir.
  • Muro de concreto ciclópico devem ser usados quando há necessidade de conter taludes que tenham altura entre 4 e 5 m. É mais complexo na hora de ser construído, o que exige uma qualificação especializada. 
  • Muro de solo pneu é feito com o material descartado, o que já significa um custo mais baixo e a sua construção também é mais simples. É feito com o uso de uma drenabilidade que uso a própria encosta do solo para criar a estrutura. Os pneus são amarrados uns aos outros e esse tipo de amarradura é feito levando em consideração o tamanho do muro que deverá ser erguido.
  • Muro de alvenaria de pedra feito com rejunte. Esse tipo de muro da arrimo pode ser considerado de baixa deformação graças a sua estrutura rígida, porém, ele só pode ser construído em um terreno de boa qualidade e que tenha drenagem eficiente. Normalmente, é usado para evitar deslizamento de terra e quando se constrói até 3 metros de altura não são tão caros, mas exige mão de obra qualificada.

3- Muro de Concreto Armado

eles podem ser subdivididos em vários tipos e em todos os casos a sua principal vantagem é a diminuição do volume da estrutura do arrimo. Porém, o custo desse tipo de muro é bem alto.

O Que um Projeto de Muro de Arrimo Deve Levar em Consideração?

Um dos principais fatores que devem ser observados quando se constrói um muro de arrimo é a carga que a chuva irá causar sobre a construção. É evidente que a chuva faz com que a carga de terra se torne bem mais pesada com o encharcamento, por isso, alguns cuidados se fazem necessários:

  • Quando é feito o cálculo estrutural a carga adicional provocada pela chuva deve ser considerada.
  • A preocupação com a drenagem adequada no muro de arrimo.
  • É importante que o máximo de água que se acumula na parte de trás do muro seja retirada. Isso é feito através de drenos que fazem a água escorrer pelas laterais.
  • Deve ser feita a impermeabilização atrás dos muros.

Outras Dicas Para Construção de um Muro de Arrimo:

  • Se for usar pedras empilhadas sem argamassa o muro de arrimo não deve ultrapassar a altura de 1,5 metros. 
  • Quando forem usadas pedras com argamassa os drenos não deverão ser usados para não sobrecarregar a estrutura.
  • É aconselhável criar uma estrutura inclinada para dentro quando forem usados os muros de gabiões na construção do muro de arrimo.
  • Quando a escolha for por pneus para fazer o muro de arrimo, eles deverão ter o mesmo tamanho.
  • As cordas usadas para fazer o muro de arrimo de pneu devem ser de polipropileno de 6mm ou pode ser usado arame de gabião.

Como foi dito anteriormente é necessário que um profissional se encarregue do projeto e da execução do muro de arrimo, mas, se esse não foi o caso, ao menos, em qualquer problema, ele deverá ser consultado para avaliar a situação.

Quanto antes for contornada a situação, menos riscos de acidente as pessoas correm. Um muro de arrimo mal feito pode vir abaixo e sair arrastando tudo o que encontra pela frente, principalmente, em situações de chuva. Até mesmo no caso de ser necessário a demolição do mesmo, deverá ser feita com a orientação e aval de um profissional.

As Plantas Ornamentais nos Muros de Arrimo:

Os muros de arrimo podem ser “incrementados”  com plantas ornamentais, que servirão nada mais para decoração, dando uma visão esteticamente bonito ao que tem função estrutural e de proteção. Algumas alternativas para dar esse toque decorativo é o uso de painéis de revestimento. Outra ideia seria “brincar” com a estrutura, por exemplo, quando se faz um muro de arrimo de concreto, fazê-lo em patamares, inclinado e em seguida, usar as plantas para fazer um bonito jardim vertical.

As diferenças de níveis do terreno fará com que a montagem se transforme num verdadeiro elemento arquitetônico de decoração. Se resolve um grande problema e ainda leva uma “peça” decorativa para o seu jardim ou quintal. Bem mais simpático do que olhar para uma estrutura de concreto.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Construção

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *