Como Comprar uma Casa Pela Caixa

A Caixa Econômica Federal, único banco público do Brasil, tem como principal fama ser o melhor banco para se comprar uma casa. De fato, os juros são bem baixos, por isso a indicação de muitas pessoas para a compra. E existem diversas formas de fazer a compra de uma casa, apartamento ou seja lá o que se deseja pela Caixa, confira algumas a seguir.

Comprar em Leilão

Uma das formas mais indicadas de comprar um imóvel pela Caixa é via leilão. O sistema é bem simples: em uma data programa, geralmente duas vezes por semestre, a Caixa escolhe um local de fácil acesso na cidade e por meio de fotos e endereço leiloa imóveis não pagos à Caixa que foram comprados via financiamento nas agências de cada Estado. O leilão é nacional e não tem uma data fixa para acontecer, mas sempre é anunciado no site do banco com data e hora, que dura em média das 8h das 16h.

Comprar Casas no Leilão

Comprar Casas no Leilão

Para participar não é preciso, necessariamente, ter uma conta na Caixa, mas é preciso pagar no mesmo dia, ao menos a entrada, em um balcão apropriado. É preciso estar em mãos com identidade, CPF e comprovante de residência para já fazer o cadastro no programa de imóveis da caixa e assim pagar as próximas parcelas. Não é preciso levar comprovante de renda para quem já for correntista do banco.

A maior vantagem de tais compras é o preço baixo do mercado. O banco está dando como perdido o imóvel e, por isso, oferece por preços bem em conta, com juros baixos e esta é uma grande chance para quem quer ser o dono de um imóvel. Os preços são mais baixos, as parcelas também são bem facilitadas e é possível comprar imóveis em boas localidades dessa forma.

Há, contudo, uma grande desvantagem pelo qual o leilão da Caixa pode não ser a melhor pedida. Uma delas é que a Caixa Econômica Federal coloca para leilão a casa, informa aos moradores ou donos do imóvel seja ele qual for, mas não se encarrega de tirar os moradores de lá. Há casos constatados de compradores que estão na justiça há anos e não conseguiram tomar posse da compra porque os atuais moradores se negam a sair do imóvel.

Imagem de Amostra do You Tube

Não há também como conseguir saber antecipadamente se o imóvel está desocupado ou não, é apenas sorte mesmo na hora da compra. Contudo, caso não haja problemas, é possível comprar boas casas com ótimos preços. Não ver o imóvel antes pode ser outra desvantagem: problemas estruturais. A casa ou apartamento pode estar com problemas sérios de fiação, além de contas atrasadas de água e luz e o valor que seria uma boa compra pode se tornar bem mais caro. Há reformas de leilão que podem sair por mais de R$ 10 mil e o barato vai se tornar bem caro.

Programa Minha Casa Minha Vida

Este é mais um dos programas de habitação para incentivar os brasileiros a não pagar mais aluguel e ter a sua casa própria. Este é voltado para baixa renda, ou seja, famílias que possuem uma renda mensal máxima de R$1.600 reais e não possuem qualquer imóvel. Eles serão vendidos integralmente ou financiados, de acordo com a renda de cada família e a melhor forma de pagamento que eles queiram.

Entretanto, as casas não são a venda no mercado, mas imóveis a serem construídos em conjuntos habitacionais próprios para isso. O programa tem uma parceria com o Ministério das Cidades, Governo Federais e outros órgãos e há critérios para as famílias serem beneficiadas pelo programa.

Para participar do programa é preciso respeitar o calendário de cadastramento das agências de sua cidade e há uma seleção, via análise da veracidade dos dados informados e documentos entregues. É preciso mostrar e com xerox entregar a sua identidade original, comprovante de endereço, o CPF e se há algum cadastro em programa social do governo, informar por meio de seus dados.

As casas que participam do projeto irão ter, já que ainda estão sendo construídas, dois quartos, duas casas, uma cozinha, banheiro e área de serviço. Devem ser em conjuntos habitacionais arborizados e bem localizados em zonas urbanas.

Financiamento de Imóvel pela Caixa

Este é um dos métodos para comprar uma casa pela Caixa mais conhecidos. Não é preciso participar de nenhum programa do Governo Federal para baixa renda, apenas ter condições de pagar o imóvel comprado e isso quer dizer ter um comprovante de renda atualizado que comprove que há dinheiro para arcar com o compromisso.

Imagem de Amostra do You Tube

Com um financiamento pela caixa é simples de comprar um imóvel: Basta ir até uma agência e com seus dados em mãos e saber se há um crédito e de quanto. Será entregue, após tudo aprovado, informado o valor disponível, uma carta de crédito que será entregue ao dono do imóvel ou imobiliária e este irá descontar o valor integralmente no banco para a sua conta. Ou seja, funciona para quem é dono do imóvel como uma compra a vista, mas para o comprador, de fato, com o vínculo com a Caixa é uma compra parcela com mensalidades bem em conta, de acordo com a sua capacidade de pagamento.

A vantagem de fazer um financiamento da caixa é que os valores mensais são baixos e, ao contrário do programa Minha Casa Minha Vida, você escolhe a sua casa previamente. Esta também é uma vantagem em relação ao leilão do banco, já que este você vê por imagens o imóvel que irá comprar.

Financiamentos

Financiamentos

A desvantagem dessa forma de compra é que, caso o vendedor do imóvel esteja devendo na Caixa Econômica Federal, não irá receber integralmente o valor, mas sim o desconto de sua dívida. É por isso que muitos donos não querem vender pela Caixa.

Contudo, a Caixa não é único banco que financia imóveis, todos os outros possuem esta opção e pode ser até melhor para quem já tem conta em um banco com salário recebendo por lá. O limite será mais alto e ainda terá desconto direto na conta corrente, o que é mais vantagem para quem não consegue organizar as contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>